s7tt.info

Fotos dos sobreviventes da boate kiss


 

23 de outubro de 2018

' rádio-corredor'

Outro por dentro....

Na ag. Matriz, a que cuida zelosamente da conta do ZAFFARI, o poeta e publicitário LUIZ CORONEL não é com seus funcionários o cavalheiro que se mostra com os estranhos na rua....

 

NETFLIX

COM NETFLIX TENHO PODIDO VER BONS FILMES AQUI EM CASA. JÁ VI A SÉRIE DO PADILHA SOBRE A LAVA JATO-MUITO BOA- HJ VI O LOBO DE WALL STREET. SABADO VI UM POLICIAL ARGENTINO CHAMADO MARGINAL MUITO BOM E UM ENGRAÇADO O TOC...TOC....ALÉM DE OUTRO CAMINHO DE LA PAZ....RECORDANDO COM A NARA OS TEMPOS QUE PERCORREMOS EM DIFERENTES OCASIÕES OS PRIMÓRDIOS DA CORDILHEIRA DOS ANDES E DEPOIS OS PRÓPRIOS ANDES.

 

CAUSOS DA POLITICA

' MADAME SETE LUAS'

As fotos da deputada Eclea Fernandes são do memorial da ALRS.

A falecida ex primeira dama ECLEA GUAZZELLI, (Fernades) era chamada jocosamente por algumas assessoras do gabinete da Primeira Dama no primeiro governo SYNVAL GUAZZELLI, pelo apodo que está acima.

Tudo porque o que dizia na noite anterior, não valia qdo ela acordava.
Uma ex assessora desta época, a qual este repórter teve acesso, conta que ECLEA FERNANDES tinha a virtude de segundo ela, ser JUSTA.
Até e principalmente com os funcionários mais humildes do Palácio( o que não é regra....)

Num dos primeiros convescotes( pra tomar emprestado uma palavra que o saudoso JBAVELINE adorava...)Eclea viu surpresa os convidados do marido saírem do PIRATINI carregando garrafas de vinho embaixo do braço. Eram as sobras não da campanha, da festa.

- Na próxima, quero que tudo o que não seja consumido, fique aqui pra distribuir pras entidades carentes, disse ela ao chefe do cerimonial...( era outro, ainda não era o ARISTIDES GERMANI).
SEM ATAQUES....

Segundo esta minha fonte, não procedem as informações que um jornalista, assessor de GUAZZELLI nesta época me passou. Segundo esta versão, ECLEA, então casada com o governador, tinha ' ataques ' na frente do marido dentro do próprio gabinete que deixavam os assessores em pânico. ( Guazzelli pra espairecer saía por um fundo falso que tem lá, e ia caminhar na Pr da Matriz até que as coisas se acalmassem.....)Esta assessora me contou ainda que Eclea admirava sobremaneira o então juiz de direito JOSÉ PAULO BISOL, muito amigo e colega de torcida do Gremio do governador.

- Eram três que tavam sempre junto. O GUAZZELLI, O BISOL E UM TERCEIRO GORDO, ME CONTOU ELA,.que não lembrou o nome deste terceiro.( não era o KOFF).

ESCOLAS

Esta assessora fez parte da equipe de EVELYN BERG que trabalhou pra ECLEA GUAZZELLI implantando escolas primárias no interior do Estado.

- Viajamos muito, me disse ela, lembrando ainda que a ex primeira dama era muito ciosa do dinheiro público e que tinha que prestar contas de tudo.

Ah, sim ECLEA por ter vindo de VACARIA, não era ' caipira'. Sabia se comportar.

MUITO LENTO

As mais amigas, ECLEA FERNANDES se queixava que o marido ERA MUITO LENTO( pois depois entrou lá o SIMON QUE TINHA O APODO DE TURCO LENTO....)

- Enquanto o SYNVAL vai, eu vou e volto 3 x, dizia.

ECLEA SE TRATAVA COM O PSICANALISTA CIRO MARTINS, pra tentar desfazer o mito. O MITO NO CASO ERA O MARIDO.

LEMBRETE

Eclea Fernandes, pra refrescar a memória,foi presidente da ALRS quando os quatro jornalistas(Rosvita, Bicudo, Trindade e Rafael) condenados num processo militar tiveram que se entregar a Justiça. Tudo isto está contado no meu livro RATOS DE REDAÇÃO..

Particularmente em 82 vi a DEPUTADA ECLEA FERNANDES num almoço berrar ao microfone;
- OU EU ME ELOJO COMO ECLEA FERNANDES E EU NÃO QUERO SER ELEITA.

Ela não podia mais suportar o sobrenome GUAZZELLI que lhe pesava 500 TONELADAS. ESTAVA EM BUSCA DA LIBERDADE, MELHOR DIZENDO, DA IDENTIDADE(OLIDES CANTON)

 

Prefeitura interdita loja que desbloqueava celulares

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), realizou na manhã desta segunda-feira, 22, a interdição da loja 558 localizada no Centro Popular de Compras, no Centro Histórico. A ação teve por finalidade fechar o estabelecimento devido ao descumprimento da Lei Complementar n° 12/75, art. 33, que proíbe a licença de localização por funcionar em desacordo com seu alvará.

“A população deve ter plena noção dos riscos que corre na aquisição de produtos falsos, não certificados, ilegais, proibidos e roubados. Com a compra, também está fomentando a ampliação da violência e do crime organizado, e prejudicando quem trabalha na legalidade”, expõe o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Leandro de Lemos.

Conforme o diretor de Promoção Econômica, Luís Antônio Steglich, qualquer tipo de irregularidade percebida ou conhecida pelo cidadão deve ser denunciada. “São realizadas ações de fiscalização rotineiras no Centro Popular de Compras. Também esperamos que o cidadão faça a sua parte e denuncie irregularidades por meio dos canais de relacionamento da prefeitura”, declara Steglich.

Entenda o caso - Na loja 558, no Centro Popular de Compras, funcionava um esquema criminoso, onde era disponibilizado um software (ao custo de R$ 15) que possibilitava a liberação do uso de celulares bloqueados por roubo ou extravio. Esse desbloqueio ocorria com a substituição do número de Imei, realizado pelo software, liberando o acesso imediato ao aparelho.

Fiscalização - A Divisão de Fiscalização da Diretoria de Promoção Econômica, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, atua na fiscalização das atividades comerciais, industriais, prestação de serviços e ambulantes. Além da fiscalização rotineira em toda a cidade, opera por demanda de outros órgãos ou por solicitação dos cidadãos por meio de denúncia. A licença para atividades ambulantes deve ser solicitada na Seção de Licenciamento de Atividades Ambulantes, localizada na Travessa do Carmo, 84, Cidade Baixa. Informações por meio do fone (51) 3289-4705 ou do e-mail . Reclamações e denúncias podem ser feitas pelo telefone 156 ou e-mail .

 

Mais de 3,1 mil exames feitos em ação de combate à sífilis

Em dois dias de ação pelo Dia Nacional de Combate à Sífilis, a prefeitura realizou 3.111 testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C em 1.037 pessoas atendidas no Largo Glênio Peres, junto ao Mercado Público. Com seis espaços para coleta de sangue e oito consultórios, profissionais de saúde orientaram e atenderam o público no sentido de detectar e tratar as infecções sexualmente transmissíveis. Do total, 219 testes foram reagentes para sífilis, 25 para HIV e 25 para hepatite C. A campanha da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ocorreu quinta e sexta-feira, 18 e 19. Esta foi a terceira ação do ano que levou testes rápidos ao Centro da Capital. A primeira foi em junho, pelo Dia dos Namorados, e depois em julho, pelo Dia de Combate às Hepatites. (fotos)

Conforme a ordem de chegada, o público preencheu questionário, sendo encaminhado a uma sala de espera onde esclareceu dúvidas a respeito dos testes e recebeu orientações de prevenção. Foi o caso de Edi Felix, 62, que aproveitou a ida ao Centro para fazer os exames. "É uma ótima oportunidade para muita gente cuidar da saúde", comenta. Nesta edição, a novidade foi a possibilidade de fazer exames complementares de sangue após o primeiro diagnóstico, quando necessário, na unidade móvel do Fique Sabendo, com equipes dos laboratórios municipais. No local, foram realizados 494 exames, com 202 pessoas atendidas. Em caso de confirmação de sífilis, foi possível iniciar o tratamento na hora, com a primeira dose de penicilina.

Com o tema Sífilis: nem sempre ela é visível, a ideia da campanha é ampliar a conscientização da população para uma doença de fácil identificação e tratamento, mas que continua produzindo muitas vítimas, principalmente entre recém-nascidos. Na dúvida, o melhor é fazer o teste. A forma mais segura de se proteger da transmissão da sífilis é usar camisinha na relação sexual.

A sífilis é transmitida por uma bactéria e tem três fases de desenvolvimento, podendo inicialmente não apresentar sintomas. Se não for tratada, no entanto, pode comprometer vários órgãos, como olhos, pele, ossos, coração, cérebro e sistema nervoso. A doença é transmitida na relação sexual sem camisinha, compartilhando agulhas ou seringas ou da mãe infectada para o bebê, durante a gravidez ou no parto, nesse caso chamada de sífilis congênita, que pode causar aborto, má-formação do feto e até a morte do bebê.

Número de casos - De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde, a OMS estima a ocorrência de mais de um milhão de casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis por dia, mundialmente. "No Brasil, nos últimos cinco anos, foi observado um aumento constante no número de casos de sífilis adquirida, podendo ser atribuído à exposição sexual desprotegida, pela realização de tratamento de apenas um dos indivíduos e não o casal de forma conjunta, pela não conclusão do tratamento e também pelo aumento do diagnóstico pela cobertura da testagem rápida", comenta a enfermeira Fernanda Dorneles, da CGVS.

No ano de 2016, foram notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) 87.593 casos de sífilis adquirida no Brasil. Desses, 10.571 casos são do Rio Grande do Sul e, 1.507 casos só de Porto Alegre. Em relação à taxa de detecção neste mesmo ano, o Rio Grande do Sul ocupou o primeiro lugar com as maiores taxas (93,7 casos/100 mil habitantes) e Porto Alegre foi a quinta Capital com taxa de detecção mais elevada (120 casos/100 mil habitantes), ultrapassando quase três vezes a média nacional (42,5 casos/100 mil habitantes). Em 2017, Porto Alegre teve 1.558 casos de sífilis adquirida notificados no Sinan, sendo 793 do sexo masculino e 765 do sexo feminino. Confira outras informações no boletim epidemiológico.

Os exames para diagnóstico são gratuitos e também podem ser feitos nas unidades de saúde, com início imediato do tratamento. Outras informações podem ser obtidas na unidade de referência, conforme o endereço de moradia.

 

Banco de Leite do Presidente Vargas recebe novas doações

Dez mamães que estão amamentando atenderam ao apelo do Banco de Leite Humano do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, feito na última semana, e agora são novas doadoras. Nesta segunda-feira, 22, a equipe do hospital foi até a casa de oito delas e recolheu quatro litros de leite, que passará por uma análise de qualidade, segurança e pasteurização e, só depois, será liberado ao consumo dos bebês prematuros da UTI neonatal da instituição. Semana passada, o hospital também recebeu a doação de 3,5 litros.

As doações são essenciais para manter a oferta aos prematuros, já que auxiliam recém-nascidos com risco extremo de vida enquanto a mãe ainda não consegue produzir o próprio leite. "O Banco de Leite tem capacidade para processar até 100 litros de leite humano por mês, por isso, novas doações são muito bem-vindas", informa a coordenadora do setor, nutricionista Angelita Matias. Mães que estão amamentando, com excesso diário de leite (mínimo em torno de 50ml), clinicamente saudáveis e residentes ou que trabalhem em Porto Alegre podem ser doadoras. Basta entrar em contato com o hospital, que fica na avenida Independência, 661, esquina com rua Garibaldi, telefone 3289-3334.

Doação - Serão confirmados os critérios de doação, como exames de saúde e informações do pré-natal, e repassadas orientações iniciais para esgotar as mamas manualmente e armazenar o leite com segurança. Após preenchimento de cadastro, a equipe começa a buscar o leite direto na residência da doadora, momento em que poderá esclarecer dúvidas. Conforme Angelita, o leite materno aumenta a imunidade, diminui o risco de doenças infecciosas e diarreias, atuando ainda no sistema cognitivo.
Confia algumas informações importantes:

A produção do leite depende do esvaziamento da mama, por isso, quanto mais a mulher amamenta ou esvazia as mamas, mais leite ela produz

Todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a rigoroso controle de qualidade antes de ser ofertado a uma criança

Um litro de leite materno doado pode alimentar até dez recém-nascidos por dia. Dependendo do peso do prematuro, 1ml já é o suficiente para nutri-lo cada vez em que ele for alimentado

Bebês que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães têm a chance de receber os benefícios do leite materno com a doação. Com ele, a criança se desenvolve com saúde, tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias

Administrado pela Secretaria Municipal de Saúde, o Hospital Materno Infantil Presidente Vargas atende pelo Sistema Único de Saúde e é referência para todo o Estado em pré-natais de alto risco

Banco de Leite do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas
Avenida Independência, 661, esquina com rua Garibaldi, 6º andar - Porto Alegre
Telefone: 51 3289-3334
Após cadastro, a equipe busca o leite na residência da doadora, na Capital.

 

Tour Cervejeiro celebra a Oktoberfest

Neste sábado, 27, a partir das 14h, ocorre a 11ª edição do Tour Cervejeiro, um roteiro especial do Linha Turismo para celebrar um dos principais festivais de cerveja do mundo, a Oktoberfest. A ação é uma realização da Diretoria de Turismo, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), em parceria com a Associação Gaúcha de Microcervejarias (AGM). Nesta edição, o passeio inclui as cervejarias Porto-alegrense, 4Beer e DNA Beer.

O roteiro conta com visitação guiada por um mestre cervejeiro explicando os processos da produção da bebida, além dos seus ingredientes e misturas. Os participantes poderão descer do ônibus e visitar as microcervejarias, que contarão com degustação de 300ml, e poderão adquirir os produtos vendidos nas sedes de cada empresa. Os ingressos já estão à venda. Em caso de chuva, o número de participantes será reduzido à capacidade do piso inferior.

Esta edição conta com duas novidades. Além da participação da DNA Beer pela primeira vez, os visitantes poderão se deslocar a pé entre as cervejarias, devido à proximidade dos estabelecimentos. Assim, o tempo de visitação poderá ser maior. “Neste roteiro, vamos celebrar o mês da Oktoberfest. O clima é de festa, e todos os cervejeiros do projeto prometem receber os visitantes com muita alegria e astral sob a temática Oktober”, ressalta o diretor de Turismo da SMDE, Roberto Snel.

Serviço - O valor do ônibus Linha Turismo é R$ 30 (a ser pago exclusivamente no local do embarque). O pagamento da degustação é obrigatório e ocorre na primeira cervejaria do roteiro, no valor de R$ 40.

Data: 27 de outubro – Com saída às 14h e término, aproximadamente, às 17h.

Local de saída: rua Travessa do Carmo, 84, bairro Cidade Baixa

Mais informações: (51) 3289-6765

Cervejarias visitadas:

4beer Cerveja & Cultura – av. Polônia, 200 – São Geraldo

Cervejaria Portoalegrense – rua Ângelo Dourado, 373 – Anchieta

DNA Beer – rua Ângelo Dourado, 385 – Anchieta.

 

Plenário aprova Lei Lucas para Porto Alegre

Proposta prevê obrigatoriedade de capacitação em primeiros socorros para funcionários de escolas, creches e berçários


Treinamento será obrigatório para alguns trabalhadores de estabelecimentos de ensino (Foto Arquivo)(Foto: Esteban Duarte/CMPA)


Projeto de Lei foi apresentado pelo vereador Clàudio Janta(Foto: Giulia Secco/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (22/10), o Projeto de Lei 12/18, que obriga escolas, creches e berçários públicos e privados de Porto Alegre a ofertarem curso de capacitação em primeiros socorros para, no mínimo, um terço de seus servidores ou funcionários. A proposta, chamada "Lei Lucas", é do vereador Clàudio Janta (SD).

Pelo projeto, os professores e os funcionários dos estabelecimentos poderão candidatar-se voluntariamente para participar dos cursos, com exceção daqueles responsáveis por aulas realizadas em laboratórios, ao ar livre com exercícios físicos ou de manifestações artísticas, que deverão participar obrigatoriamente. Os cursos poderão ser ministrados por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e policiais militares cedidos pela Secretaria Municipal de Saúde ou pelo Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul. Serão ministrados cursos de reciclagem a cada dois anos.

A proposição também prevê que as instituições deverão manter em suas dependências, durante o período de aula, pessoal capacitado por curso de primeiros socorros, kits de primeiros socorros e desfibriladores. Tais exigências se aplicam em caso de passeio externo com os alunos.

Lucas

No dia 27 de setembro do ano passado, Lucas, de apenas 10 anos, foi, com uma turma do colégio em que estudava, a um passeio. O que era para ser um dia de aprendizado e diversão transformou-se em tragédia. No local foi servido, na hora do lanche, cachorro-quente. Lucas engasgou-se com um pedaço de salsicha e não recebeu os primeiros socorros de forma rápida e adequada (procedimento conhecido como Manobra de Heimlich ou de desengasgo). Quando o socorro médico chegou, já o encontrou em morte cerebral e ele veio a falecer dois dias depois, em decorrência de asfixia mecânica.

"São muitas as vítimas de acidentes que padecem por horas à espera de atendimento médico especializado. O problema poderia ser facilmente evitado caso as vítimas recebessem, em tempo hábil, o atendimento adequado que as técnicas mais simples de primeiros socorros possibilitam. Ocorre que há poucas pessoas habilitadas a lidarem com uma situação de emergência, inclusive entre os profissionais que lidam com crianças", explica Janta.

"O que se pretende com este projeto é permitir que situações que requeiram prestação de primeiros socorros sejam solucionadas ou amenizadas por quem esteja por perto, até que um profissional da área da saúde chegue ao local. Dessa forma, muitas vidas serão salvas, não por mérito, mas por obrigação e consciência de dever cumprido."

 

do Blog do Ilgo Wink

Nada é impossível para o Grêmio

Dois fatos abalam minha confiança numa vitória nesta terça sobre o River Plate, o queridinho da vez por setores da mídia gaúcha, sempre pronta para um ‘alentaço’ em favor do Inter e um tanto, digamos, comedida quando se trata do Grêmio.

O primeiro é sobre a ausência de Éverton e Luan. Menos mal que Luan acabou se incorporando à delegação, que deixou Porto Alegre neste domingo com grande manifestação de gremistas no aeroporto.

Ao que tudo indica Luan irá jogar, mesmo com essa droga (fascite plantar) na sola do pé, que acomete pelo que vi até agora apenas jogadores do Grêmio.

Luan vai ficar pelo menos no banco, o que já é alguma coisa.

Duro mesmo é vencer o River em casa sem a velocidade e o ímpeto de Éverton. Acreditava mesmo na vitória, apesar do oba-oba sobre os argentinos.

Outro fator que me deixava confiante também já não existe: o River perdeu invencibilidade histórica de 32 jogos.

Foi batido pelo Colón. Gallhardo, assim como Renato, escalou um time reserva, perdeu por 1 a 0. Renato fez o mesmo contra o América Mineiro e empatou por 1 a 1, joguinho danado de se ver.

Interessante, dois dos mais festejados técnicos das Américas adotam a mesma estratégia: poupam titulares quando entendem necessário. Será que Gallardo enfrenta a mesma crítica?

Bem, sempre digo que um time com invencibilidade longeva está a cada jogo mais próximo de ser derrotado. Imaginava que isso pudesse acontecer diante do Grêmio. O problema é que agora acabou essa série invicta.

Então, vou para esse jogo contra o River Plate assinando um contrato agora de empate por qualquer placar.

Meu otimismo, baseado em evidências, caiu bastante.

No entanto, acredito no trabalho de Renato, na estrela de Renato, no talento e na garra dos jogadores e, principalmente, que nada é impossível para o Grêmio.


22 de outubro de 2018

exclusivo....

ARI ACOLHE GLEi SOARES

Glei Soares está morando num apartamento da ASSOCIAÇÃO RIOGRANDENSE DE IMPRENSA NA AV. BORGES DE MEDEIROS, NO CENTRO HISTÓRICO. Glei é diretor da ARI. Nos primórdios, quando foi fundada, a ARI servia basicamente de moradia de jornalistas que vinham do interior do Estado. Na epoca da fundação, na segunda metade do século passado,moravam na ARI jornalistas do DIARIO DE NOTICIAS e DA CIA JORNALISTICA CALDAS JR.

Sua mãe, Marley, está numa ´clínica de repouso.Marley está acometida do Mal de Alzheimer.

 

Previdência

De: selucao
Data: Dom 21/10/18 12:24

Embora se questione o tal “déficit da previdência”, a título de comparação por setores, relativo ao ano de 2016, conforme Boletim Estatístico da Previdência Social de dezembro de 2016:
RGPS Urbano – INSS: R$ 36,4 bilhões, para cerca de 24.269.900 beneficiários, o que corresponde a cerca de R$ 1.500,00 per capita;
RGPS Rural – INSS: R$ 101,6 bilhões, para cerca de 9.486.000 beneficiários, o que corresponde a cerca de R$ 10.700,00 per capita;
RPPS Civil, funcionalismo público federal: R$ 43,1 bilhões , para cerca de 632.500 beneficiários, o que corresponde a mais de R$ 68 mil per capita;
RPPS pensões militares: R$ 14,3 bilhões, para cerca de 144.400 beneficiários, o que corresponde a mais de R$ 99 mil per capita;
Militares reformados: R$ 19,7 bilhões, para cerca de 154.600 beneficiários, o que corresponde a mais de R$ 127 mil per capita.
COMPAREMOS. O único setor que pode ser superavitário, quando há pleno emprego, é o setor urbano; os demais, faz anos, são deficitários, embora se questione, no geral, o “tal déficit da previdência.
OS MILITARES ESTÃO FORA DA PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA DO TEMER, E CONTINUARÃO FORA NUMA REFORMA DO BOLSONARO.

?Sergio Oliveira - Charqueadas - RS

 

Previdência II

De: selucao
Data: Dom 21/10/18 12:33

A PREVIDÊNCIA POR SETORES EM 2017
URBANO
É o maior dos regimes de Previdência do Brasil e também o que guarda melhor relação entre arrecadação e pagamentos. Entre 2009 e 2015, por exemplo, conseguiu ser superavitário. Ou seja, naqueles anos especificamente o valor arrecadado de trabalhadores na ativa foi maior do que os gastos com benefícios. Desde 2014, no entanto, tem perdido arrecadação - um reflexo do aumento do desemprego e da crise econômica no Brasil. Por outro lado, o gasto com benefício só aumentou: saltou de cerca de R$ 375 bilhões em 2014 para pouco mais de R$ 560 bilhões em 2017 (em valores corrigidos pela inflação até dezembro de 2017). O Brasil tem, só nesse regime, mais de 20 milhões de aposentados. Eles custaram em 2017, em média, cerca de R$ 1.751 mensais.
RURAL
A aposentadoria dos trabalhadores rurais foi estabelecida pela Constituição de 1988, com regras menos rígidas levando em conta as particularidades do trabalho no campo. Um trabalhador rural contribui por menos tempo e pode se aposentar mais cedo que quem está na cidade. Atualmente, esse regime paga benefícios a 9,5 milhões de aposentados. Isso significa que, dividindo todas as despesas pelo número de beneficiários, se chega a um custo médio mensal de cerca de R$ 1.061 por aposentado.

FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS FEDERAIS
Civis
O governo argumenta que a aposentadoria dos servidores é o principal foco da versão mais recente da reforma da Previdência. O deficit entre os servidores civis também vem aumentando ao longo dos anos. Em 2017, também bateu recorde: R$ 45 bilhões. Entre aposentados e pensionistas, os beneficiários do sistema de servidores da União são cerca de 630 mil. Isso significa que eles custam mensalmente, em média, cerca de R$ 10,4 mil. Menos da metade disso foi coberto com a arrecadação.

Militares
Os militares das Forças Armadas foram excluídos da reforma de Michel Temer logo no início. O argumento do governo foi de que as mudanças no sistema militar seriam feitas em uma segunda reforma da Previdência. Considerando que o sistema militar tem, atualmente, entre servidores na reserva e pensionistas, cerca de 630 mil beneficiários, o custo de cada um é, mensalmente, superior a R$ 11 mil. É uma despesa per capita maior que a dos servidores civis, mas com a diferença de que a contribuição dos militares é bem menor.


Servidores da União
Já para o regime próprio dos servidores da União, o déficit subiu de R$ 77,15 bilhões, no ano retrasado, para R$ 86,34 bilhões em 2017 - uma alta de 11,9%, ou de R$ 9,19 bilhões.
O déficit dos regimes próprios dos servidores da União do ano passado, de R$ 86,34 bilhões, se dividiu da seguinte forma:

servidores civis: rombo de R$ 45,24 bilhões
servidores militares: rombo de R$ 37,68 bilhões
demais servidores: déficit de R$ 3,42 bilhões

Sergio Oliveira - aposentado - Charqueadas - RS

 

Como era projeto criminoso de Bolsonaro para ganhar as eleições

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/10/20 19:59:08
Como era projeto criminoso de Bolsonaro para ganhar as eleições
Para quem não sabe como funcionava o esquema do Bolsonaro, aqui a explicação. Sua turma conseguiu um programa de computador que buscava na rede pessoas descontentes com o PT, que achavam ruim pagar imposto, que eram racistas ou contra a liberdade das mulheres. Enchiam estas pessoas de mensagens pelo Whatsapp e dava a entender que o Bolsonaro se eleito, resolveria estas situações as quais eles eram contra. Parecia que os eleitores tinham achado uma alma gêmea, mas eram tudo fakenews contra o PT e outras armações. O envio destas centenas de milhões de mensagens tinham um custo alto e eram financiadas por empresários interessados que o Bolsonaro ganhasse as eleições, o que é proibido pela Lei Eleitoral. A Policia Federal está investigando os financiadores e as pessoas que inocentemente. repassavam as mensagens e a eleição agora está sub judice. O grupo do Fakenaro e empresários corruptos estavam manobrando com técnicas sofisticadas o subconsciente dos eleitores, para alcançarem sucesso em se apoderar do país. Se você está recebendo este tipo de mensagens não repasse, o que também é crime e você pode ser responsabilizado. E denuncie as autoridades quem lhe estiver mandando estas mensagens criminosas.
Renato Kern
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

SETOR DE EMBALAGENS CRESCE MAS SOFRE COM O AUMENTO DE CUSTOS

A demanda de embalagens de papel vem registrando forte crescimento, devendo fechar 2018 com um incremento da ordem de 2,8% e, para o próximo ano a expansão projetada é de 3,5%. A análise foi feita pelo presidente da Associação Nacional dos Aparistas de Papel – ANAP, Pedro Vilas Boas, na reunião-almoço do Sindicato das Indústrias de Celulose, Papel, Papelão, Embalagens e Artefatos de Papel, Papelão e Cortiça do Rio Grande do Sul (Sinpasul) realizada nesta quarta-feira (17) na sede da Fiergs, em Porto Alegre.
Segundo o palestrante, os fabricantes sofrem, porém, com a dificuldade de repassar o aumento de seus custos para o consumidor, o que reduz as margens de ganho do setor. Aponta como exemplo, a alta de preço da celulose – que é dolarizada – e das aparas (papel usado), além da forte elevação da energia elétrica, que se constitui em um dos principais insumos da indústria. O quadro é agravado pelo ingresso no mercado de grandes players, acirrando ainda mais a concorrência.
Hoje o Brasil recolhe 66,2% de todo o papel usado que pode ser reciclado, o que representa uma das maiores taxas do mundo. O volume recuperado é de 4,9 milhões de toneladas anuais, que poderia ser acrescido de 1,0 milhão de toneladas caso houvesse um maior avanço da Política Nacional de Resíduos Sólidos, evitando que parte do papel usado continue sendo descartado nos lixões, conclui.
O presidente do Sinpasul, Walter Rudi Christmann, destacou a importância da presença do palestrante para os empresários gaúchos do setor, oportunizando o acesso a informações atualizadas sobre as tendências do mercado nesta conjuntura difícil que o país atravessa.
Manifestou sua opinião de que após a definição do processo eleitoral em curso, deverá ter início um novo ciclo de crescimento nacional, com a retomada dos investimentos inclusive com o maior aporte de recursos do exterior.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

do Espaco Vital

Cartão vermelho judicial para destacado ex-bandeirinha gaúcho

Arte de Camila Adamoli sobre foto de Google Imagens

Confirmando sentença oriunda da comarca de Estrela (RS), o TJRS negou ao ex-árbitro assistente de futebol Altemir Hausmann, pedido de indenização relativo ao uso de imagens pessoais e profissionais dele, em transmissões de mais de duas centenas de jogos. A ação foi ajuizada contra a Globo Comunicações e a Globosat Programadora.

Não há trânsito em julgado. Pende de julgamento recurso (embargos de declaração) interposto pelo autor.

O entendimento dos desembargadores que negaram provimento à apelação é de que a equipe de arbitragem, ao prestar serviço remunerado, "automaticamente" consente com a transmissão da imagem de seus integrantes.

Bandeirinha até 2013, atuou em partidas de Copa do Mundo (África, 2010). Foi alcançado pela idade limite (45 anos).

Em sua ação, Altemir argumentou que jamais autorizou ou recebeu qualquer valor pelo uso de sua imagem em 241 jogos explorados comercialmente pelas emissoras. Destacou “a importância dos árbitros e assistentes para o futebol profissional” e que, “à falta de dispositivo específico, a Constituição garante a proteção de sua imagem”. A título de indenização, sugeriu o arbitramento de R$ 1,5 milhão – o que daria uma média de R$ 6.224 por jogo.

Caso pioneiro

A juíza de primeiro grau – Débora Gerhardt de Marque – fez objetivo e apreciável estudo sobre o caso, possivelmente pioneiro na Justiça brasileira. Inicialmente, a magistrada afastou a prescrição suscitada pelas rés. Ela considerou que o último jogo de que Altemir participou, como bandeirinha, foi em 7 de dezembro de 2013, sendo a ação ajuizada dentro do prazo trienal, em 2 de dezembro de 2016.

A sentença pontuou que “o direito de arena é um desejo da classe, mas não reconhecido legalmente, sendo que, no ano de 2015, a presidente Dilma Rousseff vetou artigo da MP do Profut (Lei nº. 13.155/15) que garantiria aos árbitros 0,5% de todo o valor pago anualmente pelas empresas detentoras das transmissões de jogos no Brasil”.

O julgado de primeiro grau também reconhece a importância da arbitragem de futebol dentro do contexto da prática esportiva profissional, “não se podendo, todavia, ignorar que o espetáculo é voltado aos atletas, ídolos de suas respectivas torcidas e dos próprios torcedores do esporte”.

Não reconhecendo qualquer vínculo de Hausmann com as empresas do grupo Globo, a juíza Débora de Marque também

afirmou a condição de Altemir como trabalhador autônomo. “Cabia a ele, se fosse o caso, ter reclamado junto às federações e confederações a que prestou serviços no devido tempo e não apenas agora, depois de já aposentado, na busca aparente de uma complementação de renda vinda de terceiros alheios à relação jurídica base” – arremata a sentença.

A honorária sucumbencial foi fixada em 10% sobre o valor pleiteado da indenização – mas Altemir foi beneficiado pela concessão da gratuidade judicial.

O espetáculo futebolístico em si

A relatora da apelação foi a desembargadora Catarina Rita Krieger Martins. Seu voto dispôs que “a transmissão de imagens visa à exploração comercial dos jogos - que é o espetáculo trazido ao público - no qual a equipe de arbitragem atua como prestadora de serviços e automaticamente permite a transmissão da sua imagem pelos meios televisivos, saites da internet, etc”.

O voto também afirmou que, "quando capturadas imagens dos árbitros e auxiliares, o objetivo das rés não é o de explorar a imagem destes, com fins lucrativos” – situação diferente do que ocorre, em tese, “com destacados jogadores de futebol, e com o próprio espetáculo em si".

O advogado Gabriel Moreira defende a Globo Comunicações e Participações. Quatro advogados atuam na defesa da Globosat Programadora: André Azambuja de Vasconcellos Chaves, Greice Peixoto Friedrich e Paulo Marcos Rodrigues Brancher.

Pela singularidade da matéria discutida, é possível que o caso chegue até o STJ, para apreciação de eventual recurso especial.(Proc. nº 70078107984).

Publicidade também dos processos judiciais criminais

Chargista Jeff

SEI o quê?

O promotor de justiça gaúcho Gustavo Ronchetti - nessa condição profissional e também como cidadão - enviou pedido de providências ao TJRS “a fim de que seja implementada, com urgência, a pesquisa por nome nos processos criminais em tramitação na Justiça Estadual, pois tal vedação contraria regramento do CNJ”.

Comparativamente, salientou que tal consulta é disponibilizada pelo STF, STJ e outros tribunais do país (ex., TJ-SC).

Ronchetti afirma que tal situação mantida pelo tribunal gaúcho “atenta contra os princípios da publicidade dos processos judiciais criminais e retira possibilidade de o cidadão informar-se acerca do trâmite destas ações”.

Com o registro interno de “Processo SEI nº 8.2018.0010/003312-7”, o expediente – atribuído ao juiz-corregedor André Vorraber Costa – tramita na Corregedoria-Geral da Justiça desde o final de julho.

A pertinente solicitação do promotor Ronchetti parece estar tramitando em endereço errado. Como o eventual deferimento do pedido terá reflexos também, é óbvio, nas informações processuais de segundo grau – é mandamental que o expediente devesse tramitar no Órgão Especial do TJRS.

Será que não se estão sendo perdidos dias e trabalhos preciosos?

 

‘DIVINAS DIVAS’ NA SESSÃO DE CINEMA INCLUSIVO NA CINEMATECA PAULO AMORIM

O documentário DIVINAS DIVAS, da diretora Leandra Leal é o próximo título da SESSÃO DE CINEMA INCLUSIVO. A exibição será no dia 27 de outubro, sábado, às 14h30 na Sala Eduardo Hirtz da Cinemateca Paulo Amorim (térreo da Casa de Cultura Mario Quintana – Rua dos Andradas, 736), com recursos de audiodescrição, legendas e tradução para Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Video sobre a sessão: https://goo.gl/2feQWy

O objetivo é contemplar um público quem nem sempre tem acesso às atividades culturais e atender às demandas de acessibilidades, que hoje já são uma exigência da legislação brasileira em vários setores.

As SESSÕES DE CINEMA INCLUSIVO, dedicadas aos filmes brasileiros e/ou produções gaúchas, integram o Plano Anual de Programação da Cinemateca Paulo Amorim, com patrocínio do Banrisul, Icatu Seguros e Rio Grande Seguros por meio da Lei Rouanet do Ministério da Cultura. Até o final do ano, o Plano inclui outras mostras especiais e também a reforma completa e digitalização da Sala Eduardo Hirtz.

Sobre a sessão:

DIVINAS DIVAS (Brasil, 2017, 110min). Documentário de Leandra Leal. Vitrine Filmes, 14 anos.

Sinopse: Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios representam a primeira geração de travestis do Brasil que brilhou nos palcos do Rio de Janeiro, ainda nos anos 1970. O filme acompanha o reencontro destas artistas para a montagem de um espetáculo, destacando histórias e memórias de um grupo que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.

As exibições têm entrada franca, com agendamento de instituições, escolas e grupos especiais de acessibilidade pelo telefone (51) 3226.5787.

 

do Miron Neto

Fedoca desautoriza decisão da secretária de Educação

Nunca os professores municipais de Gramado tiveram salários tão altos como na atual administração, que atendeu antigas reivindicações em relação às horas trabalhadas na preparação dos conteúdos. Poucas vezes, no entanto, uma secretária de Educação foi tão contestada como Gilça dos Santos Silva (PDT), especialmente pela falta de diálogo com a comunidade escolar. A situação chegou a um limite em que o próprio Líder do Governo na Câmara de Vereadores, Professor Daniel (PT) usou a tribuna na semana passada para criticar a secretária que pretendia que os alunos que completassem quatro anos até 31 de março de 2019 saíssem da educação infantil direto para o ensino fundamental.
Na sessão desta segunda-feira (15), em que estavam presentes pais de alunos, Professor Daniel anunciou que a decisão foi revogada pelo prefeito Fedoca Bertolucci (PDT). De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Gramado, "ocorreu uma tentativa por parte da Secretaria da Educação para a redistribuição dos espaços das escolas municipais, objetivando a adequação e também a oferta de novas vagas para a educação infantil, visto que Gramado conta com um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Ministério Público desde 2014".

Prefeito reconhece que decisão não foi bem recebida

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) reconheceu que foi um erro a medida da secretária Gilça dos Santos Silva (PDT) de passar as crianças do ensino municipal com quatro anos da escola infantil para a fundamental. “Houve uma tentativa para tentar redistribuir, mas essa ideia não foi bem recebida pelos pais, por isso resolvi suspender todas as ações nesse sentido, para que todas as forças civis, pais, professores, alunado e, inclusive a administração, sejam ouvidos e então tomaremos uma decisão. Certamente, com a deliberação, algum interesse vai ser atingido, mas vamos verificar a melhor forma para ajustar essa situação atual do ensino público municipal”, afirmou Fedoca.
Buscando ofertar atividades no contraturno escolar desses alunos, na terça-feira (16), o prefeito esteve reunido com os secretários Gilça Silva (Educação), Jacó Schaumlofel (Esporte e Lazer), Allan John Lino (Cultura) e Ana Lovatto Sartori (Cidadania e Assistência Social) para alinhar possibilidades em que os alunos fiquem sob cuidados do município enquanto os pais trabalham.
Secretaria de Obras revitaliza trecho da rua João Petry

Com o objetivo de deixar as vias centrais prontas para receber os turistas no Natal Luz, a Secretaria de Obras realizou nesta semana a revitalização do asfalto da rua João Petry, no trecho entre a avenida das Hortênsias e a rua Garibaldi.
A obra aconteceu na segunda (15) e terça-feira (16), aproveitando o tempo seco e o fato de serem dias de menor movimentação de veículos. Mesmo assim, no final dos dois dias, houve um congestionamento de cerca de um quilômetro na Rodovia Walter Bertolucci, no sentido Canela/Gramado.
Projeto regatará os 100 anos do turismo em Gramado

A Prefeitura de Gramado lançou, terça-feira (16), um projeto para resgatar os 100 anos da história do turismo no município. Esse centenário leva em consideração a abertura do Hotel Bertolucci em 1918. No ano seguinte, o trajeto das cidades próximas à Capital até a Serra Gaúcha já podia ser feito de trem, dando de fato o pontapé inicial para que mais visitantes conhecessem aquela que se tornaria o maior destino turístico do sul do Brasil, o segundo do país e o quinto da América do Sul: Gramado.
O projeto “Gramado: 100 anos de turismo” vem sendo elaborado por uma equipe de historiadores que buscam recuperar acontecimentos importantes, e todas essas memórias serão transformadas em um acervo que ficará à disposição da comunidade. Haverá um livro para distribuição nas escolas do município e para a divulgação turística. Exposições retratando as memórias colhidas serão apresentadas, assim como palestras sobre o projeto e uma homenagem aos personagens, muitos deles anônimos.

Leopoldo Rosenfeld, o primeiro marqueteiro da cidade

Durante o lançamento do projeto que contará os 100 anos do turismo em Gramado, terça-feira (16), o empresário Fábio Bertolucci contou uma história como exemplo de preocupação com a qualidade do que acontece na cidade. Na década de 1960, seu avô, Leopoldo Rosenfeld - responsável pela criação do bairro Planalto, foi vender um lote para um rico industrial da cidade, pois estava com dificuldades financeiras. Pediu, então, o que o comprador pretendia construir na área. "Uma madeireira", respondeu. Rosenfeld, então, deixou de vender a propriedade, pois entendia que aquele bairro tinha vocação para o turismo. A área em questão é onde hoje se encontra o Hotel Alpestre.
Leopoldo Rosenfeld foi vereador no tempo em que Gramado pertencia a Taquara e o primeiro vice-prefeito após a emancipação, em 15 de dezembro de 1954. Foi também um grande marqueteiro, pois criou o folheto "Gramado: Maravilhas do Veraneio", na época da Segunda Guerra. Ele queria aproveitar a proibição das viagens até o Litoral para atrair os porto-alegrenses a Gramado. Deu tão certo que até hoje os mais antigos ainda falam nos tais "veranistas".
Rafinha e Vera Simão assumem cadeiras no Legislativo

Vítima sistemática da ação de vândalos e de pichações, o templo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) - a Igreja do Relógio, deverá receber iluminação noturna ainda em 2019. A exemplo do tempo da Igreja Católica, que ganhou iluminação permanente em dezembro de 2018, a Igreja Evangélica receberá iluminação artística através de uma doação da empresa Stella Ideias Luminosas, de Sapiranga.
O templo é um dos cartões postais de Gramado, mas usuários de drogas resolveram usar os arredores durante a noite. A iluminação deverá inibir os vândalos. Antes disso, porém, o Policiamento de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar deverá entrar em ação.

Canela busca R$ 14 milhões em emendas parlamentares

Ex-secretário de Governança na administração de Nestor Tissot (PP), Germano Junges (PP) tem utilizado o know how adquirido em Gramado para obter recursos para Canela, onde ocupa o cargo de Adjunto de Governança, Planejamento e Gestão. Entre terça (16) e quinta-feira (18), Germano visitou gabinetes de deputados federais e senadores protocolando projetos e encaminhando solicitações de emendas parlamentares que somam valores na ordem de R$ 14 milhões. Somente para a área da Saúde foram encaminhadas emendas que giram na casa dos R$ 7 milhões, visando a aquisição de equipamentos e a realização de obras em Unidades de Saúde.
“Estive nos gabinetes dos 31 deputados federais e dos três senadores gaúchos, onde foram encaminhadas duas emendas em cada, sendo uma para a Saúde e a outra na área de maior atuação do parlamentar junto aos ministérios”, resumiu Germano.
Projeto fixa novos valores de aluguéis na Rodoviária

A Câmara de Vereadores vota na próxima segunda-feira (22) o projeto de lei que estabelece novos valores de aluguéis na Estação Rodoviária de Gramado. De acordo com o projeto a área de 334 metros quadrados será dividida entre o bar e restaurante e a comercialização de passagens rodoviárias. No primeiro caso, o aluguel será de R$ 6.095,30 e, no segundo caso, R$ 3,9 mil.
O projeto também prevê que a Prefeitura poderá instalar uma central de informações turísticas no local.
VIII Festival de Música será entre 22 e 24 de novembro

O VIII Festival de Música de Gramado tem nova data: dias 22, 23 e 24 de novembro, na Sociedade Recreio Gramadense. As inscrições para as categorias Rock, Gaúcha, MPB e a novidade deste ano, a categoria Gospel, estão novamente abertas, e seguem até as 17h30min do dia 31 de outubro. As que já foram cadastradas na Secretaria da Cultura de Gramado permanecem válidas, não necessitando serem enviadas novamente.
Na modalidade municipal, poderão ser inscritas obras inéditas, autores e compositores que comprovem naturalidade, residência ou vínculo empregatício gramadense através de cópia da certidão de nascimento, comprovante de residência ou comprovante do vínculo empregatício. Na modalidade estadual, poderão ser inscritas obras musicais cujos compositores comprovem naturalidade ou residência em qualquer município do Estado (exceto Gramado), através de cópia de certidão de nascimento ou comprovante de residência.

Festejar Gramado ganha mais um dia de programação

A Festejar Gramado chega a sua quarta edição, em 2019, ampliando o evento para três dias e incluindo na programação a realização do Seminário de Eventos Festejar Gramado, além da tradicional feira de negócios e networking que reunirá 75 expositores. Serão três dias de intensas atividades, marcadas para os dias 17, 18 e 19 de maio de 2019.
A programação terá início com o Seminário de Eventos Festejar Gramado, que vai reunir expoentes do mercado de eventos sociais e corporativos, compartilhando experiências, discutindo estratégias, apresentando novas tecnologias e trazendo novidades e tendências do setor. Estão previstos painéis sobre gestão de eventos públicos, finanças, recursos humanos, comunicação, inovação, empreendedorismo feminino, tecnologia e marketing, cases de sucesso e palestras individuais.
Vita Boulevard inicia montagem dos pré-moldados

O Vita Boulevard, primeiro complexo multiuso de Gramado, iniciou quarta-feira, dia 17, a primeira fase da montagem da superestrutura do empreendimento – o chamado esqueleto , com previsão de conclusão até 15 de dezembro. A etapa será realizada através de pré-moldados, sistema de peças estruturais pré-fabricadas que garantem maior agilidade e velocidade na manufatura, a cargo da Rotesma, com sede em Chapecó (SC).
A segunda etapa inicia depois das férias coletivas da empresa, dia 15 de janeiro, sendo devidamente concluída até o final de junho de 2019. Na sequência, de julho de 2019 até junho de 2020 acontece a fase final de acabamentos - a construção em si, realizada por três empresas construtoras e três empresas instaladoras. O engenheiro responsável pela obra, Andrey Reston, destaca que nos seis meses seguintes, entre julho até a inauguração em dezembro de 2020, acontece a montagem do mobiliário para funcionamento do hotel e das 57 lojas.
Natal Luz: Luciano Peccin lançará livro sobre bastidores

O empresário Luciano Peccin lança, no próximo dia 29, a partir das 18 horas, no Hotel Casa da Montanha, o livro “A Luz que Transformou uma Cidade – Os bastidores do Natal Luz”. Com preço sugerido de R$ 59, a publicação será, inicialmente, vendida na Livraria Mania de Ler, no Largo da Borges.
“O título reflete muito bem o conteúdo do livro. Quis mostrar como um bando de apaixonados se dedicou e se jogou de corpo e alma para fazer este que é hoje um dos maiores natais do planeta, em tempo de duração e atrações”, conta Luciano. Em 256 páginas, são relembrados momentos inusitados, divertidos, difíceis e os grandes desafios da atração criada em 1986. De acordo com Peccin, o objetivo do livro é deixar um legado para cidades, grupos de indivíduos e pessoas comuns que se dedicam ou se interessam em fazer algo para sua comunidade.

 

Bota-Fora atende 12 comunidades nesta semana

O Bota-Fora, promovido pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), por meio do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), segue desta segunda-feira, 22, a sexta-feira, 26, em 12 comunidades. A ação ocorre a partir das 8h e tem o objetivo de colaborar com o descarte correto de resíduos que não são recolhidos pelas coletas regulares do DMLU, como eletrodomésticos, móveis e outros objetos de grande volume. No mês de setembro, o Bota-Fora recolheu 129 toneladas de materiais em 43 comunidades.

O serviço é realizado em parceria com os cidadãos das localidades atendidas. Os moradores são orientados a disporem os materiais em frente às suas residências. Se isso não for possível, eles devem depositá-los em lugares de fácil acesso para os caminhões, como na entrada de becos ou em pontos previamente indicados. Além disso, o grupo de educação ambiental do DMLU faz reuniões e distribui materiais informativos em postos de saúde, escolas, comércios locais e também junto a lideranças das regiões. A iniciativa contribui para que os resíduos não sejam descartados incorretamente, gerando focos de lixo e causando transtornos à população, além de evitar problemas à limpeza urbana.

De acordo com o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, esse tipo de iniciativa ajuda no combate e prevenção de pontos de descarte irregular. “O Bota-Fora possibilita que a população dê a destinação adequada aos resíduos que não são regularmente recolhidos pelas coletas tradicionais, como caliça e restos de obras”, afirma.

Programação:
22/10 (segunda-feira): Operária (bairro Passo das Pedras), Orfanotrófio I (bairro Alto Teresópolis), Passo das Pedras (bairro Passo das Pedras) e Vista Alegre (bairro Passo das Pedras)
23/10 (terça-feira): Pedreira I e II (bairro Alto Petrópolis)
24/10 (quarta-feira): Bosques Atílio (bairro Vila Nova), Jardim Floresta (bairro Lami) e Santo André (bairro Humaitá)
25/10 (quinta-feira): São Carlos (bairro Lomba do Pinheiro)
26/10 (sexta-feira): Orfanotrófio II (bairro Alto Teresópolis) e Sapolândia (bairro Lami)

Bota-Fora em 2018 – O primeiro ciclo de atendimento do Bota-Fora, que ocorreu de março a julho, recolheu 964 toneladas de materiais em cerca de 200 comunidades, assim evitando que os resíduos fossem descartados irregularmente nas ruas, prevenindo obstruções de arroios e bocas de lobo, que poderiam causar alagamentos. A segunda fase do projeto é realizada de agosto a dezembro deste ano. A iniciativa também beneficia a saúde pública, visto que os materiais descartados irregularmente e expostos nas ruas poderiam favorecer a proliferação de mosquitos e escorpiões. Veja aqui o balanço da primeira fase do serviço.

Além do Bota-Fora, o descarte desses materiais pode ser feito diretamente em uma das Unidades de Destino Certo (UDC) do DMLU. As UDCs, também chamadas de Ecopontos, recebem madeira, móveis velhos e entulhos e estão estrategicamente distribuídas pela cidade.

Nota Oficial: EPTC adia suspensão da bandeira 2 nos táxis
Em razão de conhecimento de ação judicial movida pela Associação dos Permissionários Autônomos de Táxi de Porto Alegre (Aspertaxi), a Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), suspende a data de extinção da Bandeira 2 do dia 22 para 29 de outubro. A Lei 12.420/18, aprovada na Câmara de Vereadores, extinguiu a cobrança da Bandeira 2 nos táxis da Capital.

Com isso, na próxima segunda-feira, 22, fica mantida a cobrança aos usuários de táxis. O adicional é de 30% no valor da Bandeira 1, das 20h às 6h nos dias úteis, a partir das 15h nos sábados, domingos e feriados durante todo o dia. Conforme o andamento da ação na Justiça, serão divulgadas mais informações.

A atualização da legislação foi proposta pelo governo municipal com o objetivo de proporcionar mais segurança e competitividade ao serviço de utilidade pública de táxi em Porto Alegre. As alterações foram debatidas e aprovadas na Câmara de Vereadores.

A prefeitura e a EPTC não foram oficialmente citadas pelo Judiciário, mas para não haver prejuízo ao serviço e à operação na cidade, foi definido o adiamento. A resolução 009/2018, publicada no Diário Oficial de Porto Alegre no dia 5 de outubro, determinou o cronograma para aplicação da legislação.

 

Atenção aos serviços de acessos e estacionamento para o show da Shakira

Apresentação ocorre nesta terça-feira, dia 23, na Arena do Grêmio

A cantora colombiana Shakira se apresenta na Arena do Grêmio na terça-feira, 23 de outubro, às 21h. Para atender ao público, os estacionamentos da Arena do Grêmio funcionarão da seguinte forma: o E1, estacionamento interno, estará aberto a partir das 17h, com acesso pelos portões P1, P2, P4, P5 e P6. Para veículos de passeio, o valor é R e para vans é R0. O pagamento deve ser feito na hora, em dinheiro ou cartões.

Já o E2, estacionamento externo, abre às 13h. Para veículos de passeio, o valor do antecipado pelo site da Estapar é R e, na hora, o valor é R. Vans e micro-ônibus pagam R0 e ônibus paga R0 na hora. Não há opção de compra antecipada para veículos maiores e o pagamento pode ser feito em dinheiro ou cartões.

A abertura dos portões será às 17h. Confira os acessos para cada setor do show na tabela abaixo:


19 de outubro de 2018

A ' MORTE' DE SERGIO BECKER.

a noticia da morte do SERGIO BECKER QUEM LANÇOU FOI O ANTONIO VARGAS PELO FACEBUK...então este facebuk não é confiável. os caras chutam pra caralho e ele disse que ouviu na GUAIBA.USOU O NOME DE UMA RADIA DE CREDIBILIDADE.
ao invés de conferir, caro Laurinho, eu fiz com o o JA EM 75 QUANDO DEU AQUILO QUE A CONTINENTALDEU QUE FOI A MORTE DO JORGE MAUTNER NUM ASSUNTO QUE ATÉ VIROU CHATO DE TANTO REPETIR. TA TUDO NO MEU LIVRO RATOS DE REDAÇÃO NAS PALAVRAS DO RM E DO LOKO TADEU PICINHA QUE NOS DEIXOU HÁ POUCO TEMPO...enfim volta e meia se 'mata' alguém. já tinham matado dom Vicente Scherer naquela famosabarriga agora uma conjunção de erros matamos o sergio Becker.

 

QUEM NÃO VIU VAI VER...

VI A SERIE DO JOSE PADILHA SOBRE A LAVA JATO, IMPERDIVEL. TEM ATÉ UMAS FODAS BOAS DE SE VER.KKK DE KLAMNBUJA DENTRO DA CORRUPÇÃO TODA. MAS O DOLEIRO AQUELE É MUITO SIMPATICO, NÉ.

ALBERTO YOUSSEFF PRA MIM É O PERSONAGEM MAIS INTERESSANTE DA NOSSA HISTORIA MODERNA. NÃO É MORO.

FARIA UMA BIOGRAFIA DELE. MAS NÃO TENHO A MININA IDEIA DE ONDE ANDA. QUEM SABE(oc)

 

CARTA ABERTA AO LAURINHO QUE EM TORRES VOLTOU AOS SEUS MELHORES DIAS...

1.VCS DA ESQUERDALHA UM CARAlho...tu sabes tãobemquanto eu que eu sou da DIREITALHA. MAS DOMINGO DE ELEIÇÃO DIA 28 VOU TER UMA QUEDA E VOU DE RADADI....

2.

O ERICO NUNCA FOI DE ESQUERDA. NEM DE DIREITA. ELE VOAVA EM TERRENO PROPRIO, SE BEM QUE EU ACHO O CARA QUE NÃO SE DECIDI MEIO MUÇUM ENSABOADO.

3.
TU E O TERLERA QUE DEUS O TENHA NA SANTA GLORIA TEM MANIA DE ME INCLUIR NA ESQUERDALHA. NUNCA COMPREI UM CARRÃO DEPOIS QUE O PT ENTROU PRO PODER, NEM DO PMDB, NEM NADA. PERMANECI POBRE COMO RATO DE IGREJA EMBORA ISTO NÃO SEJA VIRTUDE....POBRE DE MIM QUE SOU POBRE, MAS NÃO ME QUEIXO DE NADA, AMIGO.

4.

TU LAURO TINHAS QUE MORAR SEMPRE EM TORRES. VOLTASTES AOS MELHORES DIAS QUANDO PARTICIPAVAS DO MEU BLOG E DAVAS UM PAU DANADO NOS ARREDORES. MUIGTA GENTE LIA O LAURO NO MEU BLOG. DEPOIS TU ENCHEUY O SACO E SI MANDOU...FOI LER OS JORNAIS DE PARIS E MADRID NA NET QUE TENS MAIS QUE FAZER.

5

FICA AI EM TORRES QUE TORRES QUE FAZ BEM....ACHO QUE SERIAS O MELHOR ESCRIBA DAI. POR FALAR NISTO FOI NESTA LINDA CITI QUE A ESCRITORA QUE TU ADORAS A LYA LUFT LEU OS ORIGINAIS DE UM LIVRO NUMAS FÉRIAS, E DEPOIS DE LER O QUE TINHA ESCRITO JOGOU TUDO FORA E COMEÇOU DE NOVO O ROMANCE..MAS CUIDADO QUE TORRES TB ACOMODA. AI O PESSOAL VIROU DO INTERIOR, NÃO LE FOLHA, NEM ESTADÃO...PELO MENOS NOS 3 DIAS QUE ESTIVE AI NO VERÃO NÃO FIZ XONGAS, FIQUEI NA PRAIA MORGANDO ME ABOSTANDDO. ERA UM TEMPO LINDO DE MORRER. MAS COMO EU TAVA ESPERANDO O RESULTADO DE UMA BIOPSIA NO STA RITA, FIQUEI O TEMPO TODO NUMA AGONIA FILHA DA PUTA.

7

TORRES TEM MUITA POBREZA. VI ALI UMA CENA INIMAGINAVEL PROS DIAS DE HJ. TAXI DE CARROÇA. SIM AS CARROÇAS FAZEM PROS POBRERIO DA VILA O SERVIÇO DE TAXI. O PESSOAL VAI TRABALHAR TEMPORADA DE VERÃO ALI PROS BURGA E LEVAM CACHORRO, PAPAGAIO, GATO E A PQP E NA VOLTA CONTRATAM UMA CARROÇA PRA DEIXAR TUDO NA RODOVIÁRIA PRA VOLTAR. A VOLTA O BAGACEIRO PAGA SEU PREÇO...POBRERIO TB TEM SEU ENCANTO....

 

alo sãoborja

estarei ai dia 9 autografando meu livro ratos de rredação....

 

SUS

VIA O SUS,ENTÃO...OLIDES

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/10/18 19:05:58
Viva o SUS
Como tu falou falou bem do SUS, pela qualidade do teu tratamento, resolvi seguir teu exemplo. Tive um problema de estômago e o médico aqui do postinho da Tristeza me pediu um exame de colonoscopia. Em 7 dias o exame estava aprovado, em 14 dias me deram os preparos e em 21 dias a partir da consulta com o médico do postinho já tinha feito o exame na Fugast alí da Silva Só.
Renato Kern
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Crime eleitoral

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/10/18 18:07:50
CRIMES ELEITORAIS
Esquema no WhatsApp pode resultar em cassação da candidatura Bolsonaro, acreditam juristas
Constatada a fraude eleitoral e crime de caixa dois da campanha de Jair Bolsonaro com o pagamento para disseminação em massa em fake news pelo Whatsapp, o segundo turno das eleições presidenciais deveria se dá entre Fernando Haddad e Ciro Gomes (PDT), terceiro mais votado.
Partido do presidenciável Ciro Gomes anunciou nesta quinta-feira 18 que irá pedir a anulação das eleições presidenciais de 2018, após a revelação das fraudes da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) de divulgação em massa de mensagens contra o PT no Whatsapp
Bolsonaro pediu de viva voz doações ilegais para WhatsApp.
Redes Record e Bandeirantes já foram denunciadas pelo Ministério Público por favorecer Bolsonaro. É crime uma concessão pública favorecer um candidato em detrimento dos outros.
Renato Kern
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Sessão Autógrafos-Feira do Livro-

De: "Secretaria Municipal Cultura, Turismo, Esporte e Lazer"
Enviada: 2018/10/17 11:59:19
Caro Sr(a), Olides Canton

Viemos através deste email lhe comunicar que sua Sessão de Autógrafos do Espaço Autor da Feira do Livro de São Borja está marcada para Sexta-feira (09/11/18) ás 19h.

Atenciosamente

Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer

 

ENTÃO...

De: [email protected]
Data: Qui 18/10/18 11:53

Economia - CARTA CAPITAL

Eleições 2018

'As pessoas não sabem que votam contra si ao votarem em Bolsonaro'
por André Barrocal — publicado 16/10/2018 00h30, última modificação 15/10/2018 22h31
Para Wellington Leonardo da Silva, presidente do Conselho Federal de Economia, os planos do candidato pioram a já baixa mobilidade social brasileira
Sergio Moraes

A dupla Bolsonaro-Guedes tem planos de aprofundar reformas que pioram a vida dos mais pobres

A ascensão social dos mais pobres é cada vez mais difícil no mundo. A distância deles para os ricos aumenta desde a crise financeira global de 2008, conforme uma pesquisa de junho da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Por razões históricas, no Brasil é pior. No quesito ascensão social, o País é o penúltimo em um ranking de 30 nações elaborado pela OCDE.

Em caso de vitória do candidato da extrema-direita à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL), o quadro vai se agravar, na avaliação do presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Wellington Leonardo da Silva. “As medidas propostas pelo Bolsonaro e o (ministro da Fazenda dele) Paulo Guedes pioram uma situação que já tinha ficado ruim com a reforma trabalhista do governo Temer”, diz. “Acabará a perspectiva de uma vida melhor, as pessoas vão trabalhar só para sobreviver. Será a semi-escravidão.”

A reforma trabalhista do presidente Michel Temer barateou os trabalhadores, ao permitir aos empresários burlar a CLT dentro da lei.

Um empregado pode ser contratado, por exemplo, em regime de trabalho intermitente. Fica à disposição do patrão, mas só recebe pelo tempo efetivamente trabalhado. Assim, embolsa menos de 13o e tem de recolher, do próprio bolso, para o INSS, caso queira se aposentar.

A dupla Bolsonaro-Guedes tem planos de aprofundar a reforma. No programa de governo bolsonarista registrado na Justiça Eleitoral, há a proposta de criação de uma carteira de trabalho “verde-amarela”. Nela, a pessoa talvez seja contratada sem direitos convencionais, como o 13o.

Embora o 13o não seja citado explicitamente no programa, pode-se presumir que o direito estará ameaçado devido a declarações da equipe de Bolsonaro. O vice na chapa, general Antonio Hamilton Mourão, diz e repete que o 13o é uma “mochila nas costas de todo empresário”.

Guedes acha que direitos trabalhistas são na verdade “encargos”, “armas de destruição em massa” de empregos. Em um evento em maio na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o próprio Bolsonaro disse coisa parecida . Para ele, as leis daqui deveriam “beirar a informalidade”.

“O mundo do trabalho está sendo profundamente atacado, e não é só no Brasil”, diz Leonardo da Silva. “Imagine uma pessoa trabalhando sem jornada limitada de horas, sem 13o, sem Previdência Social... Vai ter dinheiro para comer e olhe lá.”

Pagar menos aos trabalhadores pode, à primeira vista, interessar aos empresários. Mas com pouca grana na praça, questiona o economista, como as empresas vão vender e lucrar no Brasil? Compensar com exportações não será fácil, pois o mundo caminha para uma guerra comercial protecionista, vide a briga entre Estados Unidos e China.

Com menos dinheiro no bolso, os mais pobres não terão condições de pagar plano de saúde para si e a família ou escola privada para os filhos. Dependerão sempre do SUS e da rede público de ensino.

São duas áreas que já recebem menos verba federal do que precisam. E que ficarão ainda mais desfalcadas financeiramente nos próximos anos, pois o governo Temer aprovou em 2016 o congelamento de gastos públicos por duas décadas.

O adversário de Bolsonaro na eleição, Fernando Haddad, do PT, promete revogar o congelamento. Paulo Guedes defende mantê-lo. “Tem candidato já dizendo que vai derrubar o teto, nós ao contrário, queremos construir os fundamentos fiscais para o teto ficar de pé”, disse Guedes em uma entrevista em 18 de setembro à rádio Jovem Pan. “Esse teto de gastos é perverso, diz Leonardo da Silva. “As pessoas não sabem que estão votando contra si ao votarem no Bolsonaro.”

O Brasil é um país de pobres. A renda per capita em 2017 foi de 1,2 mil reais, segundo o IBGE. No Nordeste, a região mais pobre, a renda per capita foi de 800 reais, menos de um salário mínimo.

Na eleição deste ano, há 147 milhões de eleitores aptos a votar, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. Desse total, 45% são pessoas analfabetas, com no máximo o ensino fundamental ou que declaram que apenas sabem ler e escrever, conforme o TSE.

Para Leonardo da Silva, do Cofecon, os eleitores não podem contar com a imprensa para entender o programa do presidenciável da extrema-direita. “A mídia não debate porque isso contrariaria o interesse dos seus anunciantes, que são grandes empresas, grandes bancos. Os bancos têm recorde de lucro no meio da crise, mas ninguém fala disso.”

Com o congelamento de gastos públicos, o governo pode direcionar mais facilmente verba para pagar juros da dívida pública a detentores de títulos públicos no chamado “mercado”. Bancos, fundos de investimentos, rentistas em geral.

No primeiro semestre do ano, o Itaú lucrou 12 bilhões de reais, 3% a mais do que no mesmo período de 2017. O Bradesco, 8 bilhões, 12% a mais. O Santander, 5 bilhões, 56% a mais. São variações superiores ao crescimento da economia no primeiro semestre, de 1,1%, segundo o IBGE.

Bolsonaro esconde seus planos econômicos, ao evitar participar de debates na TV e mandar Paulo Guedes e o general Mourão ficarem quietos. A mídia não aprofunda o assunto. Caberia, então, a Haddad e o PT martelarem o tema. Mas têm sido muito tímidos, na visão de Leonardo da Silva, do Cofecon.

“O Haddad está perdendo a oportunidade de mostrar para as pessoas o que está em jogo na eleição: a relação entre capital (empresários) e trabalho (trabalhadores)”, afirma.

O modelo econômico proposto por Haddad e o PT é estimular o crescimento do PIB a partir de baixo, com dinheiro na mão dos mais pobres. Isso seria feito, por exemplo, com a geração de emprego através da retomada de obras públicas e da isenção de imposto de renda para quem ganha até cerca de 5 mil reais por mês.

Os planos bolsonaristas são opostos. Facilitar os lucros empresariais, na esperança de que esses lucros levem os empresários a investir mais, a contratar mais gente. A mesma lógica levada adiante no governo Michel Temer.

“Acho que o tema econômico não tem sido enfatizado pelo PT por orientação do Lula. Talvez o PT tema que se repita o que aconteceu com a Dilma (Rousseff), que prometeu uma coisa na reeleição e fez outro no início do segundo mandato, frustrou a própria base e aí sofreu o impeachment sem que essa base a tenha defendido. Mas, se for assim, ganhar a eleição para quê?”

?SERGIO OLIVEIRA - CHARQUEADAS - RS

 

Sessões Clube de Cinema no próximo final de semana (Sábado e Domingo)

ih este filme é um ' porre'..... a joana d' arc era uma chata mas vale -pelo contexto histórico.

Seguem as informações sobre a sessão do próximo Sábado (dia 20/10/2018) as 10:15 na Cinemateca Capitólio .
Atenção: será cobrado ingresso nos valores de R$ 10,00 e R$ 5,00 para o público em geral, com exceção dos associados do Clube de Cinema.

Título do filme: "A Paixão de Joanad’Arc" (La Passion de Jeanne d ' Arc)
Ano de produção: 1928
Data de Lançamento Mundial: 25 de Outubro de 1928 (França)
Direção: Carl Theodor Dreyer
Duração: 110 min (88 min - 1952 re-release | 82 min restored DVD | 97 min DVD | 96 min Blu-ray
Elenco: Maria Falconetti, Eugene Silvain, André Berley
Gênero: Histórico, Biografia, Drama
Preto e Branco
Filme sem Som
Nacionalidade: França
Idioma: Francês

Sinopse: A jovem camponesa Joana D'Arc (Maria Falconetti) é condenada à morte por ter liderado o povo francês contra o exército invasor inglês, dizendo que foi inspirada por Jesus e São Miguel. Ela passa pelas suas últimas horas de vida em que é capturada pelos ingleses, levada à prisão, torturada, vai à julgamento por heresia e por fim é executada. Durante todo esse tempo, ela sofre por causa das acusações e também devido ao abandono da Igreja Católica e dos seus compatriotas franceses.

Seguem as informações sobre a sessão do próximo Domingo (dia 21/10/2018) as 10:15 na Sala Paulo Amorim (Casa de Cultura Mario Quintana).

Título do filme: "SemData, Sem Assinatura" (Bedoune Tarikh, Bedoune Emza)

Ano de produção: 2017
Data de Lançamento Mundial: 1º de Fevereiro de 2017 (Festival de Cinema de Fajr)
Direção: Vahid Jalilvand
Duração: 104 min
Elenco: Navid Mohammadzadeh, Amir Aghaei
Gênero: Drama, Mistério, Triller
Colorido
Nacionalidade: Irã
Idioma: Persa
Distribuidor: Imovision

Sinopse: Dr. Nariman, médico forense, se envolve em um acidente de carro com um motociclista. Na ocasião, o filho de 8 anos do homem se fere e Nariman se oferece para levá-lo a um hospital próximo, mas logo tem sua oferta recusada pelo pai. O problema é que, na manhã seguinte, o médico descobre que além da criança ter morrido, a morte foi considerada suspeita pela autópsia, o que indica um mistério a mais na situação.

 

App Vero Banrisul facilita a gestão do negócio para os credenciados

A Banrisul Cartões lançou mais uma facilidade para seus clientes, o app Vero Banrisul. O aplicativo é mais um canal de atendimento pelo qual o credenciado consulta e gerencia suas vendas, faz a antecipação dos seus recebíveis e tem acesso a diversos serviços para simplificar a gestão do seu negócio.

De acordo com o diretor Comercial da Banrisul Cartões, Antonio Antunes, o lançamento do aplicativo reforça o compromisso da empresa em promover melhorias contínuas que estejam alinhadas às necessidades dos clientes e, principalmente, facilitem o dia a dia dos empreendedores.

“Com o lançamento do aplicativo Vero Banrisul, reforçarmos o posicionamento da Vero como parceira dos nossos clientes. Entendemos os desafios que eles enfrentam para empreender no mercado brasileiro e os nossos esforços estão direcionados para continuar desenvolvendo soluções que os ajudem a aumentar suas vendas e simplificar a gestão do seu negócio”, frisou Antunes.

O aplicativo está disponível para dispositivos com o sistema operacional Android e iOS.

 

Especial do JC destaca avanços na área da saúde, qualidade de vida e longevidade

Nesta quinta-feira (18), circula na edição impressa e nos canais digitais do Jornal do Comércio o especial Medicina & Saúde, uma reformulação do caderno de Dia do Médico, mais uma das inovações relacionadas aos 85 anos do JC. Com um projeto gráfico mais moderno, a nova publicação aborda saúde, qualidade de vida e longevidade.

O suplemento destaca que, em 10 anos, teremos mais idosos do que crianças no Rio Grande do Sul, por isso os conteúdos têm foco na longevidade e na ideia de como podemos envelhecer saudáveis e ativos. Em uma reportagem especial, o caderno conversou com os nonagenários Anton Karl Biedermann, Paulo Vellinho e Vitório Gheno, que contam seus segredos para viver bem.

Ambientes hospitalares mais humanizados também estão em pauta, assim como os investimentos de grandes hospitais gaúchos no atendimento e na área de inovação. “Reformulamos o produto com o intuito de ampliar a abordagem de assuntos relacionados à área de saúde e bem-estar”, explica a editora de cadernos especiais Ana Fritsch.

O especial multiplataforma pode ser acessado em www.jornaldocomercio.com, para maior comodidade dos nossos leitores e leitoras, permitindo o compartilhamento das reportagens nas redes sociais.

 

do Blog do Ilgo Wink

O atual campeão da América não tem por que temer o River

Sem querer que pareça excesso de otimismo nem alienação grau 9 na escala Richter em meio a onda de louvação ao adversário do Grêmio na terça, dia 23, ouso dizer que o River Plate, o novo queridinho da imprensa isenta no Estado, só está invicto desde fevereiro e com mais de 30 jogos sem perder por uma razão muito simples:

Não enfrentou o Grêmio!

Nesses oito meses de invencibilidade não enfrentou o atual melhor time das Américas, o atual campeão da Libertadores. Tem gente que esqueceu ou que não quer lembrar disso.

Não tenho por que temer esse time argentino. É evidente que é um time forte, e não apenas isso, um clube poderoso e influente.

Há que se respeitar esse time com toda a sua tradição e sua história, mas principalmente pelo seu presente.

O passado não entra em campo quando a bola começa a rolar.

Mas respeito não é sinônimo de temor. Desde que foi confirmado esse confronto tipo nitroglicerina pura o que mais leio e ouço na mídia gaúcha é que se trata de um adversário imbatível.

Nós já vimos isso, e eu escrevi a respeito: eles, vocês sabem que, começam enchendo a bola do adversário, tanto que chega a assustar os mais sensíveis e aqueles que mal engolem Renato e seu futebol nada ‘texano’, ou seja, sem aqueles ‘cuidados’ defensivos que tanto agradam os fãs do aipim, do chutão pra área, do volante do calção sujo de barro, etc.

Se dependesse dessa turma que perambula por programas de TV e Rádio pregando a volta do futebol pragmático, tipo ‘truvisca no fedor que o beque faz contra’, Renato começaria com Bressan de volante, na falta de jogador tão ou mais limitada tecnicamente.

Eu acredito muito na vitória sobre o River nessa disputa de dois jogos. Gosto de enfrentar esses ‘super times’.

Ainda mais quando se super não tem nada. O River realmente é um time forte, mas pode ser batido por esse Grêmio forjado na qualidade, com um estilo de jogar respeitado e admirado, especialmente longe daqui do Rio Grande dos caranguejos vermelhos.

Hoje, esse time tão festejado é sétimo colocado no campeonato argentino, que tem o Tucumán como vice-lider, sete pontos atrás do líder Racing.

Não, eu não duvido da capacidade do River Plate, uma potência das Américas.

É que eu acredito muito no Grêmio!

18 de outubro de 2018

A mais bela...

Laurinho em torrres

Enviada: 2018/10/17 21:04:27


Outro dia lindo. Torres vai bem, obrigado. Já estão preparando a cidade para o veraneio. Limpeza nota 10. Mesmo primavera, bastante movimento. Muitos carros com placa do Uruguai. Hotéis com razoável movimento. Muita construção de prédios novos.

 

Tu matou o S. Becker errado!!!

por isto que o NH tinha dado....kkkk quem matou o Becker foi o antonio vargas kkk

Enviada: 2018/10/17 16:03:09
Quem morreu foi um S. Becker de Sapiranga q veio visitar o Fichinha (deputado). Morreu durante a visita.

 

coleguinhas

Enviada: 2018/10/17 09:11:04
Sei pouco do Sérgio Becker. Acho q foi outro que se perdeu na poeira dos idealismos... Foi de uma das épocas áureas do jornalismo gaúcho. Se ñ estou enganado, foi daquela turma que o Galvani chamou para a Folha da Tarde qdo ele foi Secretário da Redação, nos anos 1970. Depois andou pela sucursal do Estadão. Viveu um tempo no Quintão, onde fazia um jornal local. As últimas vezes q encontrei ele foi naquele café da Rua 24hs. Andou editando uns livros sobre Porto Alegre. Era um bom sujeito, dos poucos (no jornalismo) que ñ era mau caráter.

 

Eleições em Torres e adjacências

de Torres. Laurinho fala do MIMOSO, que foi da FSP.

Enviada: 2018/10/17 08:17:04
Ñ vi nem o jornal dele.
Virou historiador. Acho q largou o jornalismo

 

de Torres

Laurinho decreta o FIM DO FEICIBUK. AGORA QUE TOU GOSTANDO KKK DESCOBRI A MARIA DA GRAPA CRAIDY QUE ESCREVE COMO GENTE GRANDE ADORO OS TEXTOS DELA SOBRE A FAMILIA. ATÉ PQ CONHEÇO A CARMEM E O FERNANDO ONDE NA CASA DELE COMI MUITA MOQUECA EM PORTO BELO NOS ANOS 80 JUNTO DO LOKO DO MATZEMBACKER, DO SAUDOSO OLYR ZAVASCHI, DA LU SUA ESPOSA, DA MINHA EX COMPANHEIRA ANGENLA, DAS MINHAS FILHAS. TEMPOS LINDOS DO MÁRIO E DA DILZA.

Enviada: 2018/10/17 08:19:23
Tu sempre chega atrasado nas coisas. O FB já era.

 

de Torres

é coisa de riquinho de quem quer se ver na foto..larga esta prefiro o texto meu(OC)foto por foto prefiro o o sul. que é uma revista...gosto de texto por isto compra a fsp ou estadão. gosto de ler meu so foto não tem graça.então le a caras.(OC)o texto me faz pensar, imaginar, voar na mente. o fotografo me dá pronto e aquilo e pronto. mas as x uma boa foto diz tudo

Enviada: 2018/10/17 08:18:45
O negócio agora é o Instagram

 

Leitura praiana

po Laurinho mi empresta este livro do veio verissimo(OC)

Enviada: 2018/10/17 08:41:57


Encontrei numa livraria daqui, a preço de “sebo”. Reúne textos de qdo ele andou pelos EUA, anos 1940, no âmbito da política de “boa vizinhança” dos americanos. Por isso, vcs da esquerdalha ñ gostam dele, pq ele foi baba-ovo dos americanos. É um texto fácil de ler, mas ele ñ tem talento.

 

Polícia Federal vê fraudes ‘coordenadas’ praticadas pela BRF

Por Luiz Henrique Mendes, Cristiano Zaia e André Guilherme Vieira

SÃO PAULO E BRASÍLIA - A BRF está novamente na berlinda. As investigações da Polícia Federal sobre a empresa, que tiveram início no ano passado com a deflagração da Carne Fraca e se ampliaram neste ano com a Operação Trapaça, apontam para uma ação articulada desde a antiga alta cúpula da companhia para a prática de fraudes na produção de alimentos. Dona das marcas Sadia e Perdigão, a BRF lidera a produção de frango no Brasil.

Na lista de irregularidades apontadas pela Polícia Federal — muitas delas corroboradas por mensagens internas enviadas por executivos da BRF —, está desde a apresentação de laudos falsos para o Ministério da Agricultura para ocultar a presença de antibióticos em níveis acima do permitido até a omissão em reportar que a empresa vendeu carne de frango no Brasil contaminada com uma substância cancerígena também em níveis acima do permitido. Antibióticos, como tilosina e colistina, representam risco crescente à saúde humana em virtude do aparecimento de “superbactérias” resistentes a eles.

Substâncias que têm o uso proibido devido ao potencial carcinogênico, como carbadox e nitrofurazona, foram detectadas em amostras de ração da empresa para aves e suínos examinadas pela PF no âmbito da Operação Trapaça.

Conforme os investigadores, também chamou a atenção que as irregularidades cometidas por funcionários da BRF incluiam a edição de normas de fiscalização favoráveis à empresa ou ainda visando habilitação de frigoríficos e a contratação de laboratórios que aceitavam forjar laudos positivos para a bactéria salmonela em lotes de carne de frango voltados ao mercado externo.

Como resultado das apurações, a Polícia Federal indiciou 43 pessoas, entre elas Abilio Diniz, ex-presidente do conselho de administração da BRF, e Pedro Faria, que foi presidente-executivo da companhia entre 2015 e 2017. Abilio e Faria foram indiciados por estelionato, crimes contra a saúde pública, organização criminosa e falsidade ideológica.

O indiciamento não significa culpa, mas indica que as autoridades policiais acreditam haver indícios de crime. Portanto, os indiciados são formalmente suspeitos. Após o relatório da PF, cabe ao Ministério Público Federal (MPF) avaliar o documento para apresentar ou não uma denúncia à Justiça. O prazo para essa apresentação é de 30 dias. Se a denúncia for efetivamente feita pelo MPF e aceita pela Justiça Federal, os suspeitos passarão a ser réus.

O indiciamento foi recebido com perplexidade por interlocutores de Abilio. “O relatório da PF não para em pé”, disse uma fonte. Ao longo das 392 páginas do relatório, o empresário é citado por uma troca de mensagens por meio do aplicativo WhatsApp com Pedro Faria e José Carlos de Magalhães Neto, sócio da gestora Tarpon e então membro do conselho de administração da BRF.

Nessa troca de mensagens, que ocorreu em 2015, Abilio demonstra “preocupação” com os desdobramentos da detecção de dioxina (substância cancerígena) em lotes de carne de frango exportados à China. O empresário, que estava de férias, pede informações sobre o caso e busca entender os motivos que levaram o caso a vazar à imprensa.

No entender do delegado Maurício Moscardi, autor do relatório da PF, Abilio e Faria tinham “plena capacidade de orientar os círculos sob sua subordinação a tomar as medidas técnicas e eficazes, em âmbito sanitário, para que se determinasse a causa-raiz da contaminação química dos produtos destinados ao consumo”. No entanto, diz o delegado, “o que ocorreu foram tão somente a lamentação dos executivos pelo vazamento de informação já conhecida”.

17/10/2018 Polícia Federal vê fraudes ‘coordenadas’ praticadas pela BRFProcurado, Abilio Diniz informou, em nota, que “não cometeu nenhuma irregularidade como Presidente do Conselho de Administração da BRF. No relatório apresentado pela Polícia Federal, não existem elementos que demonstrem irregularidades”.

Também em comunicado, Faria afirmou que “jamais houve qualquer determinação da diretoria do Grupo BRF, muito menos de Pedro Faria, no sentido de acobertar quaisquer eventuais desconformidades relativas ao processo produtivo da companhia”. Segundo Faria, sua gestão foi marcada pelos esforços em ampliar o rigor no controle sanitário. O executivo reitera que, “se falhas houve, estas jamais contaram com a anuência da administração da BRF, razão pela qual causa surpresa a conclusão a que chegou a PF, totalmente discrepante daquilo que foi demonstrado no curso do inquérito”.

Além de Abilio e Faria, outros executivos do alto escalão da empresa foram indiciados sob suspeita de terem participado, em maior ou menor medida, dos esforços para debelar a crise de imagem e sanitária provocada com a detecção pela China da substância dioxina. Dentre os executivos graduados, figurava o até ontem vice-presidente da área internacional da companhia, Simon Cheng. O executivo participou de um grupo de crise no WhatsApp porque a descoberta da dioxina poderia, além do embargo da China, afetar outros mercados asiáticos como o Japão — o país é um dos maiores importadores da carne de frango brasileira.

Na semana passada, o presidente do conselho de administração da BRF e atual CEO, Pedro Parente, foi questionado sobre a possibilidade de a empresa aderir a uma espécie de acordo de leniência com as autoridades que investigam a companhia no âmbito da Carne Fraca e da Trapaça. Apesar de não ter dado detalhes, Parente deixou a porta aberta para um acordo e afirmou que a empresa está disposta a “colaborar” com os investigadores. Em Brasília, fontes disseram que há negociações em curso nesse sentido.

Além dos executivos e funcionários da BRF, foram indiciados o ex-ministro da Agricultura Francisco Turra e Rui Vargas, presidente e vice-presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), respectivamente. Os dois são citados por terem feito gestões junto ao Ministério da Agricultura em favor da BRF.

Procurada, a ABPA informou que, “como entidade representativa da avicultura e da suinocultura do País, atua dentro dos limites estabelecidos pela Lei, e refuta as menções feitas pela Polícia Federal à sua atuação. Como representação setorial, é dever da ABPA defender os interesses do setor produtivo dentro dos limites legais”.

 

Seminário

 

Presidente da Câmara Municipal rebate críticas do Executivo

Vereador Nagelstein destacou o fato do Legislativo ser um poder independente


Presidente da Câmara, na tribuna, defendeu o trabalho dos vereadores(Foto: Giulia Secco/CMPA)

No início da sessão ordinária da tarde desta quarta-feira (17/10), na Câmara Municipal de Porto Alegre, o presidente da Casa, vereador Valter Nagelstein (MDB), defendeu o poder e a autonomia do Legislativo da capital. Nagelstein rebateu notícia veiculada nesta data pela imprensa, onde o chefe do Executivo porto-alegrense, Nelson Marchezan Júnior, teria cobrado maior produtividade dos vereadores até dezembro. Conforme afirmou o vereador, os reiterados ataques de Marchezan à Câmara são uma “tentativa de desgastar o Legislativo”.

Nagelstein teceu críticas ao prefeito e definiu o atual governo como um “desastre”, por não estar sabendo articular seus projetos junto à Casa. “Há dois anos não consegue avançar um milímetro na agenda da cidade”, lamentou. Segundo o vereador, as pautas da prefeitura somente não avançam por “incompetência do governo” e não por falta de empenho dos vereadores. Ele citou a realização de mais de cem sessões ordinárias e dezessete sessões extraordinárias desde o inicio do ano.

O presidente do Legislativo ainda afirmou ter orgulho em ter tentado manter relação harmônica entre os vereadores e o Executivo apesar dos ataques à Casa e acusou o prefeito de plágio, por sugerir o enfrentamento de pautas como a do mobiliário urbano e do patrimônio histórico, anteriormente listadas pela própria Câmara Municipal em suas reuniões de Líderes. Para Nagelstein, é preciso afirmar o poder do Legislativo: “Os vereadores têm um instrumento poderoso, para poder fazer qualquer tipo de averiguação ou investigação acerca dos destinos que a Prefeitura tem tomado nestes dois anos de absoluta inércia na nossa cidade”, concluiu.

 

Prefeitura notifica consórcio que realizou obra na Padre Cacique

Nesta terça-feira, 16, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim) notificou novamente o consórcio que realizou a obra de pavimentação do corredor da avenida Padre Cacique, inserida na matriz de responsabilidade da Copa do Mundo de 2014, por não ter realizado um Plano de Recuperação de Fissuras nas placas de asfalto. Com isso, as empresas terão 10 dias úteis para manifestação. A ação já é reflexo da reunião convocada pelo prefeito em exercício, Gustavo Paim no início da tarde desta terça-feira, no Paço Municipal, para discutir a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), que emitiu medida cautelar determinando a suspensão do pagamento de todas as despesas relacionadas ao contrato. Esta obra foi contratada em 2012 e entregue em 2014, na gestão anterior.

A primeira notificação ao consórcio ocorreu em 14 de dezembro de 2016, na assinatura do termo de recebimento provisório da obra. Como não houve a realização do serviço solicitado, a prefeitura não deu por encerrada a obra. Nesse contexto, o consórcio entrou com uma medida judicial contra o Município para receber os valores devidos.

A Smim já realizou estudo atualizado para recuperação do pavimento de concreto. A informação foi anexada ao processo administrativo que trata da demanda do TCE-RS, no dia 10/10/2018, data anterior à expedição da medida cautelar, em 11/10/2018. Foi encaminhado, também, à empresa levantamento das patologias encontradas e requerimento para sua recuperação. O Executivo ainda possui valores em aberto do contrato que envolve a obra, muito superiores ao estimado para corrigir os defeitos identificados na pavimentação.

Participaram de reunião os titulares das secretarias de Planejamento e Gestão (SMPG) e da Mobilidade de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), respectivamente Paulo de Tarso e Luciano Marcantônio, acompanhados de técnicos das pastas e o procurador da Procuradoria Geral do Município (PGM), Carlos Eduardo Silveira.


17 de outubro de 2018

A + bela...

Enviada: 2018/10/16 15:13:47


Em 16/10/2018

 

Eleições em Torres e adjacências

Enviada: 2018/10/16 17:35:41

 

Passaralho na Globo

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/10/16 18:03:32
PASSARALHO NA GLOBO
Como os aliados tucanos da Globo foram para o brejo e a empresa está em situação dramática, foram demitidos cerca de 70 pessoas, principalmente do jornal O Globo, online e impresso, mas também do jornal Extra, que faz parte do mesmo grupo. As demissões foram feitas no Rio de Janeiro e em Brasília, de jornalistas e também outras áreas, como motorista e fotógrafos.Derrubaram a Dilma e vvao cair junto, eles e a Veja.
Renato Kern
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Prefeito Nelson Marchezan Júnior encerra missão na China

O prefeito Nelson Marchezan Júnior e a comitiva da Prefeitura Porto Alegre encerraram nesta segunda-feira, 15, a viagem de aproximação institucional e de negócios na China. Nos últimos dias, o chefe do Executivo da Capital se reuniu com o Consulado-Geral do Brasil, em Xangai, e com a diretoria da Fundação Fosun, grupo com participação no Cirque du Soleil e na rede hoteleira Club Med – que tem investido pesado no Brasil. “Na agenda com o consulado tivemos a oportunidade de ter especialistas do governo federal identificando as tecnologias que hoje são o padrão na China e ainda não existem no Brasil”, disse o prefeito.

Marchezan e a comitiva também visitaram o novo Centro de Comando do Distrito de Longgang, na cidade de Shenzhen, que tem 4,2 milhões de habitantes e é sede das maiores empresas de tecnologia do país. Já na sede da Huawei, gigante chinesa de tecnologia, os brasileiros apresentaram suas demandas técnicas para ter suporte da empresa em encaminhamentos de soluções em termos de referência e conheceram os laboratórios que estão pesquisando as tecnologias do futuro na área de smart cities. “Fizemos contato com os executivos da Huawei para que vissem Porto Alegre como uma cidade para investir em ambiente de inovação”, ressaltou o prefeito.

Nos primeiros dias no país asiático, Marchezan conheceu o centro de controle de 15 mil câmeras da cidade de Suzhou. O projeto é da Huawei e promete combinar a tradicional vigilância em vídeo com uma plataforma de inteligência artificial. A solução faz a integração das diferentes câmeras municipais e associa inteligência artificial ao cruzar diferentes bases de dados e, na versão mais avançada, com capacidade de fazer reconhecimento facial. “Temos grande interesse que Porto Alegre seja um case no Brasil nas aplicações smart cities de reconhecimento facial. Não é mais uma tecnologia do futuro. Na China vimos que essa é uma tecnologia que está sendo aplicada de maneira efetiva na gestão da segurança pública”, afirmou Marchezan.

Além de tecnologia e segurança, a mobilidade urbana também foi tema da viagem. Em Xangai, a comitiva porto-alegrense conheceu novas tecnologias de mobilidade, alternativas para complementar os modais na cidade e pagamentos de serviços públicos.

Marchezan desembarcou na China no dia 10, onde participou do Connect Huawei 2018, em Xangai, um evento mundial de tecnologia. Ele viajou como representante da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), no qual atua como vice-presidente de Ciência, Tecnologia e Inovação. A comitiva da Prefeitura é composta pelo diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Soletti, pelo diretor-técnico da Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa), Alexandre Horn, pela coordenadora-geral do Gabinete do Prefeito, Juliana de Castro, e pelo diretor de Articulação Institucional e Resiliência e gestor da área internacional da Prefeitura, Rodrigo Corradi. O retorno a Porto Alegre está marcado para o dia 17 de outubro. Durante este período, o vice-prefeito Gustavo Paim assumiu a prefeitura..

 

Executivo entrega LOA 2019 com previsão de R$ 918 mi de déficit

O prefeito em exercício, Gustavo Paim, entregou na Câmara de Vereadores de Porto Alegre (CMPA), na manhã desta segunda-feira, 15, a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019. A peça, elaborada em consonância com a Lei de Responsabilidade Fiscal, com o Plano Plurianual (PPA) 2018-2021, com a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e com as prioridades do Orçamento Participativo (OP), tem receita projetada de R$ 7,5 bilhões e despesa de R$ 8,4 bilhões. O déficit previsto para o próximo ano será de R$ 918 milhões. O prazo para aprovação da proposta é 5 de dezembro. (fotos)
“Projetamos um déficit de R$ 918 milhões. Isto é o que falta para a Porto Alegre que gostaríamos de ter em 2019”, explica Paim. Teremos a redução de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), em 2019, o que impacta o desempenho financeiro do município, enfatiza o prefeito em exercício. “Mesmo assim, faremos investimentos em áreas fundamentais como saúde, educação e segurança, muito acima dos índices determinados pela Constituição”, diz. Em relação aos gastos com saúde (24%) e educação (29,5%), a prefeitura supera os percentuais constitucionais, de 15% e 25%, respectivamente. Entre os maiores investimentos para 2019 com operações de crédito estão obras da Copa Pró-Transporte (R$ 268 milhões) e o Pró-Orla (R$ 82 milhões).
O secretário de Planejamento e Gestão, Paulo de Tarso, observa que a redução do déficit projetado na LOA para 2019, em relação à LDO (R$ 1,1 bilhão), foi possível devido a revisão detalhada de todos os serviços e entregas, ajustando para a capacidade de execução em 2019 e pela alocação de despesas que devem ser buscadas através de recursos externos.
Enfrentando o déficit - Entre as saídas para enfrentar o déficit, explica o secretário Paulo de Tarso, está a aprovação dos projetos de Lei, tais como os que modificam os aumentos automáticos de pessoal e reformam a Previdência Municipal e o aprofundamento da redução de despesas de custeio, tais como terceirizados, diárias, passagens aéreas, material de consumo, energia elétrica, horas-extras, entre outros. Também, acrescenta, a adoção das Parceiras Público-Privadas (PPPs), como Iluminação Publica e concessão de parques e praças, além da contratação de empréstimos nacionais;
Já em relação a LOA de 2018 (R$ 708 milhões), houve crescimento. O secretário de Fazenda, Leonardo Busatto destaca que houve a queda de R$ 100 milhões de ICMS repassado pelo Governo do Estado em função da não prorrogação das alíquotas aumentadas em 2015. “Também foi contabilizado o crescimento vegetativo da folha de pagamentos, em torno de R$ 90 milhões e a inclusão ou ampliação de despesas para atendimento das demandas da cidade”, acrescenta Busatto.
Despesas - Entre as despesas, o secretário Busatto destaca a Operação Tapa-Buracos, R$ 98 milhões; R$ 50 milhões para reforma de escolas; R$ 18 milhões para reformas de parques e praças; R$ 6,5 milhões para ampliação do atendimento dos postos de saúde até as 22h; R$ 45,6 milhões para fornecimento de medicamentos; R$ 102,4 milhões para a segurança pública; e R$ 26,6 milhões para aumento da oferta da assistência social. “Mesmo diante deste quadro, faremos o investimento de R$ 194,6 milhões para a Saúde; R$ 92,4 milhões para a Educação e R$ 41,4 milhões para a Segurança, entre outros”, enfatiza Busatto.
Estiveram presentes na entrega da LOA, cerimônia que ocorreu na Sala Dilamar Machado, além do prefeito em exercício Gustavo Paim e dos secretários Busatto e Paulo de Tarso, técnicos do Planejamento e Fazenda. A peça foi recebida pelo presidente do Legislativo, Valter Nagelstein, que esteve acompanhado pelos vereadores João Carlos Nedel, presidente da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul (Cefor) e futuro relator da LOA 2019; o líder do Governo no Legislativo, Moisés Barboza, além de André Carús e Cassiá Carpes.
LOA 2019 em números
Despesa Total: R$ 8,41 bilhões
Receita Total: R$ 7,5 bilhões
Déficit: R$ 918 milhões
Receita Tributária: R$ 2,53 bilhões
Receitas de Transferências: R$ 2,79 bilhões Receitas de Operações de Crédito: R$ 555 milhões
Pessoal: R$ 3,7 bilhões (Tesouro R$ 3,2 bi, Vinculados R$ 416,2 mi) Outras Despesas Correntes: R$ 3,03 bilhões (Tesouro R$ 1,8 bi, Vinculado R$ 1,2 bi)
Investimentos: R$ 902 milhões (Tesouro R$ 200,8 mi, Vinculados R$ 700,3 mi)
Maiores investimentos
Saúde:
- SUS: R$ 633 milhões;
- Saúde da Família: R$ 147 milhões;
- Atenção Primária: R$ 55 milhões;
- HPS: R$ 52 milhões;
- Assistência farmacêutica: R$ 47 milhões.
Educação:
- Creches - R$ 159 milhões;
- Ed. Básica e fundamental: R$ 100 milhões; Mobilidade Urbana:
- Tapa-buracos: R$ 98 milhões;
- Qualificação transporte público: R$ 65 milhões.
Serviços para a cidade:
- Iluminação Pública/Manutenção - R$ 41 milhões;
- Drenagem/Manutenção: R$ 40 milhões;
- Desassoreamento de arroios: R$ 7 milhões;
- Poda: R$ 5 milhões.
Segurança:
- Guarda Municipal: R$ 7,5 milhões;
- Monitoramento integrado: R$ 6 milhões.
Programas constantes da LOA
• Cidade mais Segura;
• Educação Nota 10;
• Saúde Noite e Dia;
• Porto Alegre para Todos;
• Mais Cultura, Lazer e Esporte;
• Cidade Aberta;
• Porto Alegre do Futuro;
• Servindo Porto Alegre;
• Gestão de Processos, Tecnologia e Transparência;
• Gestão de Pessoas;
• Gestão Fiscal.

Orçamento Participativo:

• Para 2019 a LOA prevê um total de 59 demandas do OP, somando R$ 274,6 milhões.
• Todas as demandas do OP que têm recursos previstos para 2019 estão destacadas em um único demonstrativo na Lei Orçamentária. Essa iniciativa garante maior transparência e facilidade na identificação das demandas das comunidades, organizando e qualificando o processo.

 

do Espaço Vital

Denunciados três advogados de grupo que planejava morte de juiz, policiais e testemunhas

Arte de Camila Adamoli

(Processos da 1ª Vara Criminal do Foro do Alto Petrópolis, em Porto Alegre, nºs 001/21700906249 e 001/218.00200003)

O Ministério Público do RS denunciou três advogados gaúchos (Anderson Figueira da Roza, Anderson Rembowski e Anderson da Cruz) e outras 11 pessoas ligadas a um grupo de extermínio que planejava matar o juiz Felipe Keunecke de Oliveira, da Vara do Tribunal do Júri de Porto Alegre. O grupo ainda ameaçou policiais e testemunhas.

Houve também o pedido de prisão preventiva de dois dos três advogados mencionados, mas esse requerimento do MP-RS foi indeferido na 1ª Vara Criminal do Foro Regional do Alto Petrópolis, em Porto Alegre. No ponto, há recurso em tramitação no TJRS aguardando julgamento.

A denúncia afirma textualmente: “O braço jurídico da organização da facção criminosa vai muito além da atividade de advocacia – o que é de extrema gravidade, porque eles estão trazendo informações dos processos para que as facções, os líderes, interajam para que haja o embaraço da investigação" – diz uma das passagens da petição inicial. Noutra passagem vem referido que os advogados repassam para membros da facção quem são os acusados que aceitaram fazer delações premiadas.

Foi em março deste ano que a Polícia Civil do RS desarticulou um grupo de extermínio de uma facção que planejava a morte de policiais e membros do Poder Judiciário, no Vale do Sinos. De acordo com a polícia, as investigações ainda eram sobre roubo de veículos.

Após a prisão de cinco pessoas, a autorização judicial que concedeu o grampo permitiu que fosse descoberto nos aparelhos celulares o plano de execução de autoridades da área de segurança e do Poder Judiciário, além do resgate de um apenado que iria depor em uma audiência.

De acordo com o MP, em uma das situações, um dos advogados forneceu a lista de testemunhas do processo para os chefes da facção, dizendo que, “se três delas não depuserem, o caso estará ganho”. Houve ainda ameaças verbais de morte às testemunhas, para que não comparecessem ao Foro de Porto Alegre. Algumas dessas testemunhas , apesar de procuradas por diversas vezes, não foram localizadas pelos oficiais de justiça.

"Aconteceu de ser realizada a audiência e as pessoas não serem localizadas, então realmente, foi concreto o prejuízo do processo e o esclarecimento da verdade" - disse o subprocurador-geral institucional do MP, Marcelo Dornelles.

Os advogados ainda forjavam documentos para reaver o dinheiro apreendido pela Justiça no combate ao tráfico de drogas.

Os advogados – que na “rádio-corredor” da OAB-RS passaram a ser chamados, desde a semana passada, como “os três Anderson” tiveram bens e contas bancárias bloqueados. Os registros deles na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também foram suspensos - não por decisão da entidade, mas por determinação judicial. Houve a quebra do sigilo financeiro e fiscal de todos os 14 suspeitos.

Um dos diálogos interceptados entre um dos Anderson e um dos chefes da facção contém detalhes impressionantes:

Ø Advogado: "Queria ver um outro assunto contigo. Tenho um parente que fez uma de começar a uma mulher casada e o marido dela descobriu. Agora tá ameaçando de matar ele. Como esse cara é muito maior que ele, esse meu parente tá afim de liquidar com ele. Tua gurizada faria esse serviço? E quanto sai?"

Ø Chefe da facção: "Depende do que ele quer fazer”.

Ø Advogado: "Ele quer que o cara desapareça do mundo".

Um dos outros advogados envolvidos encomenda a morte de testemunhas para conseguir a absolvição em caso de homicídio:

Ø Advogado: "Tem como chegar nessa mulher e fazer ela calar a boca? Daqui a pouco te mando o depoimento dela completo."

Ø Chefe da facção: "Tá."

Ø Advogado: "Tá mole de liquidar se ela calar a boca."

Em outra gravação, um dos chefes da facção conversa com um dos advogados sobre o juiz Keunecke que presidia uma ação penal contra a mulher dele, e costumava ir a um clube onde poderia acessar com moto aquática.

Ø Chefe: "Qual é aquele clube que tu vai na ilha do Guaíba?"

Ø Advogado: "União".

Ø Chefe de facção: "Parece que o gremista [juiz] vai lá, mas eu nunca vi ele lá".

Ø Advogado: "Vai. Já vi umas três vezes. Mas na sede de Porto Alegre."

Ø Chefe de facção: "Ele tem segurança?"

Ø Advogado: "Nunca vi. Só vi sozinho e com filho."

Ø Chefe de facção: "Estou investigando ele. E se ele condena ela de graça vai pagar caro."

Ø Advogado: "Jogo do Grêmio ele vai."

Ø Chefe de facção: "Quero ver se o governo vai trazer a vida dele de volta."

Advogado e integrante de facção conversam ao telefone sobre aparelho celular apreendido pela Polícia Civil no momento da prisão do chefe do grupo:

Ø Integrante da facção: "Bom dia, doutor."

Ø Advogado: "E aí, tudo bem? Tô tentando falar com ele e não estou conseguindo."

Ø Integrante da facção: "Ô, doutor, no caso, ele caiu lá."

Ø Advogado: "Jura?"

Ø Integrante da facção: "Juro."

Ø Advogado: "Estou indo comprar a passagem pra mãe dele voltar, a mãe dele tava lá."

Ø Integrante da facção: "A mãe dele tava lá, seguiram, né."

Ø Advogado: "Aham. Ainda ontem avisei. Putz, as mensagens que eu tô mandando."

Ø Integrante da facção: "Está tudo caindo no telefone dele, eles estão com tudo, o irmão falou."

Ø Advogado: "P que p, pegaram com o telefone junto?"

Ø Integrante da facção: "Bah, doutor, no caso, acho que pegaram com tudo lá, entendeu?"

Ø Advogado: "Bah, me f, será que ele apaga, cara?"

Ø Integrante da facção: "É muito difícil, tem vez que ele já deu uma discutida aqui, ele manda as conversas tudo de volta, entendeu?"

Ø Advogado: "Bah, acho até que vou ser preso, tá louco."

O jeitinho aritmético ensinado por juiz para ganhar e manter gratificação

Arte de Camila Adamoli sobre foto Camera Press

Truque financeiro

O ex-juiz federal Wilson Witzel, candidato ao governo do Rio de Janeiro, ensinou em 2017 – antes de desistir da carreira na magistratura - em uma palestra a magistrados e servidores federais, um truque para garantir o acúmulo de mais um penduricalho. De acordo com ele, o benefício da gratificação de acúmulo garante mais R$ 4 mil mensais, sem tributação.

Diz Witzel no vídeo que circulou em redes sociais no fim-de-semana:

“Os juízes hoje estão recebendo auxílio moradia, auxílio alimentação, e a gratificação de acúmulo, que, na Justiça do Trabalho, eu sei que é muito mais difícil de receber, mas, na Justiça Federal, praticamente todos os juízes recebem. A gratificação de acúmulo é de quatro mil reais. Eu recebo, expulsei o juiz substituto da minha Vara, disse “Ô, negão, ou você vai viajar lá pra ficar um ano fora, ou eu vou te expulsar da Vara”. (Risos) Brincadeira, adoro meu juiz substituto. Mas, se ele ficar, eu não recebo. Aí a gente fez uma engenharia... Todo mês, 15 dias por mês, o juiz substituto sai da Vara”.

Procurado por jornalistas, Witzel não comentou o teor do vídeo, não respondeu quando, nem onde, e por quem as imagens e o som foram gravados. Sua assessoria enviou uma nota genérica sobre um tema diferente do que lhe fora perguntando, afirmando que o pagamento de auxílio-moradia está previsto na Lei da Magistratura:

"Todos os auxílios a que magistrados têm direito estão previstos na Lei Orgânica da Magistratura. O candidato, que é ex-juiz, defende que o Congresso Nacional discuta com a população as alterações na lei. Caso tivesse apego a privilégios, Wilson Witzel não teria deixado de ser juiz, uma função pública e com aposentadoria garantida (e que ele perdeu ao pedir exoneração)” – este o teor da nota.


16 de outubro de 2018

CAUSOS DO INTERIOR

O MAIOR ' gremista' QUE CONHECI

Um dos meus principais amigos do interior de chama FLAVIO LUIS SOCCOL que com o tempo tenho visto pouco. Mas no ginásio eramos muito amigos, dois gremistas que ficavam juntos nas noites de segunda apenas pra ver os jogos do GREMIO que passavam no vídeo tape que vinha pela TV nas segundas lá pelas 12 horas ou até depois. Era a TV PIRATINI....Até não consigo entender como meu pai e minha mãe me deixavam ficar na churrascaria do NELSON ALBAN até aquelas horas- 2 da madrugada - pra ver o jogo do GREMIO. Eles sabiam que eu estava lá no FLAVIO mas a volta pra casa depois era um terror, não que houvesse algum tipo de problema simplesmente porque eu caminhava 2 km de estrada de chão pra chegar até minha casa. Os cachorros latiam porque o barulho era escassíssimo e os bichos ouvem cada passo na madrugada. ENCIMA DE MIM AQUELE MANTE DE ESTRELAS QUE SO VEJO AGORA QUANDO VOU A GARRUCHOS ....

não existia ceu mais estrelado do que aquele mas eu fazia aqueles dois quilômetros com o coração na mão.

O Flávio meio que me obrigava a ficar com ele pra ver o jogo do Grêmio, mas depois tinha que ter colhões pra enfrentar estes dois quilômetros pra chegar em casa. Quando chegava ia direto pra mim cama, porque no dia seguinte, aos primeiros clarões da madrugada já estávamos de pé pra trabalhar na roça, que na roça não tem oito horas...levanta-se seis, cinco...Nisto estou acostumado.

Ah, claro que saindo do ginásio lá pelas seis da tarde, até a hora do jogo ficávamos na churrascaria do ALBAN, onde também era a rodoviária, esperando pelo vídeo teipe do GREMIO...mas havia o jantar um bom churrasquinho que ali sempre se comia bem.

Nas poucas x que tenho ido a serafina, vou dar um abraço no meu amigo que ainda hj está bem...Flávio é mais velho do que, tem 70 anos.

É um dos 16 filhos de SILVESTRE SOCCOL, que era caminhoneiro. Muitos dos filhos dele, fizeram curso superior.tem o roberto, o próprio Flávio que virou um dos maiores RPS QUE EU CONHEÇO.
Queria tanto fazer um livro de histórias dele. Mas acho que isto não se concretizará.(OLIDES)

 

Saúde

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/10/15 07:03:12

Moo está a saúde.
Trás mais coisas da tua vida no interior para o blog.
Abraços

CONVITE - Destino Missões na Casa de Cultura Mário Quintana - Sexta-feira 19/10

Mais informações no CAMINHO DAS MISSÕES, fone (55) 3312.9632 ou com o palestrante José Roberto de Oliveira, fone (55) 99638.6360
;

 

do Miron Neto

Em campanha, Eduardo Leite promete reduzir impostos

Eduardo Leite, candidato do PSDB ao Governo do Estado, esteve em Gramado no sábado (13), às 12h30min. Leite estava acompanhado de seu vice, o delegado Ranoldo Vieira Júnior(PTB) e do deputado federal eleito Lucas Redecker (PSDB), e foi recebido por lideranças como Jorge Drumm (PSDB), Jeferson Benetti (PSDB), Celso Fioreze (PSDB) e o ex-prefeito Pedro Bertolucci (Progressistas).
Leite fez campanha na Rua Coberta, falou com a imprensa e conversou com comerciantes. Nos contatos com os empresários, Leite prometeu reduzir impostos e a burocracia, de forma a incentivar o empreendedorismo. Pouco depois, cumpriu roteiro em Canela, onde venceu José Ivo Sartori (MDB) no primeiro turno da eleição.
Sartori reitera apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

Candidato à reeleição, o governador José Ivo Sartori (MDB) esteve em Gramado no final da tarde de sábado. Sartori foi recebido por cerca de 300 apoiadores no pórtico do bairro Várzea Grande e falou durante sete minutos em cima da carroceria de um caminhão. Ele destacou a importância do Regime de Recuperação Fiscal junto à União, como forma de o Estado ter recursos para investir mais em Saúde, Educação e Segurança. Reforçou o apoio de seu partido a Jair Bolsonaro (PSL), dizendo que a forma de governar de seu adversário, o PT, já é conhecida de de todos.
Logo após, Sartori participou de uma carreata com aproximadamente 150 veículos até o Centro de Gramado.
Empresário gramadense é réu de ação de dois senadores

Um empresário de Gramado está sendo acionado na Justiça pelo Presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB) e pelo senador Jorge Viana (PT) por ofensas feitas no aeroporto de Dubai, em abril deste ano. Na ocasião, Eunício, Jorge Viana e Antônio Anastasia (PSDB) faziam escala de uma viagem ao Japão, enquanto empresários gramadenses realizavam uma escala em direção à China. Ao encontrar Eunício e Viana, dois gramadenses questionaram a corrupção dos dois políticos, chamando-os de "vagabundo" e "rato", conforme vídeo que circulou nas redes sociais.
A ação, no entanto, envolve um empresário que não teve participação no episódio. Ele foi confundido com outro. Em função do erro de identificação, o empresário acionado está tomando medidas legais contra os dois senadores. Aliás, dois ex-senadores a partir de janeiro, já que Eunício (CE) e Viana (AC) não conseguiram a reeleição em 7 de outubro.
Binário entre a São Pedro e a Garibaldi se consolida

Coordenador do Plano de Mobilidade de Gramado, o arquiteto argentino Ruben Pesci esteve reunido esta semana com o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), secretários, vereadores e educadores. Na pauta dos encontros, a consolidação de mudanças no trânsito das principais vias do Centro de Gramado.
A principal alteração é a criação da Ilha Pedestre, nas quadras centrais da avenida Borges de Medeiros, entre a avenida das Hortênsias e a rua Senador Salgado Filho, permanecendo a ideia do binário composto pela rua São Pedro (sentido Norte/Sul) pela rua Garibaldi (sentido Sul/Norte), e consequentemente alterações nos sentidos de várias vias secundárias dos arredores. "Estas medidas visam minimizar os problemas de engarrafamentos nos momentos de pico, trazendo mais fluidez através dos binários, além de transformar o centro da cidade numa grande praça de convívio entre as pessoas", afirma o secretário do Planejamento, Jeferson Zatti. Os documentos estão passando pelas últimas revisões e os projetos de lei da Agenda Estratégica e do Plano de Mobilidade serão encaminhados para aprovação da Câmara de Vereadores ainda em outubro. Zatti lembra que "devido à complexidade dos projetos", há necessidade de Audiência Pública até abril de 2019.

20% dos pagamentos dos visitantes passam pela Bela

O turista que compra pacotes para Gramado ou paga a conta em restaurantes locais não sabe, mas 20% das transações passam por uma fintech daqui, a Bela Pagamentos. Com apenas 10 anos de existência e dirigida por um jovem de 28 anos, Artur Silveira, a Bela possui hoje 40 colaboradores e prevê uma receita de R$ 8 milhões em 2018, sobre um volume total de R$ 120 milhões em transações.
Atuando abaixo do radar dos grandes players de meios de pagamentos, a Bela vem crescendo rapidamente através do oferecimento de um cardápio mais amplo de serviços. Sua sede no bairro Várzea Grande é um exemplo de ambiente descontraído, onde os colaboradores andam de skate ou patinete no meio do expediente.
Veja a matéria completa no canal Gramado TV, no You Tube. Clique aqui.
Igreja do Relógio ganhará iluminação noturna em 2018

Vítima sistemática da ação de vândalos e de pichações, o templo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) - a Igreja do Relógio, deverá receber iluminação noturna ainda em 2019. A exemplo do tempo da Igreja Católica, que ganhou iluminação permanente em dezembro de 2018, a Igreja Evangélica receberá iluminação artística através de uma doação da empresa Stella Ideias Luminosas, de Sapiranga.
O templo é um dos cartões postais de Gramado, mas usuários de drogas resolveram usar os arredores durante a noite. A iluminação deverá inibir os vândalos. Antes disso, porém, o Policiamento de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar deverá entrar em ação.
Prefeitura construirá CRAS próximo ao ExpoGramado

A Prefeitura de Gramado construirá um novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) no bairro Vila Verde, que fica próximo ao ExpoGramado. A nova sede terá aproximadamente 175 metros quadrados de área construída e será viabilizada através de um repasse do Ministério de Desenvolvimento Social no valor de R$ 322,9 mil.
Atualmente, todos os atendimentos e projetos são realizados em um prédio alugado, no bairro Piratini, onde foram realizado 1.720 atendimentos entre janeiro e agosto deste ano. “Através da construção de um prédio próprio, serão economizados recursos municipais que poderão ser utilizados em projetos e politicas públicas voltados às demandas da Politica de Assistência Social”, destaca a secretária Ana Lovatto Sartori (MDB).
Secretaria de Obras começa asfaltamento no Moura

A Secretaria de Obras iniciou esta semana as obras de pavimentação da rua Belém e da Travessa Moura, no bairro Moura. Foi iniciada a pavimentação em asfalto a quente com drenagem pluvial, construção dos meios-fios, e colocação de sinalização horizontal e vertical nos 56 metros da Rua Belém e na extensão de 101,5 metros da Travessa Moura.
Os moradores aguardavam há mais de 40 anos pela iniciativa. “Nos sentimos realizados em poder iniciar uma obra de extrema importância para essa região. No encontro pudemos perceber a satisfação da comunidade ao colaborar com os ajustes finais”, salientou o secretário Flávio Milton de Souza (MDB).
Mascote de hotel é inspirado no mais antigo funcionário

A rede Laghetto Hotéis apresentou quinta-feira (11) o seu mascote: o Sr. Laghettinho, um simpático castor. O personagem inspirado em Luiz Paulo Dreher, colaborador da Laghetto desde o início das operações da rede, em 1989, e que ainda hoje atua na empresa.O mascote transforma em atitudes as características que diferenciam a qualidade no atendimento e que são a marca também de Dreher. “É um exemplo de colaborador motivado, responsável, que veste a camisa da Laghetto e é muito dedicado”, afirma Flaviana Chioquetta Yamaguchi, criadora do mascote.
Os hotéis da bandeira Allegro, que são voltadas para a família e possuem ampla área kids, terão espaços temáticos do personagem, se tornando, assim, a “casa” do castor. O primeiro hotel que passará pela revitalização e novo visual será o Laghetto Gramado.
Os hotéis da rede Laghetto em Gramado recebem anualmente uma média de 19.813 crianças.

Navio do Cara de Mau lança linha de pizzas gourmet

O restaurante Navio do Cara de Mau (Rua João Corrêa, 432) está lançando uma nova linha de pizzas gourmet no cardápio e pratos da culinária internacional com serviço a la carte.
“Dentre as pizzas gourmet, os clientes encontrarão pizzas no estilo clássico italiano, Vegana, Integral, Zero Lactose entre outros sabores tradicionais”, revela o chef Igor Cândido. Já o cardápio de pratos internacionais inclui opções de frutos do mar, filés, risotos, massas, petiscos e sobremesas especiais.
Biblioteca receberá R$ 100 mil para projeto digital

O projeto de modernização da Biblioteca Pública Municipal Cyro Martins, elaborado pela Secretaria Municipal da Cultura, foi contemplado pelo Ministério da Cultura em R$ 100 mil através do Edital Bibliotecas Digitais – 2018, que faz parte do Programa Leitura Gera Futuro.
Gramado está entre as 19 cidades de todo país contempladas com a iniciativa. O recurso do Governo Federal será utilizado para a aquisição de leitores de livros digitais, licenças para a aquisição das obras e móveis da Biblioteca Pública, que, em novembro, completa 50 anos.

Associação dos Fornos reúne 172 associados na Linha Nova

Relembrando a trajetória dos 13 anos da Associação dos Fornos de Gramado, ocorreu na última quarta-feira (10) o encontro anual dos associados na Sociedade da Linha Nova, reunindo aproximadamente 200 pessoas. A confraternização celebrou o empenho dos agricultores na qualidade dos produtos que são fornecidos pelos fornos na Praça das Etnias, e que são adquiridos por gramadenses e, principalmente, visitantes.
A Associação é formada por 12 grupos de agricultores. Cada equipe representa uma determinada localidade do interior do município, somando 172 associados. As famílias trabalham em finais de semana na produção de cucas e pães.


15 de outubro de 2018

EXCLUSIVO

TAPA QUE PODE CUSTAR CARO

O tapa que um ex-presidente do Inter, durante um programa do LUIS CARLOS RECHE, na ULBRA TV, anos atrás, deu em JULIO RIBEIRO, estaria em mais de 100 mil reais....Melhor dizendo a ação de danos morais que JULIO FEZ CONTRA ESTE EX DIRIGENTE COLORADO.
JULIO, diretor e Publisher da revista PRESS, estava debatendo com O EX PRESIDENTE COLORADO ( que de uma hora pra outra partiu pra cima dele dando-lhe uns ' biscoitos'.( Maldosos da praça dizem que foram tapas bem dados, mas este repórter não participa deste sentimento....)

RECHE , qual PONCIO PILATOS, LAVOU AS MÃOS.Não defendeu JULIO RIBEIRO, NEM CONDENOU O QUE O DIRETOR DO INTER FEZ.

 

RECUPERADO....

CESAR ANGELO TASCA, DO AGAPIO LANCHES, JÁ ESTÁ BEM RECUPERADO DA CIRURGIA QUE FEZ PRA DESENTUPIR ALGUMAS VEIAS DO CORAÇÃO. JÁ ANDA A MIL PELO SEU ESTABELECIMENTO NA JOSE DE ALENCAR QUE ONTEM, DOMINGO, ANDAVA APINHADO DE COLORADOS QUE CALIBRAVAM ANTES DE PARTIR PRO JOGO DO BERA RIO.

Diz uma funcionária do TASCA, como os amigos o chamam, que escondidamente ele já estaria tomando umas qui outras por ai....

Cesar tem o costume de não ficar mais do que meia hora num mesmo local. PESSOA MAIS AGITADA NUNCA VI...

TASCA NO BATENTE

Depois de um tempo de convalescência o empresário CESAR ANGELO TASCA está de volta ao batente no AGAPIO LANCHES.

Tasca operou o coração mas passa bem e se recupera bem...

 

Mudança

O colega GLEI SOARES mudou-se do MENINO DEUS PRO CENTRO.

O APE ONDE VIVIA FOI VENDIDO.

O apê onde vivia GLEI SOARES E SUA MAE MARLEY FOI LEILOADO devido a dívidas do condomínio.

 

noticias de são borja

O DEPUTADO EDUARDO LOUREIRO, DO PDT, TÁ MAL ASSESSORADO EM SÃO BORJA. FEZ APENAS 400 VOTOS. ENQUANTO A SUA CONCORRENTE DENTRO DO PARTIDO, JULIANA BRIZOLA FEZ 1146.é que juliana tem um assessor morando direto em são borja....ele fica lá o tempo todo cabalando votos, não apenas em épóca de eleição.

LOUREIRO QUE É DE STO ANGELO DESCUIDO-SE E FEZ BEM VOTOS EM SÃO BORJA DO QUE NA X PASSADA. TEM QUE POR UM CARA COMPETENTE LÁ MORANDO DIRETO COMO UM ASSESSOR QUE ELE POS EM STO ANGELO PRA CUIDAR DELE NA TERRA DE GETULIO.SENÃO OS VOTOS MINGUAM.

QUEM FEZ MAIS DE 10 MIL VOTOS FOI O FARELO DE ALMEIDA QUE AGORA TÁ NO PARTIDO DO CHERINI. SE NÃO ME ENGANO É O PRB.

FARELO SAIU DO PDT ABRINDO UM BURACO NO PARTIDO DE BRIZOLA.

VOTADO MESMO FOI O LCHEINZE. BOM MAS AI É DAR UM TIRO NO CEGO.

CADO QUE SEMPRE FAZIA BOA VOTAÇÃO EM SB PELO PDT DESTA X NÃO FOI CANDIDATO.

 

LARGADA OFICIAL SEGUNDO TURNO

Com a participação de prefeitos, vices, vereadores, presidentes municipais, coordenadores regionais e militância de toda a coligação Rio Grande no Rumo Certo, a campanha do governador José Ivo Sartori à reeleição dará a largada oficial para o segundo turno. A mobilização que ocorrerá no Galpão Crioulo nesta segunda-feira, dia 15, às 19h30, em Porto Alegre, unificará o discurso e o tom da campanha para todo o Rio Grande do Sul.

 

Guarda Municipal captura o sexto foragido em quinze dias

Na madrugada deste sábado, 13, a Operação Jaguar, realizada pela Ronda Ostensiva Municipal (Romu), grupo operacional da Guarda Municipal de Porto Alegre, capturou o sexto foragido da justiça. “As prisões foram realizadas apenas com o uso das técnicas de abordagens”, esclarece o agente Sadir Nunes, integrante do grupo operacional.

A operação, que é realizada há 15 dias no entorno da área central e tem como finalidade proporcionar a população maior segurança, abordou mais de 400 pessoas. Durante essas duas semanas de operação também houve uma prisão enquadrada na Lei Maria da Penha e uma apreensão de motorista com Carteira Nacional de Habilitação vencida e outro com licenciamento do veículo vencido e sem habilitação. As patrulhas são realizadas com o apoio operacional dos servidores da Guarda Municipal que ficam no Centro Integrado de Comando de Porto Alegre (Ceic) e no Departamento de Comando e Controle Integrado da Secretaria da Segurança Pública do Estado.

A Romu existe há 19 meses e já atuou em 37 operações , realizou 454 ações integradas com órgãos estaduais e federais e 228 ações com diferentes secretarias municipais.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

do Blog do Ilgo Wink

A arte de secar e a disputa presidencial no Grêmio

Secar é uma arte. Não existe uma lógica para todos. Cada um tem sua lógica na hora de secar.

Agora mesmo eu estou secando o Cruzeiro, que acabou de fazer um gol antes do intervalo.

Não quero ver o Cruzeiro campeão da CB de novo. Mas não é só por isso. Há um motivo mais profundo: a vitória do Cruzeiro será a vitória do estilo Mano Menezes de trabalhar, e que todos nós conhecemos muito bem.

Há quem goste, e os resultados têm sido bons pra ele. Futebol de marcação, porrada como se viu contra o Grêmio no ano passado pela CB, e a luta por um golzinho, normalmente de cabeça, porque o jeito Mano de jogar é de chegar na intermediária e mandar a bola pra área.

Os mais pragmáticos, inimigos do Guardiola e seus seguidores e secadores do Renato, comemoram cada gol de cabeça – se for do camisa 9 que não pode faltar no time desse pessoal -, melhor ainda.

Não por coincidência o gol do Cruzeiro, no finalzinho do primeiro tempo, foi de cabeça, meio na sorte, de chiripa. Tinha o Barcos e o Thiago Neves na jogada, adivinha quem fez o ‘golo’ (como diz o RW ironizando a turma do calção sujo e do centroavante aipim)?

Não, não foi o aipim castelhano, jogador que quero ver distante da camisa do Grêmio.

Então, secar faz parte da vida do torcedor. Eu diria que o torcedor passa mais tempo secando do que torcendo pelo seu time.

Hoje eu sou Corinthians. Domingo, já decidi comigo mesmo, que vou secar o Inter, o que não é nenhuma novidade. Serei Diego Aguirre, a quem já sequei muito.

Tem o jogo do Grêmio contra o Palmeiras. Renato vai mandar a campo um misto frio, ou até um time apenas com reservas.

Vou torcer pelo Grêmio, claro, mas de leve. Não vou triste se o Palmeiras vencer. Aliás, o Palmeiras do Felipão é o favorito nesse jogo. Se vencer, consolida também seu favoritismo na disputa pelo título.

Hoje, tenho de admitir que o Palmeiras é o meu segundo time no país. E penso que muitos gremistas compartilham desse sentimento.

Se o Grêmio tivesse vencido o Bahia, estaria ainda credenciado a brigar pelo título do Brasileirão. Como ficou só no empate, restou, em tese, apenas um time para impedir o pior, que seria o título colorado 39 anos depois.

Imagine, o piá nasceu no final de 79, com o pai colorado já colocando-0 de sócio vermelho e tirando fotos do inocente bebê com uma camisetinha colorada. Aí o guri cresce e fica amargando 39 longos anos, já com uma calvície e uma barriguinha avantajada de incontáveis skol ou Kaiser, sem título do Brasileirão. Nesse meio tempo, vendo o Grêmio ser campeão do mundo, bi da Libertadores, etc.

Um sujeito assim deve ter sequelas emocionais graves.

Em resumo, sou Palmeiras, porque é o único com reais condições de superar o Inter, embora eu ache que o time do Odair, depois de perder para o Sport, começou a descer a ladeira.

Só tem um detalhe que me preocupa: uma vitória do Palmeiras vai dar um impulso aos defensores do estilo Felipão e Mano de jogar.

Bem, mas isso eu suporto, porque será por uma nobre causa.

CORRIDA PRESIDENCIAL NO GRÊMIO

Já tem gente se apresentando, ainda discretamente, para disputar a sucessão do presidente mais vitorioso desde Fábio Koff.

Os nomes que estão sendo lembrados, já faz algum tempo, para ocupar a cadeira de Romildo Bolzan, dentro de pouco mais de um ano, são esses (não pela ordem):

Marcos Hermann, Odorico Roman, Cláudio Oderich e Carlos Biedermann, atual presidente do CD do clube.

Corre por fora o favorito entre os torcedores ‘raiz’: Nestor Hein. Mas este dificilmente irá concorrer.

Nestor tem resistido bravamente à pressão de amigos para que entre na disputa.


12 de outubro de 2018

REUNIÃO DO SINPASUL

O presidente executivo da Associação Nacional dos Aparistas de Papel – ANAP, Pedro Vilas Boas, será o palestrante da reunião-almoço do Sindicato das Indústrias de Celulose e Papel do Rio Grande do Sul (SINPASUL) às 12h da próxima quarta-feira (17), na sede da FIERGS, em Porto Alegre. Abordará o tema Indicadores de Papéis Tissue e do Setor de Aparas. Informações – telefone (51) 3364.2173.

 

Sessão do próximo Sábado (dia 13/2018) as 10:15 no Espaço Itaú de Cinema, Bourbon Country

Título do filme: "UmaNoite de 12 Anos" (La Noche de 12 Años)
Ano de produção: 2018
Data de Lançamento Mundial: 1º de Setembro de 2018 (Festival de Cinema de Veneza)
Direção: Alvaro Brechner
Duração: 122 min
Elenco: Antonio de la Torre, Chino Darín, Soledad Villamil
Gênero: Biografia, Drama
Colorido
Nacionalidade: Uruguai/Argentina/Espanha
Idioma: Espanhol
Distribuidor: Vitrine Filmes

Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: 1973, Uruguai. José Mujica (Antonio de la Torre), Mauricio Rosencof (Chino Darín) e Eleuterio Fernández Huidobro (Alfonso Tort) são militantes dos Tupamaros, grupo que luta contra a ditadura militar local. Eles são presos em ações distintas e encarcerados junto a outros nove companheiros, de forma que não possam sequer falar um com o outro. Ao longo dos anos, o trio busca meios de sobreviver não só à tortura, mas também ao encarceramento que fez com que ficassem completamente alheios à sociedade, sem a menor ideia se um dia seriam soltos.

Seguem as informações sobre a sessão da próxima 3ª feira (dia 16/10/2018) as 19:00 na Sala Redenção (Campus Central da UFRGS). Após a projeção do filme haverá um debate conduzido pelo associado Paulo Casa Nova.

Título do filme: "EdWood" (Ed Wood)
Ano de produção: 1994
Data de Lançamento Mundial: 23 de Setembro de 1994 (Festival de Cinema de Nova York)
Direção: Tim Burton
Duração: 127 min
Elenco: Johnny Depp, Martin Landau, Sarah Jessica Parker
Gênero: Comédia Dramática, Fantasia, Biografia
Preto e Branco
Nacionalidade: USA
Idioma: Inglês
Distribuidor: Dinsey / Buena Vista

Sinopse: Um retrato exótico da vida de Ed Wood (Johnny Depp). Focando os relatos nos anos 50, quando o diretor se envolveu com um bando de atores desajustados, incluindo um Bela Lugosi (Martin Landau) em fim de carreira. Durante esta época, ele produziu filmes de péssima qualidade, que o fizeram passar para a história como o pior diretor de todos os tempos. Este é o 2º filme em que o diretor Tim Burton e o ator Johnny Depp trabalharam juntos. Os demais foram Edward Mãos-de-Tesoura (1990), A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999), A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005), A Noiva-Cadáver (2005), Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007) e Alice no País das Maravilhas (2010).

 

da Cinemateca Paulo Amorim

PROGRAMAÇÃO DE 11 a 17 DE OUTUBRO DE 2018

SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES

SALA 1 / PAULO AMORIM

15h – SEM DATA, SEM ASSINATURA

(Bedoune Tarikh, Bedoune Emza - Irã, 2018, 100min). Direção de Vahid Jalilvand, com Navid Mohammadzadeh, Amir Aghaei. Imovision, 12 anos. Drama.

Sinopse: O médico Nariman provoca um acidente com uma moto e um menino de oito anos acaba ferido. Ele se oferece para levar o garoto ao hospital, mas o pai não aceita. A situação se complica no outro dia, quando Nariman fica sabendo que o menino morreu por um motivo que não tem relação com o acidente. O filme foi indicado pelo Irã para disputar o Oscar de filme estrangeiro.

Não haverá exibição no dia 11 (quinta) devido às sessões da Semana da Criança

17h – TROCA DE RAINHAS

(L'Echange des Princesses - França, 2018, 100min). Direção de Marc Dugain, com Lambert Wilson, Olivier Gourmet, Anamaria Vartolome. Pandora Filmes, 14 anos. Drama histórico.

Sinopse: Em 1721, a paz entre os reinos da França e da Espanha foi selada com dois casamentos arranjados entre os jovens herdeiros de cada país. O que mais impressiona é a idade dos noivos: o futuro rei francês Louis XV, de 11 anos, se casou com a princesa Anna Maria Victoria, de apenas 4 anos. Ao mesmo tempo, Louise-Elisabeth d'Orleans, de 12, deixou a França para se casar com Louis, príncipe herdeiro da Espanha e apenas um ano mais novo que ela. O filme integrou o Festival Varilux de Cinema Francês.

19h15 – HARE KRISHNA! O MANTRA, O MOVIMENTO E O SWAMI QUE COMEÇOU TUDO ESTREIA

(Hare Krishna! The Mantra, the Movement and the Swami Who Started It All - EUA, 2017, 90min). Documentário de John Griesser. Cinecolor, 14 anos.

Sinopse: Em meio a agitada década de 1960, o indiano Srila Prabhupada desembarca em Nova York apenas com as roupas do corpo. Aos poucos, ele compartilha com as pessoas sua filosofia de paz e harmonia que ganhou seguidores pelo mundo inteiro - incluindo George Harrison, dos Beatles -, e se transformou em fenômeno cultural. O longa reúne arquivos da época, registros inéditos do protagonista e cenas históricas do movimento da contracultura.

SALA 2 / EDUARDO HIRTZ

15h30 - UMA CASA À BEIRA-MAR

(La Villa - França, 2018, 110min). Direção de Robert Guédiguian, com Ariane Ascaride, Jean-Pierre Darroussin, Gérard Meylan. Imovision, 14 anos. Drama.

Sinopse: O diretor volta seu olhar humanista para a relação entre três irmãos, já maduros. Eles se reencontram na casa onde cresceram, numa praia paradisíaca, para cuidar do velho pai. Enquanto tratam da divisão dos bens e do futuro, percebem que há muitas questões do passado para resolver.

17h30 – KALANGA ESTREIA

(Brasil, 2017, 90min). Direção de Rogério Rodrigues, com Lucca Rocha, Ingra Lyberato e Leonardo Machado. Atama Filmes, Livre. Aventura infantojuvenil.

Sinopse: Vinci é um garoto esperto e cheio de imaginação que mora com a mãe e o avô. Um de seus sonhos é encontrar o pai, que ele nunca conheceu. No seu aniversário de 7 anos, Vinci ganha a primeira bicicleta e resolve sair em busca dos seus desejos. O filme é um dos trabalhos inéditos do ator gaúcho Leonardo Machado, que morreu no dia 28 de setembro, aos 42 anos.

19h30 – A OUTRA MULHER

(Amoreux de ma Femme - França, 2018, 90min). Direção de Daniel Auteuil, com Daniel Auteuil, Gérard Depardieu, Sandrine Kiberlain. Imovision, 12 anos. Comédia dramática.

Sinopse: Daniel Auteuil e Gérard Depardieu, dois grandes nomes do cinema francês, estão juntos nesta comédia focada na crise masculina da meia-idade. O protagonista é Daniel, um homem maduro, bem casado e que leva uma vida tradicional. Mas suas convicções são colocadas à prova quando reencontra Patrick, um amigo de muitos anos, que agora tem uma nova namorada - e muito mais jovem do que ele.

SALA 3 / NORBERTO LUBISCO

15h – VOCÊ NUNCA ESTEVE REALMENTE AQUI

(You Were Never Really Here - Inglaterra/Estados Unidos, 2018, 90min). Direção de Lynne Ramsay, com Joaquin Phoenix, Ekaterina Samsonov. Supo Mungam Filmes, 14 anos. Drama.

Sinopse: Aos 40 anos, Joe é um veterano do exército que vive sem perspectivas. Até que aceita um novo trabalho: perseguir o sequestrador de uma menina de 11 anos. Nesta missão, ele descobre uma conspiração que envolve o tráfico de mulheres. O filme ganhou os prêmios de melhor roteiro e ator (para Phoenix) no Festival de Cannes.

Não haverá sessões na sexta, sábado e domingo (dias 12, 13 e 14 de outubro)

15h – ESPECIAL DIA DA CRIANÇA (Sessão Pais e Filhos)

Entrada franca - Apoio MPLC e locadora E O Vídeo Levou. Sessões dubladas.

12/10 (sexta), 15h – TROLLS, de Mike Mitchell e Walt Dohrn, EUA, 2016, 92min,
13/10 (sábado), 15h - OS SMURFS E A VILA PERDIDA, de Kelly Asbury, EUA, 2016, 90min.
14/10 (domingo), 15h - PEANUTS, O FILME. De Steve Martino, EUA, 2015, 90min.

17h – AS HERDEIRAS

(Las Herederas – Paraguai/Alemanha/França/Brasil, 2018, 100min). Direção de Marcelo Martinessi, com Ana Brun, Margarita Irún, Ana Ivanova. Imovision, 14 anos. Drama.

Sinopse: Companheiras há muitos anos e integrantes da elite paraguaia, Chela e Chiquita resolvem vender alguns bens para complementar a renda. Quando Chiquita vai presa por sonegação, Chela precisa se virar sozinha - e um novo mundo se apresenta para ela, com destaque para a amizade com Angie. O filme foi o vencedor da mostra latina do Festival de Gramado, com os Kikitos de melhor filme, direção, roteiro e atriz.

19h – DJON ÁFRICA (ESTREIA)

(Brasil/Portugal/Cabo Verde, 2017, 95min). Direção de Filipa Reis e João Guerra, com Miguel Moreira e Isabel Cardoso. Sessão Vitrine Petrobras, 14 anos. Drama.

Sinopse: Miguel nasceu e cresceu em Lisboa, sem saber do pai. Mas tem pistas de que ele vive em Cabo Verde e resolve tentar encontrá-lo, embarcando numa viagem de autoconhecimento e de mergulho em uma cultura completamente diferente da sua.

PREÇOS DOS INGRESSOS:

TERÇAS, QUARTAS e QUINTAS-FEIRAS: R$ 12,00 (R$ 6,00 – ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).

SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS, FERIADOS: R$ 14,00 (R$ 7,00 - ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).

CLIENTES DO BANRISUL: 50% DE DESCONTO EM TODAS AS SESSÕES.

ESTUDANTES DEVEM APRESENTAR CARTEIRA DE IDENTIDADE ESTUDANTIL. OUTROS CASOS: CONFORME LEI FEDERAL Nº 12.933/2013.

A MEIA-ENTRADA NÃO É VÁLIDA EM FESTIVAIS, MOSTRAS E PROJETOS QUE TENHAM INGRESSO PROMOCIONAL. OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.

 

Câmara receberá o projeto do Orçamento 2019 nesta segunda


O Palácio Aloísio Filho, sede da Câmara Municipal de Porto Alegre(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

O prefeito em exercício de Porto Alegre, Gustavo Paim, entregará, às 11 horas de segunda-feira (15/10), à Câmara Municipal, o projeto de lei do Orçamento da cidade para 2019. A proposta será recebida pelo presidente da Casa, vereador Valter Nagelstein (MDB), e vereadores no Salão Nobre da Presidência Dilamar Machado, que fica no segundo piso da Câmara, na Avenida Loureiro da Silva, 255.

 

do Miron Neto
Fedoca apoiará Sartori no segundo turno da eleição

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) já abriu o voto para governador no segundo turno: vai de José Ivo Sartori (MDB).
Além de possuir uma boa relação com o atual governador, Fedoca tem o MDB como principal aliado de governo.
Desapropriação do hospital está cada vez mais próxima

Se não houver acordo com um grupo interessado na compra, o Hospital São Miguel deverá ser desapropriado pelo município. Essa possibilidade aumentou nas últimas semanas, pois seria uma forma do município reaver os R$ 6 milhões que já emprestou para a administração judicial, fazendo com que o grupo que assumir a gestão não tenha um desembolso maior.
"Se não houver uma negociação com um grupo interessado, o caminho será despropriar, transferindo para uma empresa idônea a gestão", afirmou o secretário da Saúde João Teixeira (MDB), em entrevista à Gramado TV.
Obra tornará menos perigoso trânsito no Três Pinheiros

Os secretários de Trânsito Luiz Quevedo e a secretária de Governança Simone Bender (MDB) estiveram reunidos, segunda-feira (8), com a diretoria da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). A pauta principal do encontro com o presidente da EGR, Nelson Lídio Nunes, com o diretor técnico Milton Cypel e com a gerente de Engenharia Aline Severo Martins foi a obra de alargamento da RS-235 no bairro Três Pinheiros, de maneira a eliminar as interferências dos fluxos das ruas Miguel Tissot e Caldas Júnior com a RS-115, através da condução das correntes de tráfego para a rótula da avenida Perimetral, melhorando assim o trânsito no local e o acesso ao bairro. Essa é uma antiga demanda do Ministério Público de Gramado, ainda no governo Nestor Tissot (PP), quando a rua Miguel Tissot foi asfaltada.
No encontro, os secretários foram informados de que a proposta da empresa vencedora para a obra foi de R$ 1,02 milhão e que o processo está em fase de habilitação. Após o processo licitatório, a obra poderá receber ordem de início.

Rodovia Gramado/Canela poderá ter retorno espera zero

Outra demanda solicitada pelos secretários Luiz Quevedo e Simone Bender (MDB) à EGR durante a agenda em Porto Alegre foi o estudo de implantação de uma futura rótula no km 36 da RS-235 próximo à concessionária Fiat Sul Peças, para que os motoristas possam fazer o retorno sem necessidade de atravessar as pistas, o que é chamado retorno espera zero, garantindo menor risco de acidentes.
A possibilidade de instalação de refúgio central, após estudos técnicos, e o reforço da sinalização no km 24 da RS-235, na Linha Araripe, também foram medidas apresentadas pela EGR para melhorar a segurança no trecho.
Outra intervenção importante que irá atender aos moradores da Várzea Grande e da Vila do Sol está sendo estudada. Pelas tratativas, será um projeto com sistema binário, na RS-115, que já está sendo elaborado pelo consórcio STE, contratado pela EGR.
Município projeta receita de R$ 248,2 milhões em 2019

O projeto do Executivo que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da lei orçamentária para o exercício de 2019 foi aprovado, segunda-feira (08), pela Câmara de Vereadores. De acordo com o projeto, a receita do município para 2019 está estimada em R$ 248,2 milhões. Desse valor, R$ 215,9 milhões seriam do Executivo e R$ 32,2 milhões da GramadoTur.
Os gastos com pessoal no Executivo estão estimados em R$ 118,8 milhões, representando 51,2% do orçamento total, próximo dos 54% permitidos por lei.
Bairro Piratini ganhará quadra poliesportiva e academia

Foi publicado segunda-feira (8) o edital para as obras do Complexo Esportivo Ernesto Volk, o Ernestão, localizado no bairro Piratini. O projeto terá recursos federais para a construção de uma quadra poliesportiva e uma pista de caminhada que já começam a ser licitadas. Em breve, também haverá outra licitação de recursos estaduais para uma academia da terceira idade. Além disso, com recursos próprios, a administração já fez uma pracinha e a reforma do prédio onde fica a arquibancada, que está 90% concluído.
A secretária de Governança Simone Bender (MDB) estima que as obras custarão R$ 547,5 mil.
Natal Luz terá investimento de R$ 25 milhões este ano

Foi lançada quarta-feira (10) a 33ª edição do Natal Luz que acontece de 25 de outubro a 13 de janeiro de 2019 com novidades e muitas atrações entre grandes shows, espetáculos musicais, desfiles, paradas, concertos, teatro e música em mais de 500 apresentações.
Com investimentos de R$ 25 milhões feitos pela GramadoTur em estrutura, decoração e contratação das atrações, o evento terá a direção artística de Edson Erdmann, que pretende atrair a participação empolgada do público, reunindo a família e proporcionando alegria e diversão dignas do legítimo espírito natalino. Ou como destacou Erdmann, “a emoção irá conduzir as histórias que vamos contar e cantar". Para o Presidente da autarquia municipal de turismo, Edson Néspolo, “o Natal Luz de Gramado proporciona sonhar acordado e voltar a ter sentimentos que há muito tempo estavam escondidos dentro do coração”. Néspolo destacou ainda a importância do Natal Luz em âmbito nacional e internacional e ratificou o objetivo de fazer uma das maiores edições do Natal Luz de Gramado.

Novo pavilhão do Expo será palco do Natal Pelo Mundo

O Natal Luz deste ano terá quatro grandes espetáculos: Reencontros de Natal, Natal Pelo Mundo, Grande Desfile de Natal e o Show de Acendimento, sendo que três deles são pagos. O Show de Acendimento, diariamente em frente o Palácio dos Festivais, está entre as centenas de atrações gratuitas que o evento oferece ao público que visita Gramado nos 81 dias de evento.
Sempre buscando resgatar a verdadeira magia do Natal, a programação do evento oferece também uma extensa programação gratuita. “Investimos bem mais este ano nas atrações gratuitas entre decoração e shows, queremos que o nosso público possa também assistir espetáculos de nível sem pagar nada”, afirma Edson Néspolo, presidente da GramadoTur. Entre os espetáculos gratuitos, estão a Parada de Natal, Vila de Natal, Tannembaumfest, Árvore Cantante e shows da Rua Coberta.
Outra novidade anunciada foi a realização do espetáculo Natal Pelo Mundo em um novo local. “Estamos concluindo o terceiro Pavilhão da ExpoGramado, serão 4,5 mil metros quadrados com excelente estrutura,e um investimento de R$ 4 milhões”, relatou Edson Néspolo.

33º Natal Luz já contabiliza venda de 80 mil ingressos

Faltando duas semanas para iniciar o evento a organização confirma a marca de 80 mil ingressos vendidos. “Superamos R$ 10 milhões de arrecadação, só de bilheteria” disse o presidente da GramadoTur, Edson Néspolo.
No ano passado foram comercializados cerca de 210 mil ingressos, o que gerou uma arrecadação de aproximadamente R$ 25 milhões em bilheteria. A expectativa, segundo Néspolo, é que os números sejam superados este ano.
Secretaria de Educação vai exigir atestado de vacinação

Com o objetivo de aumentar a cobertura vacinal em Gramado, a Secretaria da Educação passou a exigir Atestado de Vacinação nas matrículas e rematrículas de todas as crianças e adolescentes que ingressarem ou estejam estudando na educação infantil e no ensino fundamental da rede de ensino. As inscrições iniciaram na última segunda-feira (8) e seguem até o dia 31.
Com isso, a Secretaria da Saúde busca manter a meta do município, vacinando mais de 95% da população alvo, evitando assim que a comunidade esteja vulnerável a doenças trazidas de outros locais.
Castelo Saint Andrews anuncia novo gerente geral

O Castelo Saint Andrews Gramado, hotel seis estrelas da GJP Hotels & Resorts, e membro da seleta chancela de hotéis Relais Châteaux, acaba de anunciar a contratação do novo gerente geral da unidade, Ricardo Bedani. Formado em Administração de Empresas com MBA em Negócios Internacionais e Comércio Exterior, o profissional acumula mais de 25 anos de experiência em gestão e hotelaria.
Bedani tem passagens em multinacionais e importantes empresas do setor de negócios, hotelaria de luxo, hospitalidade e operações de hospedagem, tais como Walmart, rede GJP Hotels & Resorts, Chocolates Caracol e Kur Cosméticos.

Lendas do rock gaúcho se apresentam no Rasen Platz

No mês mais alemão do ano, o Rasen Platz promove a primeira edição do Oktober Rock Fest. Trata-se da festa perfeita unindo a tradição, a música e o chope gelado. O evento acontece nesta sexta-feira (12) – a partir das 15h - no privilegiado endereço da Rua Coberta, devidamente embalado pelo rock’n’roll, em meio a jogos germânicos, chope em metro, danças folclóricas e a gastronomia típica.
A festança será animada pela banda “As velhas da Chalaça”, capitaneada por Rafael Malenotti, vocalista do Acústicos e Valvulados, que receberão as ilustres presenças de autoridades da cena musical como Fabrício Beck, vocalista da Vera Loca, Alemão Ronaldo, lenda viva do Taranatiriça e Bandaliera, e Carlinhos Carneiro, vocalista da Bidê ou Balde, para uma noite de muito Rock Gaúcho.

 

Prefeitura quita pagamento da folha nesta segunda-feira

A Prefeitura de Porto Alegre integralizará, nesta segunda-feira, 15, o pagamento da folha do funcionalismo do mês de setembro. Será realizado depósito do saldo restante da folha, o que corresponde a 26% das matrículas (8.167) que ainda restavam ser pagas. Os valores totalizam R$ 22,8 milhões.

A Secretaria Municipal da Fazenda confirmou o ingresso de receitas, em especial do ISS, no início da tarde desta quinta-feira, 11. Devido ao feriado desta sexta-feira, 12, o sistema de processamento dos arquivos só concluirá o depósito nas contas dos servidores na segunda-feira, 15, pela manhã. “Priorizamos o pagamento dos servidores dentro do menor prazo possível”, disse o secretário Leonardo Busatto.

Folha de setembro – O total da folha líquida do mês de setembro ficou em R$ 132,6 milhões e corresponde a 31.166 matrículas de servidores. A primeira parcela, no valor de R$ 1.560, foi depositada em 28 de setembro e integralizou os salários de 21% dos servidores (6.646 matrículas). O pagamento foi realizado com receitas próprias da prefeitura e com a antecipação do repasse de R$ 15 milhões pela Câmara Municipal.

A segunda parcela da folha foi paga em 1º de outubro, no valor de R$ 1.150, atingindo 39% dos servidores (12.086 matrículas). Os valores correspondem a R$ 25 milhões. A maior parte é proveniente da antecipação de receita do convênio entre a prefeitura e o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae).

A terceira parcela da folha do funcionalismo, depositada em 3 de outubro, no valor de R$ 700, integralizou os salários de 49% dos servidores (15.218 matrículas). Os valores correspondem a R$ 12 milhões e foram pagos com receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A quarta parcela foi depositada em 10 de outubro, no valor de R$ 2.350, integralizando os salários de 74% dos servidores (22.999 matrículas). Os valores correspondem a R$ 27,6 milhões e são provenientes do ingresso de receitas do ICMS e IPTU.


11 de outubro de 2018

Arri Coser

: ' a terceira onda das churrascarias'

Com 685 empregados, eleitor de Henrique Meirelles, nascido em 20 de março de 1962, o empresário Arri Coser está anunciando a terceira ' onda' nas churrascarias:
- a primeira(onda)foram as churrascarias primárias, a segunda(onda) foram os rodízios onde se ia pra comer e a terceira (onda) a atual é do silencio dentro de churrascarias, onde se fazem negócios ou romances, disse hoje na Federasul durante coletiva um dos empresários mais respeitados do setor.

Arri que já foi dono da Fogo de Chão -vendeu o controle em 2012 por 320 milhões de dólares segundo dados do mercado - tem mais tempo livre mas ainda tem seis churrascarias que controla. a NB Steak. Três delas em São Paulo, duas em Porto Alegre e uma em Florianópolis. tem ainda uma cadeia de lojas de pizza e tratoria.
Arri - cujo nome segundo ele foi um erro gráfico no cartório de Encantado onde nasceu( interior) - costuma viajar pelo mundo duas vezes por ano aos USA ou a Europa. Agora esteve em Praga onde conheceu um restaurante de 1499 pra tomar cerveja.

-Lá a cerveja é mais barata que a água,contou ele.

E a cerveja é uma das melhores do mundo.

Arri elogiou churrascarias antigas e tradicionais de Porto Alegre como o Barranco, a komka,a Sto Antônio.

- São instituições que precisam ser preservadas, comentou.

Arri esteve na Federasul dentro do programa Tá na Mesa.

Seu staff conta com 685 empregados, mas 30 deles estão há mais de 20 anos com ele.

A churrascaria de terceira onda tem a preocupação de economizar água por exemplo.

- A água é um bem finito, comentou o empresário.

Anualmente são lavados 1,5 milhão de pratos em seus estabelecimentos.
É preciso economizar água, diz Arri.

 

do Espaço Vital

Legitimidade da esposa para queixa-crime contra autor de postagem que sugere relação extraconjugal homossexual do marido dela

Bazófia política-conjugal

A 1ª Turma do STF, em sessão realizada na terça-feira (9), decidiu dar prosseguimento à queixa-crime por injúria apresentada por Sámya Rocha, esposa do deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA), contra o senador Roberto Rocha (PSDB-MA). Segundo os autos, Sámya se sentiu ofendida em razão de uma publicação feita pelo senador no Twitter, insinuando a existência de uma relação amorosa homoafetiva entre o parlamentar federal Weverton e o presidente do PDT, Carlos Lupi.

Por maioria de votos, os ministros entenderam que, apesar de a suposta ofensa ter sido dirigida ao deputado, sua mulher tem legitimidade para propor a ação penal, pois pode ter sido ofendida de forma reflexa.

Em postagem no Twitter, o senador Roberto Rocha afirmou: “Não entendo o motivo dos constantes ataques que me fazem os pedetistas Lupi e Weverton. Logo eu que sempre torci pela felicidade do casal”.

Para Sámya, esposa de Weverton, o senador agiu no intuito de atingir a honra e a reputação do deputado e também a imagem pública de sua relação conjugal. Ela afirma ainda que “o senador, ao insinuar a existência de um relacionamento extraconjugal de meu marido, manifestou um pensamento que ofende a imagem que ela tem de si, chamando-me de mulher traída”.

O agravo regimental foi interposto por Sámya Rocha contra a decisão do relator, ministro Luiz Fux, que havia determinado o arquivamento do caso judicial. Na sessão de terça, Fux votou pelo desprovimento do agravo, mantendo sua decisão. Segundo ele, “como a suposta ofensa foi dirigida ao deputado federal, apenas ele teria legitimidade para oferecer a queixa-crime”.

Seu entendimento foi acompanhado pelo ministro Roberto Barroso, que também entendeu não haver legitimidade da esposa, pois não teria havido intenção de ofendê-la. Para Barroso, a intenção do senador seria a de ofender o deputado, sem mencionar a mulher.

O ministro Marco Aurélio abriu a divergência, dando provimento ao agravo para que a tramitação da queixa-crime tenha prosseguimento: “A afirmação do senador, caso comprovado o dolo, pode configurar injúria reflexa à honra da mulher do deputado federal, conferindo a ela legitimidade ativa para propor a ação penal”.

Os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber acompanharam a divergência, coincidindo na conclusão: “Independentemente do gênero, a cônjuge mulher tem legitimidade ativa para apresentar queixa-crime quando uma conduta imputada a seu parceiro faça com que a pessoa se sinta ofendida”. (PET nº 7417).

Um presente irônico que resultou em condenação judicial

Arte de Camila Adamoli

A 9ª Câmara Cível do TJRS condenou uma psicóloga porto-alegrense, 72 de idade atual, a reparar moralmente o recepcionista de uma academia de ginástica – que funciona anexa a um clube social da capital. A indenização será de R$ 4 mil.

O caso de apontada homofobia – decidido na esfera cível há poucos dias - ocorreu há quatro anos, quando o funcionário informou a aluna, na época com 68 anos, que – conforme determinação dos proprietários da academia - ela não poderia realizar o exercício "glúteo quatro apoios" em frente à porta de entrada da academia, por atrapalhar o acesso dos demais clientes.

A intenção da frequentadora era a utilização da porta de vidro como espelho. Obstada no intento, a psicóloga reclamou e se retirou.

Na semana seguinte, ela retornou com uma caixa embrulhada para presente. No interior, havia um par de sapatos de salto alto na cor rosa choque. Junto, um cartão: "Isto é para o secretário não desaparecer atrás do balcão".

Na contestação, a psicóloga alegou desconhecer se o autor é heterossexual ou homossexual e que jamais se interessou em saber. Garantiu nunca ter feito distinção entre "pessoas intersexuais", e que não tem restrições contra ninguém, "pois trabalha com público".

Procurou justificar também que o motivo de ter dado o presente: "o recepcionista da academia tem baixa estatura, o que facilita para se esconder agachado atrás do balcão, não dando atenção às reclamações".

Tanto a sentença, como o acórdão, reconheceram a prática de homofobia, com a exposição injustificada do trabalhador perante terceiros que estavam presentes no ambiente da academia, quando o pacote com o presente foi aberto.

O advogado José Valdeci Freitas da Silva atua em nome do autor da ação. Não há trânsito em julgado, nem segredo de justiça. O acórdão está disponível no saite do TJRS. (Proc. nº 70077936235).

 

Guarda Municipal captura três foragidos nesta quarta-feira

A Operação Jaguar, deflagrada pela Guarda Municipal, capturou mais três foragidos do sistema prisional na madrugada desta quarta-feira, 10. “Essas ações seguem a orientação do prefeito Nelson Marchezan Júnior para devolver a sensação de segurança aos porto-alegrenses”, diz a secretária municipal de Segurança, Claudia Cristina Santos da Rocha. Embora garantir policiamento não seja competência do Município, Marchezan destaca o papel fundamental da Guarda Municipal na proteção a sociedade.

Desde o início da operação, em 28 de setembro, 313 pessoas foram abordadas. Para a realização das ações noturnas, os 30 agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) contam com o apoio da Guarda Municipal, que acompanha a operação do Centro Integrado de Comando de Porto Alegre (Ceic) e do Departamento de Comando e Controle Integrado do Estado (DCCI). A ação prioriza áreas como praças, parques, viadutos e terrenos na zona central da Capital. “As equipes atuaram de forma impositiva e em pontos estratégicos no entorno da área central”, informa o coordenador da Romu, Glauber Zílio.

Balanço - Este ano, a Romu contabiliza 37 operações. Desde março de 2017, o grupo operacional já realizou 454 ações integradas com órgãos estaduais e federais, além de 228 ações com diferentes secretarias municipais.


10 de outubro de 2018

Apoio

Uma grande cadeia supermercadista gaúcha ' teria' feito campanha junto aos seus funcionários pra um dos candidatos que está no segundo turno na campanha presidencial.

 

Correção:

O termo correto é acachapante...não como escrevi. (Olides)

 

Passeios no Cisne Branco!

Dos leitores...

De: "mariza schmitt de queiroz queiroz"
Enviada: 2018/10/09 17:44:21
Boa Tarde. O fitness(não posso dizer jornal, nem encarte, nem panfleto.....), seria um informativo? do mês de setembro 2018, trás na pagina frente uma reportagem sobre o barco Cisne branco.Porem bem incompleta não há ali um telefone para informações,nem estão citados os horários para os passeios, muito menos os valores cobrados e se oferece, por exemplo, restaurante a bordo e que tipo de cardápio servem?
Depois de levar um grande calote em locação do meu ap.ZN (Cristo redentor) via imobiliária em Porto Alegre, parti para outro tipo de rendimentos. Locação por temporada, mínimo 4 diárias. Este é o motivo para varias indagações,levo meus hospedes à passear, conhecer a cidade, os que tiram um tempinho do trabalho e possuem poder aquisitivo p/ jantar almoçar etc.!.
Aguardo retorno. Obrigada!
Mariza.

 

do Miron Neto

Candidatos gramadenses oscilam entre 185 a 8.318 votos

Nunca Gramado teve tantos candidatos a deputado estadual e federal. No total, foram dois candidatos à Assembleia Legislativa e dois à Câmara dos Deputados, representando quatro partidos diferentes. Nenhum deles se elegeu e sequer estiveram próximos de uma cadeira.
Para a Assembleia Legislativa, o líder sindical Rodrigo Callais (PCdoB) teve um total de 1.463 votos. Janaína Poletti, do PV, teve apenas 185 sufrágios.
Para a Câmara dos Deputados, Bianca Bertolucci (PDT) teve 8.318 votos, enquanto Tiago Procópio chegou a 7.891 sufrágios.
Prefeitura esclarece sobre compensação de final de ano

A Prefeitura de Gramado ampliou as informações sobre a compensação pelo ponto facultativo nos dias 24, 26, 27, 28 e 31 de dezembro. A compensação em quatro sábados será para todos servidores, exceto aqueles lotados em serviços considerados essenciais à população, como orientadores e agentes de trânsito, fiscalização de posturas, gestão de resíduos, transporte de pacientes, limpeza urbana, abastecimento de água, bem como os servidores da Casa Abrigo e aqueles que atuam nos pórticos e na central de informações.
Outros estarão de sobreaviso, como é o caso dos servidores que atuam na manutenção das estradas do interior, no horto municipal, em ações de saneamento, roçada e pavimentação. E, outros, em regime de plantão, como, a fiscalização de obras, posturas e publicidade.
Os servidores que participarão do ponto facultativo, exceto Educação, Agricultura e Obras, recuperarão esses dias de acordo com sua carga horária. Os trabalhadores que cumprem 40 horas semanais terão que cumprir quatro sábados de trabalho, nos dias 6 e 20 de outubro e 10 e 24 de novembro. Já os que cumprem 30 horas semanais não trabalharam neste sábado (6), e iniciarão a compensação no dia 20.

 

do Espaço Vital

Simulação de casamento: o caso do sobrinho (19 de idade) que formalmente casou com uma tia-avó (84 de idade) para, quando ela falecesse, embolsar uma pensão de R$ 6.584 mensais

A Justiça Federal de Minas Gerais suspendeu, na sexta-feira (5), o pagamento da pensão de R$ 6.584,00 que um aquinhoado homem, 29 de idade, recebia há um mês. Em 2009, aos 19 de idade, documentalmente ele se casou com uma tia-avó que era servidora aposentada da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Experiente, a experiente noiva tinha 84 de idade – e morreu em julho deste ano, aos 93. No Facebook, o sobrinho sortudo não revelava a união, mas postava fotos e relatos de viagens ao exterior e presença em baladas, cercado de jovens.

O requerimento de pensão ao INSS foi feito pela mãe do aquinhoado, funcionária do órgão. Como a média de vida do brasileiro é de 76 anos, a Advocacia Geral da União estimou que o benefício renderia R$ 4.022.824,00 ao felizardo sobrinho. O pagamento foi suspenso e terá outros desdobramentos para mãe e filho.

Na decisão, o magistrado da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG) reconheceu que as fotos nas redes sociais demostravam a “típica vida de solteiro” e a “gritante diferença de idade”, confirmando, portanto, a simulação do casamento para “obtenção fraudulenta de benefícios previdenciários”. (Proc. nº 1008486-05.2018.4.01.3801).

“Sempre se fez assim”

Por Adroaldo Furtado Fabrício, advogado, jurista e ex-presidente do TJRS.

Ora, direis, quem lê editais forenses? Mas essa é a pergunta errada. A exata é: quem pode ler os editais?

A ideia por trás deles é a de que tudo o que se faz, inclusive no processo judicial, tem sentido e escopo. Para que a ficção legal de ciência de todos seja pelo menos razoável, é imprescindível que todos os possam ler: quanto mais fictício seja o resultado, maior o rigor formal a ser observado, sobretudo quando se pensa nos duríssimos efeitos da revelia.

A observação vem a propósito da ilegibilidade prática dos editos processuais sem o uso de lupa. O onipresente e sempre dominante interesse econômico sobrepuja qualquer outro. As letrinhas cada vez menores mais ocultam do que divulgam a informação.

Outra anotação: custava, após a epígrafe “edital de citação” (ou o que seja), indicar desde logo e com o destaque do cabeçalho o nome do destinatário?

Quando fui juiz, em uma vida passada, tentei introduzir em meus editos essas modificações simples, mas fui vencido (como em outros pontos) pela rotina cartorária. Mal eu dava as costas, voltavam os burocratas às suas confortáveis práticas antigas. (Sempre houve exceções: rendo homenagem aqui aos irmãos Diehl de Araújo, do 1º Cartório Cível, sempre atentos a boas sugestões aperfeiçoadoras).

A proverbial indiferença dos burocratas empedernidos aos fins dos atos de seu ofício, sua férrea resistência a toda inovação (preguiça, no fundo, porque modificar é sempre mais trabalhoso do que repetir) impediam e impedem a introdução de alterações, mesmo as simplíssimas, mas talvez de grande efeito nas praxes forenses.

Procure o leitor um processo bem antigo (eu tenho um de 1874) e lá vai encontrar termos, linguajar e formato geral exatamente iguais aos de hoje. A diferença é apenas do manuscrito para o mecanografado. (Lembro Eduardo Couture: a maior inovação no sistema processual foi a introdução da máquina de escrever).

O legislador do processo (também ele, admitamos, neófobo e rotineiro) por vezes tenta sair do ramerrão e criar algo novo. Mas, quando tal é o caso, a lei esbarra nas praxes estratificadas, frustrando-a em seus escassos ensaios de renovação. Será, pois, necessário escrever em texto normativo (e torcer por seu cumprimento) que a epígrafe da publicação conterá o nome de pelo menos um dos destinatários (acrescido, sendo o caso, do clássico “e outros”).

Essas modestíssimas alterações no modelo tradicional por certo haveriam de melhorar a qualidade dos atos processuais de comunicação. Mas, se for demasia mesmo essa modesta inovação, que pelo menos se oriente o cartório a conferir a tipologia empregada para assegurar, no mínimo, um arremedo aceitável de publicidade. E de atenção, no mínimo, ao princípio da utilidade dos atos processuais.

O caso dos editais é apenas um exemplo. Algumas pequenas modificações de comportamento funcional, de custo zero e fácil execução, podem ser mais importantes para a efetividade e celeridade do processo do que grandes e custosas reformas estruturais ou legislativas. Nessa senda, só há uma batalha difícil: vencer o imobilismo comodista e a cultura do “sempre se fez assim”.

Não é necessário nenhum esforço hercúleo. Casos há em que nada mais é preciso do que parar e pensar, com um lembrete igualmente simples: tudo o que se faz, inclusive no processo, tem um motivo e uma finalidade.

 

Cofinanciamento visa a atender idosos de extrema vulnerabilidade

Sensível à política que garanta o atendimento ao idoso de extrema vulnerabilidade em instituições de longa permanência, a Prefeitura de Porto Alegre apresentou ao Conselho Municipal do Idoso (Comui) uma proposta de cofinanciamento. Por 11 votos a favor e duas abstenções, a proposta foi aprovada na tarde desta terça-feira, 9, na reunião plenária do Comui. O proposto são 54 metas, 38 já existentes e 16 novas com investimento total de R$ 1.684.800, sendo o repasse de 50% do Tesouro Municipal via Fundo Municipal do Idoso (Fumid) e 50% direto do Fumid.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, Denise Russo, que coordenou a apresentação, destaca a importância do resultado. “Este é um avanço para o acolhimento do idoso grau 3, o mais vulnerável no atendimento da política pública para os idosos. Além disso, possibilitou a maior aproximação do Executivo Municipal com o Comui, no encaminhamento e compromisso claro de compartilhamento na execução deste cofinanciamento”, afirma. O idoso de grau 3 requer cuidados específicos e, na maior parte das vezes, em Instituições de Longa Permanência (ILP), que dependem de auxílio de doações e de repasses do poder público para atuarem.

A presidente do Comui, Leci Soares Matos, analisa como uma nova etapa no encaminhamento da questão. “Só o fato de termos a presença de uma secretária municipal no debate nos assegura uma nova caminhada, especialmente para as entidades mais necessitadas. Nos dá a garantia de seriedade que vai satisfazer a todos os envolvidos. Também podemos iniciar as tratativas para a futura ampliação da metas propostas”, enfatiza.

A Lei Federal nº 10.741/2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso, prevê a obrigação do poder público, da família, da comunidade e da sociedade de assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação de seus direitos.

 

Prefeitura paga nova parcela da folha nesta quarta-feira

A Prefeitura de Porto Alegre deposita nova parcela da folha do funcionalismo municipal nesta quarta-feira, 10, no valor de R$ 2.350. Serão integralizados os salários de 74% dos servidores (22.999 matrículas). Os valores correspondem a R$ 27,6 milhões e são provenientes do ingresso de receitas do ICMS e IPTU.

No total, já foram pagos R$ 3.410. Somando-se os R$ 2.350 desta quarta parcela, o valor chega a R$ 5.760. O secretário municipal da Fazenda, Leonardo Busatto, afirma que está mantido o prazo de até 17 de outubro para quitação do saldo restante da folha de setembro, no valor de R$ 22,8 milhões, necessário para integralizar 26% das matrículas.

Folha de setembro – O total da folha líquida do mês de setembro ficou em R$ 132,6 milhões e corresponde a 31.166 matrículas de servidores. A primeira parcela, no valor de R$ 1.560, foi depositada em 28 de setembro e integralizou os salários de 21% dos servidores (6.646 matrículas). O pagamento foi realizado com receitas próprias da prefeitura e com a antecipação do repasse de R$ 15 milhões pela Câmara Municipal.

A segunda parcela da folha foi paga em 1º de outubro, no valor de R$ 1.150, atingindo 39% dos servidores (12.086 matrículas). Os valores correspondem a R$ 25 milhões. A maior parte é proveniente da antecipação de receita do convênio entre a prefeitura e o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae).

A terceira parcela da folha do funcionalismo, depositada em 3 de outubro, no valor de R$ 700, integralizou os salários de 49% dos servidores (15.218 matrículas). Os valores correspondem a R$ 12 milhões e foram pagos com receitas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).


9 de outubro de 2018

BRASIL, siga a DIREITA....

nem o PT esperava um resultado tão acapachante....

Ir ao segundo turno foi um premio de consolação, mas é uma morte anunciada....

Um amigo me disse esta manhã que o Bolsonaro vai repetir Jânio. ...

Imprevisível....

Por via das dúvidas, vou atualizar meu passaporte italiano, que tá vencido....

Ng sabe o que vem pela frente....

A política no Brasil deixou de ser feita por advogados,médicos,coronéis de todo tipo. Agora são quepes e gente de igrejas, com todo o respeito....que elas merecem...

Pra mim, á eleição de domingo foi a continuidade dos protestos de 2013 pra cá....olhem a votação da musa do impeachment, a janaina paschoal que diz tudo(OC)

BAIXO ASTRAL NA URGS

ANDEI PELO CAMPUS CENTRAL DA URGS ESTA TARDE, O DAY AFTER DO TSUNAMI BOLSONARO. TÁ TUDO BOROCOXÓ....

tB PUDERA.....!

ainda bem que aproveitei todos os filmes sobre a ditadura que passaram no cinema da URGS nos últimos anos. agora isto não seria mais possível.

da eleição

1.
Esta eleição é a continuação do impeachment da presidente Dilma

2.
As pedras vão agora se reacomodar.

3

O povo mudou de lado? Eu acho que o povo é sempre sábio.

 

GRUPO GAMP

TÁ ANUNCIANDO NA GAUCHA. VAI LEVAR O SIMERS. KKKKKK

 

de serafina

Seria ' grave' a situação da saúde da prefeita Meia Arroque

aqui ganhou Bolsonaro e pra Gov foi meio a meio

 

do Pioneiro

Memória: Copa Rio Grande do Sul em 1948

Roteiro incluiu cidades da Serra como Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha e Guaporé

Memória: Copa Rio Grande do Sul em 1948 Acervo pessoal / divulgação/divulgação
A carretera Nº 14, um Ford V8,1940, desfila em Passo Fundo, com o vencedor da Copa Rio Grande do Sul, Alcidio Schroeder, sentado na capota, durante a carreata comemorativa em setembro de 1948

Rodrigo Lopes

Em 26 de setembro de 1948, às vésperas do então semanário O Pioneiro chegar pela primeira vez às bancas, em 4 de novembro, Caxias do Sul e diversas cidades da Serra integraram o roteiro da lendária Copa Rio Grande do Sul. Promovida pelo antigo jornal Diário de Notícias e patrocinada pelo Banco Agrícola Mercantil S.A., foi a maior prova nas estradas gaúchas, com 824 quilômetros a serem percorridos e participação de 28 carros — a largada foi dada pelo governador Valter Jobim na Avenida Farrapos, em Porto Alegre.

A lamentar o gravíssimo acidente ocorrido com a carretera Ford V8, número 30, pilotada por Antonio Fanini Filho, de Guaporé, um dos últimos carros a partir e que, ao chegar na fechada curva no fim da Avenida Farrapos, atropelou muitos assistentes: quatro morreram no local e 40 ficaram feridos. Como quase todos os carros já haviam passado e sem comunicação com os pilotos, a prova não foi suspensa.

As etapas

A primeira etapa aconteceu em Porto Alegre, São Leopoldo, Nova Petrópolis, Caxias, vacaria, Lagoa Vermelha e Passo Fundo, onde os carros dos competidores foram abastecidos. Esse primeiro trecho foi vencido por Ernesto Ranzolin (com o Ford V8, 1947, número 10), de Antônio Prado, mas radicado em Lages (Santa Catarina). Ranzolin teve marcação cerrada de Alcidio Schroeder (Ford V8, 1940, número 14), o Leão da Serra, que representava Passo Fundo e chegou em segundo lugar.

No trecho final – Passo Fundo, Marau, Casca, Guaporé, Bento Gonçalves, Farroupilha, Feliz, São Sebastião do Caí e Porto Alegre — as posições se inverteram: Alcidio chegou na frente, e Ranzolin, em segundo. Na soma dos tempos, Alcidio Schroeder levou os louros da vitória.

No intervalo, na parada em Passo Fundo, Alcidio teria dito que a corrida seria vencida por ele: "Conheço o trajeto como a palma da minha mão". Tinha razão e sabia o que falava, afinal, era motorista de ônibus e fazia constantemente a linha Passo Fundo-Porto Alegre.

Informações desta página foram publicadas originalmente na coluna Almanaque Gaúcho, do colega Ricardo Chaves, de Zero Hora.
A Copa Rio Grande do Sul, em 26 de setembro de 1948Foto: Acevo pessoal de Nelson Rocha / divulgação
A carretera Nº 14, um Ford V8,1940, de Alcidio Schroeder cruza a faixa de chegada, na Avenida Farrapos, em 1º lugar, no dia 26 de setembro de 1948Foto: Acervo pessoal / divulgação
O piloto vencedor Alcidio Schroeder, torcedor colorado, mostra o distintivo do Inter na grade de seu carroFoto: Acervo pessoal / divulgação

Aristides Bertuol

Entre os pilotos da Copa Rio Grande do Sul esteve Aristides Bertuol, de Bento Gonçalves, que disputou a prova com seu primeiro carro de competições, um Chevrolet Sedanete 1948. Parte dessa história foi recordada pelos autores Fabiano Mazzotti e Gilberto Mejolaro no livro Aristides Bertuol - O Piloto da Carretera Nº 4, lançado em 2016. Conforme os autores, Bertuol abandonou o percurso logo no início, em Esteio, por razões desconhecidas. Com esse carro, Bertuol disputaria outras cinco provas.

— A Copa Rio Grande do Sul, em 1948, contribuiu para que as estradas do Rio Grande do Sul fossem conhecidas por outras regiões. O governo do Estado utilizava as estradas como divulgação dessa malha rodoviária, e os meios de comunicação faziam uso dessas corridas para se aproximar da população. Várias rádios e jornais tinham provas com seus nomes — completa.

Hospital Santa Ana abre novos leitos de retaguarda clínica
O Hospital Santa Ana passou a operar 50 novos leitos de retaguarda clínica e cuidados intermediários. Com a abertura dos novos espaços, a instituição hospitalar passa a contar com 78 leitos em operação. Fruto de parceria entre a prefeitura e a Associação Educadora São Carlos (Aesc), mantenedora do Hospital Mãe de Deus, o Santa Ana contará com 205 leitos e tem por objetivo servir de retaguarda a hospitais com atendimento de alta complexidade.

No início da tarde desta segunda-feira, 8, o primeiro paciente chegou à ala de cuidados intermediários e retaguarda clínica, vindo do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul. “As internações respeitam protocolos de encaminhamento pré-definidos e aplicados pelo complexo regulador”, define o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim. Ainda conforme o titular da pasta, a ação irá liberar leitos de hospitais de alta complexidade para que procedimentos sejam realizados. “Significa colocar o paciente certo, no local certo e na hora certa”, destaca.

O Hospital Santa Ana é um hospital geral de média complexidade. Sua atividade atende às premissas da Política Nacional de Atenção Hospitalar. A instituição prevê assistência integrada aos pontos de atenção da Rede de Assistência à Saúde com o objetivo de garantir a resolutividade da atenção e a continuidade do cuidado. "É um caminho de racionalidade de todo sistema. É uma parceria em nome do interesse público para atingir o maior número de pessoas", salienta o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A expectativa é que até o início de novembro deste ano esteja em funcionamento pleno. No total serão 56 leitos de saúde mental, 56 leitos de longa permanência, 83 leitos clínicos e 10 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com a nova unidade calcula-se 680 internações mensais, 1.775 consultas em reabilitação, 1.377 exames ambulatoriais e mais de 500 colaboradores diretos, além de 150 indiretos.

O acesso ao hospital será 100% Sistema Único de Saúde (SUS) e regulado pela central de leitos. Não haverá emergência no local, todos os pacientes serão encaminhados via ambulância. A diretriz mais importante do hospital Santa Ana será a assistência a pacientes que necessitam cuidados prolongados. A expectativa da SMS é de que o hospital ofereça cerca de 600 novas vagas em hospitais gerais de alta complexidade ao mês, com a transferência de pacientes internados há mais de 30 dias para o Hospital Santa Ana.

 

do Blog do Ilgo Wink

Grêmio empata e vê o título do Brasileiro mais distante

Mais uma vez aconteceu o que eu temia, e que tem sido frequente neste Brasileirão. Na maioria das vezes em que me sento diante da TV com alguns minutos do início do jogo, vejo na tela, sempre muito surpreso, que o adversário está vencendo por 1 a 0.

Então, o Grêmio sabe que irá enfrentar, na Arena principalmente, um adversário fechado, ocupando espaços e explorando contra-ataques. Mesmo assim permite esse trunfo, um gol logo de saída.

Muitas vezes, o Grêmio reverte. Não foi o que aconteceu neste sábado, na Arena. Liguei a TV aos 3 minutos de jogo. Lá estava no placar, no alto da telinha: Bahia 1 a 0.

Não dá pra entender essa falta de concentração a cada início de partida. A única explicação que vejo é que o time entra tranquilão, seguro de sua superioridade e que a vitória virá sem maiores sobressaltos.

Em jogos de mata-mata isso não acontece. O time já entra a 110 por hora, dedo ligado na tomada.

Ao que parece somos vocacionados para disputar mata-mata. Não temos a mesma competência nos pontos corridos, quando de vez em quando dá um relaxamento e aparecem os resultados negativos.

Aconteceu com o Inter, no sábado. Perdeu para o misto do Sport por 2 a 1, deixou mais distante o sonho do Brasileirão. Desta vez, a arbitragem não contribuiu para um resultado positivo.

Já o Grêmio, teve de correr atrás desde o começo. Não é fácil vencer um adversário que larga com vantagem e depois se retranca e especula na frente.

Coincidência ou não, o time piorou em relação ao que vinha jogando com um falso centroavante, muita movimentação no ataque, confundindo a marcação.

Realmente, o técnico Renato prefere um jogador de referência na área. Jael jogou, e não foi bem. O time todo ofensivamente caiu.

Piorou a coisa com a lesão de Éverton, lesão muscular. Problema.

O time sentiu a falta dos dois laterais titulares. Leonardo e Capixaba estão alguns degraus técnicos abaixo dos titulares.

Com a saída de Éverton, Marinho teve outra oportunidade. Entrou mal, uma decepção, em especial pra mim, que acreditava muito nele.

O Bahia ampliou, inacreditável. De novo com Élber. Aos 21 minutos. Um balde de água fria na torcida e no time gremista.

Aos 38, a reação, Marinho fez jogada pela direita, a bola sobrou para Alisson, que cruzou para a entrada de Capixaba, que concluiu com perfeição.

Dois minutos depois, Marinho invadiu a área pela direita e foi puxado por um adversário. Pênalti que Jael converteu, empatando o jogo.

Era um jogo para três pontos. Era jogo para mostrar que o Grêmio está mesmo a fim do título nacional. O empate deixou o Grêmio a cinco pontos do líder, o Palmeiras, que bateu o São Paulo por 2 a 0.

Se o Grêmio perder domingo, em SP, para o Palmeiras, se despede da disputa pelo título, restando a velha história da vaga na Libertadores.

Mesmo que o Grêmio vença o time de Felipao, o título brasileiro seguirá quase impossível, ainda mais se o time continuar deixando escapar pontos preciosos dentro de sua casa.

 

MDB-RS decide apoiar Bolsonaro no 2º turno
Crédito: Luiz Chaves

Decisão foi anunciada na sede estadual do partido

Reunido no início da tarde nesta segunda-feira, 8, com o governador José Ivo Sartori, candidato à reeleição, o MDB gaúcho oficializou posição a favor da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República. A decisão foi anunciada pelo presidente estadual do partido, deputado Alceu Moreira, após reunião da executiva estadual, onde o tema foi profundamente debatido durante toda a manhã.

A carta editada pela direção partidária sustenta a importância da transparência e da honestidade. "Rejeitamos a corrupção, a impunidade e a manipulação da política", diz o documento, que também reafirma o compromisso do MDB com a necessidade de revisão do pacto federativo como forma de devolver o protagonismo aos estados e municípios. "Com um novo modelo de Federação, o Rio Grande do Sul poderá melhorar mais rapidamente a qualidade de vida do povo gaúcho e superar a histórica dificuldade financeira com a implantação do Plano de Recuperação Fiscal", afirma o texto.

Ao receber o documento das mãos do presidente Alceu, Sartori afirmou: "Eu vou seguir a orientação com modéstia, com tranquilidade e com serenidade. Talvez não afoito como muitos, mas com a serenidade de quem tem mais de 40 anos de vida pública e não é omisso."

ÍNTEGRA DO DOCUMENTO

Pelo Brasil e pelo Rio Grande

O MDB-RS e toda a sua representação parlamentar têm consciência do seu papel em um momento tão grave da vida brasileira. Rejeitamos a corrupção, a impunidade e a manipulação da política.

Os ideais que sempre nos mobilizaram no Rio Grande são, antes de tudo, os que são simbolizados na ação do Governo de José Ivo Sartori e de sua candidatura: a honestidade, o combate à corrupção, o respeito à lei e a ordem, a valorização da família, o combate à criminalidade, o estímulo ao empreendedorismo das forças produtivas na geração de emprego e renda e a preservação da democracia.

Reafirmamos a necessidade de revisar o pacto federativo para devolver a capacidade de protagonismo aos Estados e Municípios. Com um novo modelo de Federação, o Rio Grande do Sul poderá melhorar mais rapidamente a qualidade de vida do povo gaúcho e superar a histórica dificuldade financeira com a implantação do Plano de Recuperação Fiscal.

Por isso, compreendendo a posição majoritária do povo gaúcho que já se manifestou no 1º turno, recomendamos o voto em Jair Bolsonaro.

Presidente do MDB-RS, deputado Alceu Moreira


8 de outubro de 2018

eleição

PASSE LIVRE DEIXOU MILHARES A PÉ....

O PASSE LIVRE DEIXOU MUITO ELEITOR A PÉ....

FORAM ESCASSOS OS ONIBUS NAS RUAS DE PORTO ALEGRE NO DIA DA ELEIÇÃO....

e O PASSE LIVRE, INVENÇÃO DO PT EM PORTO ALEGRE, ANDA SENDO DESATIVADO AOS POUCOS. QUANDO EXISTE, EM DATAS ESPECIAIS, MAS A FALTA DE VEICULOS É NOTÓRIA NESTES DIAS.

os táxis andavam muito procurados no dia de domingo.ontem.

nem todos trabalharam...

IPA TUDO ESCULHAMBADO

FUI VOTAR CEDO NO IPA. Não acharam minha seção. Tava tudo trocado. Voltei pra casa peguei o recibo da eleição anterior, voltei pro Ipa e ai deu tudo certo....

é Minha ultima eleição pra presidente. Na próxima, não serei + obrigado. Terei completado 70 anos.

Estou meio ' desenganado' desta democracia. Mas é melhor que a ditadura.(OC)

 

' baixa' em SB

MORREU O ESCRITOR JOSE NORINALDO TAVARES.

Ex fuzileiro naval de GARRUCHOS. ERA UM DOS ' ENCANTOS' NAS FEIRAS DO LIVRO DE SÃO BORJA. Falava pelos cotovelos.
Tinha um romance de 5 mil páginas pronto. Era um novo ULISSES DE JAMES JOYCE.
Teve segundo seu amigo Ramão Aguilar, outro poeta são-borjense, um enfarte ' fulminante"

Assim que a Feira do Livro de São Borja deste ano do qual participo com sessão de autógrafos do meu livro RATOS DE REDAÇÃO.

 

do Miron Neto

Corsan só investe por pressão do MP. Alguns esquecem.

Chamou a atenção o fato de nenhuma autoridade ou veículo de imprensa local ter mencionado o Ministério Público como o principal motivo para que a Corsan investisse na construção de um reservatório de 3 milhões de litros em Gramado. Esse reservatório só saiu depois de uma ação civil pública contra o Município de Gramado e a (Corsan), em 2016, na qual era solicitada a rescisão do contrato de concessão dos serviços de água e esgotamento sanitário firmado entre a Prefeitura e a autarquia em 2004 (com prazo de 25 anos de duração). A ação, proposta pelo promotor de Justiça Max Roberto Guazzelli, é resultado de uma investigação iniciada ainda em 2011.
Agora a Corsan anuncia que licitará a obra para tornar eficiente a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) da Linha Ávila. A companhia só está fazendo isso em função da ação civil pública citada anteriormente. Não foi a toa que o clima foi tenso entre o promotor Max Guazzelli e o diretor de operações da Corsan, Marcos Vinícius Caberlon, sexta-feira (28), à tarde, no gabinete do prefeito Fedoca Bertolucci (PDT).

Gramado é um dos contratos mais lucrativos da Corsan

Nunca é demais relembrar que a Corsan faturou R$ 27,6 milhões em Gramado durante o ano de 2017, tendo feito um investimento de R$ 343,5 mil. Estes números constam em correspondência enviada pela própria Companhia ao Ministério Público de Gramado.
Gramado é um dos contratos mais lucrativos para a Corsan em todo o Estado. Um dos motivos é o fato de ela ter clientes que pagam mensalmente a conta mesmo sem usar. É o caso de quem possui casa na cidade, mas usufruiu somente em algumas temporadas do ano.

 

Capitólio comemora 90 anos com programação especial

No próximo dia 12 de outubro, Porto Alegre celebra uma data que poucas cidades no mundo têm o privilégio de festejar: os 90 anos de existência de um grande cinema de rua, inaugurado no período áureo dos imponentes palácios de cinema (na década de 20 do século passado), o Cine Theatro Capitólio. Depois de permanecer durante duas décadas fechado, em março de 2015 reabriu suas portas totalmente restaurado e readaptado para ser, além de uma sala de exibição, um espaço de guarda e preservação da memória do cinema gaúcho, agora com o nome de Cinemateca Capitólio Petrobras. Para marcar este aniversário, a Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura e a Fundacine RS, responsáveis pela gestão do espaço, localizado no coração do Centro Histórico de Porto Alegre (na rua Demétrio Ribeiro, 1085), prepararam uma programação especial comemorativa, distribuída ao longo de todo o mês de outubro.

Entre as atrações, a exibição especial, às 21h do dia 12 de outubro, exatamente 90 anos após sua estreia em Porto Alegre, do filme que inaugurou o Cine Theatro Capitólio, em 12 de outubro de 1928, a produção francesa Casanova (1927), de Alexandre Volkoff, considerado um dos títulos mais ousados do cinema silencioso. Estrelado pelo célebre ator russo Ivan Mosjoukine, Casanova notabilizou-se como a primeira grande produção a levar para as telas a vida do conquistador Giacomo Casanova.

A partir de 13 de outubro, a mostra Obras-Primas de 1928 exibe dez grandes filmes realizados no ano da abertura do Cine Theatro Capitólio: A Turba, de King Vidor, A Paixão de Joana d'Arc, de Carl Theodor Dreyer, Braza Dormida, de Humberto Mauro, O Homem das Novidades, de Buster Keaton e Edward Sedgwick, A Queda da Casa de Usher, de Jean Epstein, O Circo, de Charles Chaplin, Solidão, de Pál Fejos, A Montanha do Tesouro, de Aleksandr Dovjenko, A Concha e o Clérigo, de Germaine Dulac, e Vento e Areia, de Victor Sjöström.

Antes disso, no período de 4 e 12 de outubro, o espetáculo Das Cinzas Coração, com direção de Jéferson Rachewsky, irá apresentar uma combinação de cinema e teatro, inspirando-se nas comédias cinematográficas dos anos 1920, especialmente nos filmes realizados por Buster Keaton e protagonizados por Sybil Seely, que serão projetados após a apresentação, com acompanhamento ao vivo do músico Arthur de Faria.

Também foram programadas três sessões de pré-estreias, com a presença de suas equipes: os longas gaúchos A Cidade dos Piratas, de Otto Guerra (no dia 13 de outubro), e Música Para Quando as Luzes se Apagam, de Ismael Caneppele (no dia 21 de outubro), e o longa português Djon África (no dia 15 de outubro), com a presença do diretor João Miller Guerra e do ator Miguel Moreira, este em parceria com a distribuidora Vitrine Filmes, habitual colaboradora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

Também se destaca na programação a exibição dos filmes premiados na Mostra Gaúcha de Curtas do Festival de Gramado – Um Corpo Feminino, Fè Mye Tale, Sem Abrigo, Grito, Mulher Ltda, Nós Montanha, Abismo e A Formidável Fabriqueta de Sonhos Menina Betina –, que serão debatidos por seus diretores no dia 14 de outubro. A sessão ocorre em parceria com a Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do Rio Grande do Sul.

Outra importante entidade do cinema gaúcho, a Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, se junta a essas atividades comemorativas, propondo a realização de um debate sobre a preservação dos cinemas de rua, com a presença dos especialistas João Luiz Vieira, da Universidade Federal Fluminense, e a historiadora e pesquisadora Alice Trusz. A atividade ocorre em 20 de outubro, às 16h, e será seguida pela projeção do filme Bancando o Águia (1924), de Buster Keaton.

No dia 25 de outubro, o Programa de Alfabetização Audiovisual, braço educativo da Cinemateca Capitólio Petrobras, promove uma visita de escolas da Rede Municipal de Educação ao prédio e ao acervo da Cinemateca, seguida pela exibição do filme O Saci (1951), de Rodolfo Nanni, com apoio do Centro Técnico do Audiovisual. O projeto conta também com formação docente para os educadores que acompanham as turmas.

Em 27 de outubro, Dia Mundial da Preservação Audiovisual, a Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas sessões: Sinfonia Amazônica (1951), de Anélio Latini Filho, primeiro longa de animação realizado no Brasil, e o longa experimental Pontal da Solidão (1974), de Alberto Ruschel, em exibição comemorativa do centenário de nascimento do ator e diretor gaúcho, em sua única incursão na direção. Ainda na área da preservação audiovisual, principal missão do renovado Capitólio, no dia 13 de outubro acontece o resgate histórico de Novos Horizontes, longa-metragem de Ítalo Mangeroni Leopoldis, realizado em 1934, que será debatido pela historiadora e pesquisadora Alice Trusz.

O Projeto Raros, tradicional sessão da Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia, que celebrou sua 200ª edição em 2018, ganha uma edição luxuosa, realizada com o apoio do Instituto Moreira Salles, com a exibição de Trás-os-Montes (1976), filme mítico do cinema moderno português, realizado por António Reis e Margarida Cordeiro, que será mostrado no dia 19 de outubro, às 20h, com cópia em DCP (Digital Cinema Package) restaurada pela Cinemateca Portuguesa.

O Centro de Documentação e Memória da Cinemateca Capitólio Petrobras inaugura em 12 de outubro uma exposição sobre a trajetória da tradicional sala de cinema, com cartazes de filmes ali exibidos ao longo dos anos, documentos, equipamentos e a projeção de depoimentos de diferentes personagens ligados à história do espaço e à sua restauração, registrados pelo cineasta Beto Souza, e editados por alunos do Curso de Realização Audiovisual da Unisinos.

 

Marchezan viaja em missão para China, e Paim assume a prefeitura

O vice-prefeito Gustavo Paim assume a prefeitura nesta segunda-feira, 8, no lugar do prefeito Nelson Marchezan Júnior, que estará em uma missão institucional em Xangai, na China, até 17 de outubro. Marchezan viaja como representante da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), da qual é vice-presidente de Ciência, Tecnologia e Inovação. O prefeito irá participar do Huawei Connected, feira internacional de produtos, avaliação de tendências e conteúdos de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Ele foi convidado pelo presidente da FNP, o prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, para representar a entidade, que arcará com os custos da viagem.

O chefe do Executivo estará durante três dias, de 10 a 13 de outubro, no Huawei Connected e depois, acompanhado por uma comitiva da Prefeitura de Porto Alegre, cumprirá agenda de negócios com empresários chineses, em busca de oportunidades e investimentos para a Capital. Também participará de uma reunião com o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), para desenvolvimento de projetos de parcerias público-privadas (PPPs) e concessões nas áreas de resíduos e mobilidade urbana. A programação inclui visita à Fundação Fosun - grupo com participação no Cirque du Soleil e na rede hoteleira Club Med -, que tem feito pesados investimentos no Brasil.

A comitiva do prefeito é formada por quatro gestores da prefeitura. O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Solleti, acompanhará reuniões com empresas de mobilidade, como a BYD, fabricante de ônibus elétricos, e a Didi, que possui a maior plataforma móvel de transporte do mundo. Solleti também participará dos debates sobre o tema na Huawei Connected. O diretor-técnico da Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa), Alexandre Horn, integra a equipe por ser um contato direto com a Aliança pela Inovação. Também viajam a coordenadora-geral do Gabinete do Prefeito, Juliana de Castro, responsável pela agenda do prefeito, e o diretor de Articulação Institucional e Resiliência e gestor da área internacional da prefeitura, Rodrigo Corradi.

Programação:
08/10 – Embarque para China (Xangai)
10/10 – Participação no Huawei Connected - Smart City Sessions
11/10 – Café da manhã com cônsul do Brasil em Xangai, Gilberto Fonseca Guimarães de Moura; agenda no Novo Banco de Desenvolvimento e reunião com a Fundação Fosun
12/10 – Programa de Segurança de Shenzhen (Smart Longgang), visita ao QG do Laboratório da Huawei
13/10 – Reunião técnica BYD (empresa chinesa de ônibus elétricos) e visita à fábrica
14/10 – Visita ao metrô de Xangai
15/10 – Visita técnica ao maior parque tecnológico da região de Suzhou, cidade irmã de Porto Alegre desde 2004. Suzhou é a sede de dois dos mais modernos parques tecnológicos da China.
16/10 – Espaço para reuniões de encaminhamentos/relatórios.

 

Prefeitura organiza missão aos Estados Unidos

A Prefeitura de Porto Alegre está organizando uma missão para os Estados Unidos na segunda quinzena de novembro. A proposta do prefeito Nelson Marchezan Júnior é que seja uma comitiva ampla, com representantes do Executivo, Câmara Municipal de Vereadores, Aliança para Inovação e Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs).

A agenda em Washington e Nova York ainda está sendo elaborada, mas já está na programação uma reunião de alinhamento financeiro com o Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), visita técnica à prefeitura de Nova York e encontros com executivos e empresários norte-americanos.

 

Táxis terão tarifa única a partir de 22 de outubro

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), informa que a partir de 22 de outubro os táxis de Porto Alegre terão tarifa única, sem Bandeira 2. Os permissionários do serviço têm até 27 de novembro para adequar o taxímetro e excluir a Bandeira 2 da tarifa. A alteração segue cronograma determinado pelo prefixo do veículo, que será publicado nesta sexta-feira, 5, em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). A extinção da bandeira tem como base a Lei 12.420/18, aprovada na Câmara de Vereadores em julho deste ano.

Além disso, a partir de 22 de outubro, todos os prefixos devem, obrigatoriamente, portar e utilizar a Tabela de Conversão. A tabela já está disponível para download e impressão no site da EPTCou através do link http://bit.ly/conversaobandeira2. “É importante informar que, a partir desta data, já não será mais autorizada a cobrança da Bandeira 2 e o valor deverá ser convertido até a adequação do taxímetro para a tarifa única”, explica o gerente de Fiscalização de Transporte da EPTC, Luciano Souto.

Cronograma para adequação do taxímetro

Prefixo do táxi Data

01, 11, 21, 31 22/10/2018

41, 51, 61, 71 23/10/2018

81, 91, 02, 12 24/10/2018

22, 32, 42, 52 25/10/2018

62, 72, 82, 92 26/10/2018

03, 13, 23, 33 29/10/2018

43, 53, 63, 73 30/10/2018

83, 93, 04, 14 31/10/2018

24, 34, 44, 54 01/11/2018

64, 74, 84, 94 05/11/2018

05, 15, 25, 35 06/11/2018

45, 55, 65, 75 07/11/2018

85, 95, 06, 16 08/11/2018

26, 36, 46, 56 09/11/2018

66, 76, 86, 96 12/11/2018

07, 17, 27, 37 13/11/2018

47, 57, 67, 77 14/11/2018

87, 97, 08, 18 16/11/2018

28, 38, 48, 58 19/11/2018

68, 78, 88, 98 20/11/2018

09, 19, 29, 39 21/11/2018

49, 59, 69, 79 22/11/2018

89, 99, 10, 20 23/11/2018

30, 40, 50, 60 26/11/2018

70, 80, 90, 00 27/11/2018

Alterações que tratam da mudança de autorização para permissão, cartão de crédito e débito, biometria, GPS, entre outras, devem ser regulamentadas por meio de dois decretos, que serão publicados até o fim de novembro.

 

Unidade Móvel de Saúde atende moradores da Vila Santo André

A nova Unidade Móvel de Saúde (UMS), doada pelo POA Solidária, parceria entre voluntários e Prefeitura de Porto Alegre, passou a sexta-feira, 5, realizando atendimentos aos moradores da Vila Santo André, bairro Humaitá/Navegantes, região desassistida pelos serviços de saúde. É o segundo dia que cidadãos da zona Norte da Capital, puderam receber atendimentos de diversos profissionais, entre médicas, enfermeiras e técnicas de enfermagem, além de ter acesso à vacinação e medicamentos. Na quinta-feira, 4, a UMS atendeu os moradores da Vila Dique.

Na segunda-feira, 8, os moradores da Vila dos Sargentos, ao lado do quartel, cuja unidade de saúde está fechada há mais de um ano devido a situação de violência no território, receberão atendimento a partir das 9h. O atendimento será por ordem de chegada, sem agendamento prévio. Desde que entrou em operação, no dia 3, a UMV já realizou 90 atendimentos.

 

da Folha Popular de Teutônia


5 de outubro de 2018

debate da RBSTV vira compadrio....

Deu pra notar. Robaina (bom de gogo) só perguntava pra Rossetto e vice-versa....Sartori x Leite se estranharam.

Palpite meu. Leite vai fazer mais votos do que se imagina, mas SARTORI não é carta fora do baralho....

JJORGE NÃO DECOLOU.....

bom candidato, acho que tava no partido errado.

dos 5, apenas 2 tinham gravata

Neste dia da eleição, tome uma 51 .......

 

Feira do Livro

Apenas 80 barracas estarão na Feira do livro de Porto Alegre. Já houve edições com quase 200.

 

PLANO DE PROTEÇÃO CONTRA CHEIAS É APRESENTADO NA SERGS

O Plano Metropolitano de Proteção Contra Cheias foi apresentado hoje (4) durante mais uma edição do Bom Dia Engenharia promovido pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS). O evento foi realizado na sede da entidade, em Porto Alegre, coordenado pelo eng. Luis Roberto Ponte.
O diretor superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Pedro Bisch Neto, explicou que o Plano tem como objetivo garantir a segurança das populações que vivem em áreas suscetíveis à ocorrência de desastres naturais, minimizando os danos e os prejuízos decorrentes das cheias.
Está inserido no Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais, a cargo da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades.
A proposta é atuar em dois horizontes de planejamento: no médio/longo prazo, com estudos e projetos em um nível de bacia hidrográfica (Sinos e Gravataí) e no curto prazo, com obras pontuais (Alvorada/Porto Alegre e Eldorado do Sul).
A primeira etapa consiste na realização dos estudos e anteprojeto de engenharia; a segunda, contempla estudos e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) e a terceira, os projetos Básicos/Executivo e execução de obras.
O diretor superintendente destacou que pela primeira vez o Estado conta com um estudo sobre o que precisa ser feito para a prevenção do problema das cheias num horizonte de 30 anos de obras. A estimativa é que se não ocorrer a sua implementação, com um investimento de R$ 3 bilhões, os prejuízos decorrentes das cheias atingirão R$ 12 bilhões. A população beneficiada é de 50 mil pessoas.
A previsão é de que as licitações e o início de obras poderão ocorrer num prazo de dois anos.

 

Sessão que será realizada no próximo Sábado (dia 06/10/2018)

Seguem as informações sobre a sessão do próximo Sábado (dia 06/10/2018) que será realizada as 10:15 na Sala Eduardo Hirtz (Casa de Cultura Mario Quintana) .

Título do filme: "As Herdeiras" (Las Herederas)
Ano de produção: 2018
Data de Lançamento Mundial: 16 de Fevereiro de 2018 (Festival Internacional de Cinema de Berlin)
Direção: Marcelo Martinessi
Duração: 98 min
Elenco: Ana Brun, Margarita Irún, Ana Ivanova
Gênero: Drama
Colorido
Nacionalidade: Paraguai | Alemanha | Uruguai | Brazil | Noruega | França
Idioma: Espanhol e Guarany
Distribuidor: Imovision

Sinopse: Chela (Ana Brun) e Chiquita (Margarita Irún), herdeiras de famílias abastadas do Paraguai, vivem da venda de seus bens. Quando Chiquita acaba presa por dívidas jamais acertadas, a até então submissa e reclusa Chela precisa se virar e começa por acaso a prestar serviço para um grupo de senhoras ricas como motorista. Logo a nova realidade, e especialmente a exuberante Angy (Ana Ivanova), a quem conhece durante o trabalho, afetam os interesses, prioridades e atitudes da taxista amadora.

 

Feira Vegana é neste sábado

Feira de produtos veganos em Porto Alegre. Alimentos, higiene, beleza: tudo sem crueldade! Neste sábado, 6 de outubro, do meio-dia às 18h no Órbita Coworking - rua Antão de Farias, 50, quase esquina com Barros Cassal, a uma quadra da Osvaldo Aranha.

 

Em Porto Alegre, estudantes do ensino fundamental passam uma noite na biblioteca

Atividade do Colégio Santa Inês acontecerá nesta sexta-feira (5), a partir das 20h30, e envolverá cerca de 58 crianças

Uma noite completamente diferente e fora da rotina de estudos é o que vão ter os estudantes do 5º ano do ensino fundamental do Colégio Santa Inês. Nesta sexta-feira, 5 de outubro, cerca de 58 crianças vão participar da “Noite na Biblioteca”. A atividade inicia às 20 horas e 30 minutos.

Roda iluminada no pátio, festival de poesias, trilha literária e uma oficina criativa de teatro, com a professora e atriz Márcia do Canto, estão entre as atividades programadas para o período em que os estudantes vão estar na escola. Dormir é a única coisa que não está programada no roteiro, apesar dos colchões e dos travesseiros disponíveis entre as prateleiras dos livros.

Mais do que uma atividade, esta é uma vivência que visa estimular o hábito da leitura e o aprendizado. “A Noite na Biblioteca já faz parte da programação anual do colégio e gera grande expectativa nos estudantes. É uma vivência especial que amplia cada vez mais o sentido e o gosto pela leitura”, conclui a Orientadora Pedagógica do Ensino Fundamental Anos Iniciais, Viviane Nectoux.

 

Prefeitura abre edital para mil vagas de educação infantil

A Prefeitura Municipal publica nesta quinta-feira, 4, em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre, o edital de chamamento público para criação de mil novas vagas para a Educação Infantil. Segundo o secretário municipal de Educação, Adriano Naves de Brito, podem habilitar-se as organizações da sociedade civil que tenham, no mínimo, um ano de funcionamento, entre outros requisitos.

O atendimento é para crianças de 3 a 5 anos, em 10 horas diárias, com prioridade para a pré-escola. Após a seleção da entidade, será firmado termo de colaboração com a Secretaria Municipal de Educação (Smed) para o repasse de recursos. “A contratação abre espaço para o atendimento por busca ativa de crianças em idade de escolarização obrigatória com vistas à universalização da educação infantil”, explica Adriano Naves de Brito.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior destaca que, desde o início da atual gestão, a prefeitura teve um aumento de pelo menos 2,4 mil novas vagas em educação infantil, sendo mais de 2,2 mil em pré-escola. “Com este chamamento, atenderemos toda a demanda existente hoje para a pré-escola”, afirma Marchezan. A oferta cresceu principalmente na rede comunitária de ensino, formada por 217 escolas que mantêm parceria com a Prefeitura de Porto Alegre. No total para 2018, a Smed disponibilizou 28.690 vagas na educação infantil em Porto Alegre, sendo 8.143 na rede municipal e 20.547 na rede comunitária.

Para a atual seleção, a Smed distribuiu a oferta de vagas de acordo com o Coeficiente de Necessidade de Atendimento de cada região do município. O número é resultante da demanda manifesta, conforme dados fornecidos pela Unidade de Informações Educacionais da secretaria. As regiões a serem contempladas com a ampliação do atendimento são: Sul e Centro Sul; Partenon, Eixo Baltazar e Nordeste; Restinga e Extremo Sul; Leste; Lomba do Pinheiro; Centro; Sarandi e Norte; Ilhas, Humaitá e Navegantes; e Glória, Cruzeiro e Cristal.

Seleção – Contam pontos para a seleção a formação acadêmica do coordenador pedagógico, condições de uso de brinquedos e materiais pedagógicos, existência de pátio, refeitório, sala multiuso e biblioteca, bem como a projeção de investimentos para a escola. Estão previstas visitas in loco para avaliação das unidades. Para a celebração do termo de colaboração, a organização deverá apresentar plano de trabalho compatível com a proposta ofertada e possuir capacidade estrutural, técnica e operacional para o cumprimento das metas estabelecidas.

As propostas devem ser entregues no dia 5 de novembro, das 9h às 11h e das 14h às 17h, na Diretoria de Parcerias da Smed, localizada na rua dos Andradas, nº 680, 13º andar, sala 1305. No dia 7, a Smed publicará as organizações participantes da seleção. O resultado preliminar está previsto para ser divulgado no dia 20 de novembro. Após o período para recursos, o resultado final deverá sair até 4 de dezembro.

 

EPTC retira placa da Castello Branco para restauração

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) retirou na manhã desta quinta-feira, 4, placa com o nome da avenida Castello Branco que sofreu ato de vandalismo e amanheceu borrada com tinta vermelha. Esse é mais um entre os inúmeros casos de vandalismo no mobiliário da cidade, que precisará ser restaurado pela empresa. Neste ano, até o final de agosto, já foram gastos R$ 103.464,94 na reposição de danos à sinalização, horizontal e vertical. Somente na reposição de placas de sinalização ou mesmo as indicativas com nomes de vias foram utilizados R$ 64.410,64. Danos aos semáforos, inclusive de furtos dos equipamentos, atingiram um custo de R$ 16.403,00.

O gerente da Equipe do Mobiliário e Sinalização Viária (GMSV), Abaete Torres da Silva, afirma que a placa foi retirada para avaliação, ainda sem previsão para recuperação. “Infelizmente, pela agressividade da tinta, não foi possível a limpeza da placa no local. Ela foi retirada e agora vamos avaliar a dimensão do estrago para posterior recolocação e orientação aos condutores. Lamentamos estes dados de vandalismo na sinalização da cidade. Além dos gastos do Poder Público, que não são poucos, o vandalismo na sinalização coloca em risco a segurança das pessoas na circulação da cidade, com possibilidades de acidentes”, afirma.


4 de outubro de 2018

votação

pra esculhambação, o cabo daciolos, ou seja lá que diabo seja. sério o boulos. e ponto final.

mas tem ainda o tal do voto UTIL, que foi inventado no tempo da ditabranda....

NO ULTIMO DEBATE É QUE SE DECIDEM MUITOS VOTOS.SEMPRE NA RBS OU TV GROBO, AQUELA QUE MUITOS FALAM MAL MAS GOVERNAM COM ELA QUDO NO PODER.(oc)

 

AOS CRISTÃOS

De: "Paulo Vendelino Kons"
Enviada: 2018/10/03 15:50:44


AOS CRISTÃOS (inclusive aos Padres, às Freiras, aos Pastores Evangélicos, aos Bispos da Igreja Católica ...) QUE TROCARAM SUA FÉ POR UMA IDEOLOGIA:

“O comunismo (o marxismo na prática) perseguiu e matou milhões de cristãos em todo o mundo. Assassinatos, perseguições ao clero católico e protestante, além de expulsões infundadas de suas terras natais. Tais atitudes tornaram-se recorrentes nos sistemas comunistas em relação a religião cristã.”

“O marxismo é ateu, não há como conciliá-lo com o cristianismo. O comunismo não divide seu poder com nenhum sistema de crença que não seja o marxismo. A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO tentou fazer uma síntese destas concepções conflitantes; todavia, falhou, pois sempre caía em dois erros primários: ou a teologia da libertação imanentizava o transcendente, tornando banal e corruptível tudo aquilo que é celestial; ou, por vezes, transcendia a matéria para justificar uma fé comunista escatológica, o que gerou protestos dos comunistas fieis ao ateísmo de Marx.”

“Quando eu afirmo que não é possível ser, genuinamente, um marxista cristão, não é porque eu não quero que exista cristãos marxistas. Mas, simplesmente porque uma escolha de crença exclui automaticamente a outra.”

“Afirma Marx que a religião é um mal em si que deve ser extirpado para que o comunismo reine.”

SAIBA MAIS:

Muitas pessoas nos últimos tempos vêm me questionando: “Paulinho Kons, por que você afirma, com tanta veemência, que o marxismo não é compatível com o cristianismo?”

Porque o marxismo está estruturalmente apoiado em dois pilares: (1) materialismo histórico; (2) materialismo dialético. Ambos são visceralmente contrários a qualquer tipo de religião transcendente.

O materialismo histórico crê que tudo o que se propõe a ser realidade tem que estar sob a “bênção” da matéria; tudo aquilo que existe está ligado ao movimento econômico e material da realidade empírica. Imaginemos o marxismo como um grande prédio. As bases deste prédio — infraestrutura — é a realidade para Marx. Na infraestrutura desse edifício estão os bens privados, relações mercantis, trocas e as formas de trabalho, e toda sorte de gênese de opressões.

O que é real para Karl Marx é a matéria tangível (empiria) e os movimentos econômicos (mercado); tudo que fazemos e somos está ligado a esta condição natural do homem, o movimento econômico e sua condição material de existência. A função do marxismo, então, é mostrar a realidade subterrânea deste edifício, onde está toda a sujeira que é maquiada na superfície.

Na superfície — Supraestrutura — está todas as estruturas chamadas por Karl Marx de Ideologias. São estas ideologias as encarregadas de maquiar toda a realidade da infraestrutura deste prédio. A supraestrutura possui a função de alienar os homens, fazendo com que eles não conheçam suas condições reais; são como hologramas de uma realidade projetada, todavia, sem facticidade. Nesta Supraestrutura estão: religiões, moral, idealismos, costumes, etc. Para Marx, toda forma de transcendentalismo, tudo que denote uma realidade que não a material, é uma maneira de iludir os oprimidos.

Sendo assim, Marx exclui todo o transcendente como sendo instrumento de engano e opressão, impossibilitando assim toda forma de crença num Deus que está além da matéria, pelo menos para aqueles que pretendem ser fiéis as diretrizes dele. O Deus Cristão é transcendente, anterior à matéria, criador de tudo e tudo está sob seu controle. É impossível ser genuinamente cristão e estar sob os ensinamentos mais basais de Karl Marx. Para ele, um ateu convicto, a religião não passa de uma droga alucinógena, feita especificamente para afastar todos da realidade que os circundam; não passa de um ópio.

No caso do materialismo dialético, é a doutrina marxista que afirma que a história é feita de oposições: natureza x trabalho, opressores x oprimidos, ideologia x materialidade, entre outros exemplos que poderíamos citar. Estes conflitos dialéticos buscam uma síntese que resolva estas oposições, isto se dará espontaneamente para Marx na sociedade comunista. Ao mesmo tempo esta dialética opositora é o motor da realidade, diz ele, ela é a força que levará a superação da propriedade privada, consequentemente do capitalismo também. Tudo isto num plano material, o final que esta teoria se propõe é chegar na sociedade igualitária sem oposições, num centralismo irrigador de bonanças sociais. O céu na terra, o comunismo.

Como vimos, o transcendente e o espiritual não é algo contemplado nem sequer como possibilidade no marxismo ou no comunismo — o comunismo seria o marxismo na prática. Quando eu afirmo que não é possível ser, genuinamente, um marxista cristão, não é porque eu não quero que exista cristãos marxistas. Mas, simplesmente porque uma escolha de crença exclui automaticamente a outra. Não existe fé materialista; não existe no marxismo, por exemplo, clamor, oração, adoração, sacramentos, santidade, milagres, ressurreição, entre outras coisas vindouras de uma crença escatológica. Veja, os exemplos citados são verdades centrais do cristianismo, sem o qual sua realidade quanto existência pós-matéria se esvazia e perde todo teor metafísico.

Se o que existe é somente a matéria, como falar de milagres? Jesus, nos evangelhos, passa a maior parte do tempo a realizar milagres, milhares este que a matéria e os cálculos empíricos não dão conta de explicar; como explicar que pão e vinho tornar-se-á corpo e sangue de Jesus Cristo na eucaristia, sendo que esta própria afirmação supõe uma força transcendente a matéria que pode manejá-la? Enfim, poderíamos citar inúmeros exemplos, mas estes bastam.

O que devemos deixar claro é que o núcleo do marxismo é ateu, não há como conciliá-lo com o cristianismo. O comunismo não divide seu poder com nenhum sistema de crença que não seja o marxismo. A teologia da libertação, advinda especialmente da América Latina, tentou fazer uma síntese destas concepções conflitantes; todavia, falhou, pois sempre caía em dois erros primários: ou a teologia da libertação imanentizava o transcendente, tornando banal e corruptível tudo aquilo que é celestial; ou, por vezes, transcendia a matéria para justificar uma fé comunista escatológica, o que gerou protestos dos comunistas fieis ao ateísmo de Marx.

Um dos expoentes desta vertente da libertação, Enrique Dussel, tentou por várias vias justificar o ateísmo latente de Marx e suas críticas à religião comparando-o aos profetas do Antigo Testamento. No entanto, nem mesmo entre seus seguidores tais explicações logrou êxito. Em suma, todos aqueles que estudam com o mínimo de sinceridade entende que a união de duas concepções excludentes é tolice. Não nego que haja boa vontade, muitas vezes o desejo legítimo de conciliação pode querer sintetizar numa crença ecumênica estas duas ideias. Mas, no fim, sabem que cedo ou tarde elas entrarão em um conflito irremediável.

Podem advogar que o cristianismo não vive somente de orações, adorações e ações transcendentais, que o cristianismo é prático e, de alguma forma, lida com a materialidade mundana. De fato, é verdade. Mas, na outra via, a do marxismo, não se encontra o correspondente acesso, o marxismo em nenhuma via se encontrará com a crença escatológica cristã, com uma fé além-matéria, além-morte.

A realidade é que o comunismo sempre viu na religião cristã um sistema de crença extremamente opositora às suas convicções e esperanças. A religião é o sistema que mantém e ilude os proletários, fazendo com que eles não conheçam suas situações de oprimidos. Assim sendo, afirma Marx, a religião é um mal em si que deve ser extirpado para que o comunismo reine. Esta ideia foi largamente difundida, não é à toa que o comunismo perseguiu e matou milhões de cristãos em todo o mundo. Assassinatos, perseguições ao clero católico e protestante, além de expulsões infundadas de suas terras natais. Tais atitudes tornaram-se recorrentes nos sistemas comunistas em relação a religião cristã. Basta uma breve pesquisa para nos depararmos com casos extremos e desumanos, onde o comunismo rechaçou abominavelmente o cristianismo. No fim, o cristianismo para os marxistas é um mal que deve ser combatido e não agregado; isto é: sendo fiel ao que Karl Marx disse em seus livros.

No fim, ou se é bom cristão assumindo toda as condições deixadas por um sistema de fé transcendente, ou se é marxista, ateu e materialista.

 

Prefeitura entrega nova Unidade Móvel de Saúde para a população

Na manhã desta quarta-feira, 3, o Projeto Poa Solidária, desenvolvido por voluntários em parceria com a Prefeitura de Porto Alegre, fez a doação de uma Unidade Móvel de Saúde (UMS) para atender a população que mais depende dos serviços básicos. O caminhão de 20m² conta com três consultórios climatizados, um deles com espaço para vacinação e banheiro. O acesso dos pacientes será por meio de uma escada ou rampa, no caso de pessoas com deficiência. Nesta quinta-feira, 4, a unidade estará na Vila Dique.

No ato realizado em frente ao Paço Municipal, o prefeito Nelson Marchezan Júnior disse que a ação irá trazer melhorias significativas às pessoas que possuem menos condições de acesso aos serviços de saúde. “O objetivo é transformar a realidade das pessoas que mais precisam, ampliando o conceito de cidadania”, destacou. “Num orçamento de R$ 7 bilhões, a prefeitura tem dinheiro para comprar um ônibus desse porte? Tem, mas deixaria de investir em outras necessidades. Que esse projeto sirva de exemplo”, disse. O vice-prefeito e secretário municipal de Relações Institucionais, Gustavo Paim, lembrou a origem do Poa Solidária. “Não é projeto de um governo. É um projeto para ajudar a Porto Alegre que mais precisa”, disse. Presente no evento, a voluntária do Poa Solidária Nora Teixeira agradeceu a oportunidade de poder ajudar e convocou outras pessoas a doarem também. “Todos podem ajudar um pouco”, frisou.

A UMS irá circular pela cidade e atender principalmente as regiões de difícil acesso, cujos moradores são impossibilitados de receber atendimento médico ou até mesmo não conseguem se deslocar até uma unidade de saúde. A previsão é que mais de 10 mil pessoas sejam beneficiadas anualmente, incluindo os moradores em situação de rua, idosos que vivem em zonas rurais e comunidades muito afastadas dos centros urbanos.
O atendimento será prestado por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem. "A Unidade Móvel terá o papel de assistir às comunidades que se encontram distantes do centro urbano e que não tenham cobertura fixa ou temporária das Unidades de Saúde do município", afirma o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim.

Unidade Móvel de Saúde - O caminhão, no valor de R$ 630 mil, foi doado à prefeitura pelo casal Nora Teixeira e Alexandre Grendene. A doação ocorreu a partir de um pleito das integrantes do programa POA Solidária. A Unidade Móvel de atenção primária terá capacidade de comportar uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, ampliar o atendimento de consultas médicas para 5.000 consultas anuais, 5.000 de enfermagem, oferecer vacinas, curativos, procedimentos e dispensação de medicamentos, além de realizar exames rápidos como testes de gravidez e de infecções sexualmente transmissíveis, entre outros atendimentos para usuários do SUS da Capital.

Saúde e Bem-Estar Social - A coordenadora das Redes de Sustentabilidade e Cidadania da Secretaria de Relações Institucionais (SMRI), Vânia Gonçalves de Souza, explica que a iniciativa será monitorada pela parceria entre o Gabinete do Prefeito e as secretarias de Relações Institucionais (SMRI), Planejamento e Gestão (SMPG) e Saúde (SMS) e terá transparência na prestação de contas para a sociedade. “Queremos fazer mais pela cidade, doar nossas ideias e nosso tempo para formar uma rede colaborativa e suprapartidária entre o Governo e o setor privado”, disse uma das idealizadoras do projeto, Denise Gonçalves de Souza.

Onde a unidade estará:
Estrada das Quirinas - Área rural da Lomba do Pinheiro
Ocupação da Dique - Extrema vulnerabilidade social e dificuldade de acesso aos serviços de saúde
Extrema - Área rural do Extremo-Sul, ponto mais distante de uma Unidade de Saúde
Morro dos Sargentos - Ficará no terreno da futura unidade. Devido à alta vulnerabilidade social a comunidade precisa consultar no Guarujá, onde foi alocada a equipe do Morro depois do fechamento da Unidade de Saúde.
Vila Mato Grosso - Unidade fechou há anos por causa da violência. População precisa se deslocar por longa distância até o Centro de Saúde Vila dos Comerciários.

 

Marchezan define vermelho ibérico para nova categoria de táxis

Prefeitura de Porto Alegre inicia, na próxima sexta-feira, regulamentação da lei dos táxis

O prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior determinou a cor vermelho ibérico para a nova categoria executiva dos táxis de Porto Alegre. A novidade - facultativa - consta na resolução que trata da identidade visual dos táxis para motoristas e veículos que será publicada nesta sexta-feira, 5, no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). O regramento determina a forma e prazos para fiscalizar as autorizações previstas na Lei Municipal 12.420/18 aprovada, em junho, na Câmara de Vereadores.

A partir da próxima sexta, novos veículos que ingressarem na frota de táxis de Porto Alegre já devem ser na cor branca, com faixa vermelha na lateral. Os que estão na frota têm 24 meses para alterar a cor. Até julho de 2020 os táxis da cidade devem seguir o padrão branco, salvo a categoria executiva, que é opcional.

A categoria executiva dá a possibilidade do taxista que possuir carros mais novos, maiores e com mais conforto aos usuários permanecer ou optar pelo vermelho ibérico. “Isso significa que o proprietário que há pouco investiu em um táxi vermelho ibérico não precisará trocar novamente para o branco, se estiver dentro das características da categoria executiva”, explica Marchezan.

Veículos que integram essa categoria serão diferenciados pela tradicional cor dos táxis da Capital. Eles devem ter até três anos de vida útil, quatro portas, ar-condicionado e modelo sedan médio, grande ou utilitário esportivo (SUV). “A tarifa para a categoria executiva será a mesma dos demais táxis, mas o usuário poderá optar pela categoria se assim preferir, conforme a disponibilidade”, destaca o diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti.

O regramento que será publicado determina prazos para iniciar e concluir a transição das alterações realizadas na legislação que dizem respeito à identidade visual para motoristas e veículos. Entre elas, cor, padrão de vestimenta e possibilidade de criação da categoria executiva e gravação de imagens no interior do veículo. Outras regulamentações e decretos com alterações do serviço de táxi serão divulgadas até o fim de novembro.

Padrão de vestimenta dos taxistas – Condutores de táxis devem vestir camisa fechada com botão, sapato fechado e calça social ou jeans. As peças devem ser lisas, sem estampas, manchas ou descolorações. Não será permitido o uso de chapéus ou bonés.

Gravação de Imagens (facultativa) – Para mais segurança dos usuários e motoristas, táxis podem gravar imagens internas no interior dos veículos. Para instalar o equipamento, o carro também deve informar a existência da câmera de segurança.

Como ficam os táxis:
Categoria Comum: veículo branco com faixa vermelha.
Categoria Especial (Aeroporto): veículo branco com faixa azul.
Categoria Executiva: veículo vermelho-ibérico com faixa azul.

 

Câmara rejeita novo pedido de impeachment contra Marchezan

Os 16 vereadores favoráveis à admissibilidade do processo pediram renovação de votação


Líderes reunidos com o presidente da Casa na sessão desta quarta-feira(Foto: Ederson Nunes/CMPA)


Vereadores acompanham o painel eletrônico do Plenário Otávio Rocha(Foto: Giulia Secco/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre rejeitou, na tarde desta quarta-feira (3/10), a admissibilidade do pedido de impeachment contra o prefeito Nelson Marchezan Júnior. Com 35 vereadores em plenário, 18 votaram contrariamente à admissibilidade da denúncia, enquanto outros 16 parlamentares foram favoráveis ao pedido. O presidente da Câmara, vereador Valter Nagesltein (MDB), que coordenou os trabalhos, só votaria em caso de desempate.

Após o final da votação, o vereador Dr. Thiago Duarte (DEM) e outros 15 vereadores apresentaram um requerimento solicitando a renovação de votação do pedido de admissibilidade do impeachment, mas foi retirado o quórum. Agora, segundo o presidente, a Procuradoria da Casa deverá analisar se a renovação de votação pode ser aplicada neste caso. De acordo com ele, não há prazo para que a Procuradoria emita parecer.

A acusação feita por Paulo Adir Ferreira apontava que o prefeito teria cometido "infração político-administrativa grave" ao repassar verbas para a Carris em valores acima dos autorizados pela Câmara na Lei Orçamentária. Conforme a denúncia, o orçamento aprovado para a Carris foi de R$ 9,8 milhões para 2017, mas o valor empenhado e liquidado foi de R$ 48,7 milhões. “O valor excedente (e ilegal) destinado à Carris foi de R$ 38,9 milhões."

Este é o segundo pedido de impeachment contra Marchezan Júnior. A exemplo do ocorrido nesta quarta-feira, a denúncia apresentada em 2017 também teve a sua admissibilidade negada pela Câmara. Após a leitura das sete páginas do processo, realizada pelo vereador José Freitas (PRB) durante a sessão, líderes partidários se revezaram na tribuna para encaminhar a votação nominal. Dos 36 vereadores da Casa, apenas Airto Ferronato (PSB) não compareceu à sessão de hoje.

Trâmite do processo de impeachment

Conforme determina o Decreto-Lei 201/67, o presidente da Câmara deve consultar o plenário de vereadores sobre o recebimento da denúncia. Se a maioria dos parlamentares presentes (obedecido o quórum mínimo de 19 vereadores) decide pelo recebimento da denúncia, na mesma sessão é constituída a Comissão Processante, com três vereadores definidos por meio de sorteio, bem como são eleitos o presidente e o relator.

Caso aprovada a admissibilidade do processo, o início dos trabalhos da Comissão Processante deve ocorrer em até cinco dias. O prefeito tem, então, dez dias, após ser notificado, para apresentar defesa prévia e arrolar até dez testemunhas. Após o recebimento da defesa, a Comissão emite, dentro de cinco dias, parecer opinando pelo prosseguimento ou arquivamento da denúncia. A decisão pelo arquivamento deve ser submetida ao plenário. Se a Comissão opina pelo prosseguimento, o presidente da Câmara deve designar o início da instrução e determinar os atos, diligências e audiências que se fizerem necessários para o depoimento do denunciado e inquirição das testemunhas.

Concluída a instrução, é aberta vista do processo ao denunciado, para razões escritas. Após este trâmite, a Comissão emite parecer final, pela procedência ou improcedência da acusação, e solicita ao presidente da Câmara a sessão para julgamento. Para o prefeito ser afastado do cargo, é necessário que dois terços dos membros da Câmara assim decidam. Conforme o Decreto-Lei, o processo tem prazo de 90 dias, a contar da notificação do acusado.

 

do Blog do Ilgo Wink

Grêmio vence e ganha corpo na reta final da Libertadores

A goleada de 4 a 0 sobre o Tucumán (vice-líder do campeonato argentino, é bom destacar antes que os colorados da mídia tratem de diminuir a vitória), é um recado para o River Plate, que padeceu para vencer o Independiente (3 a 1).

Mas o mais importante, e para os gremistas, alentador, é que na reta final da Libertadores o time fica mais encorpado, com jovens confirmando e sinalizando que podem ser úteis na competição prioritária do clube desde sempre.

O jovem Matheus Henrique, jogando como primeiro volante, depois de um começo vacilante, encontrou seu lugar em campo e passou a jogar como gente grande. Mais um acerto do técnico Renato ‘São’ Portaluppi, que sabe o momento ideal para lançar a gurizada.

Renato escolheu um jogo pela Libertadores em casa para lançar o guri, uma das grandes promessas da base.

Quem assistiu River e Independiente, antes do jogo na Arena, viu que os jogadores dos dois times muitas vezes miram a perna do adversário e não vacilam em deixar a bola como mero elemento decorativo.

Matheus Henrique precisava dessa experiência. A meu ver está pronto para enfrentar a barbárie que muitas vezes reina na Libertadores.

Thaciano, já mais curtido, é outro que se consolida como opção interessante para o técnico.

O primeiro gol, o gol do alívio porque o time argentino levava muito perigo a Marcelo Grohe, contou com a participação de Thaciano.

Léo Moura, de grande atuação, muito elogiado por Zinho na Fox, cruzou com a categoria que Deus lhe deu e Thaciano cabeceou. Não sei se a bola entraria ou não, o fato é que Luan apareceu para fazer o gol quase sobre a risca. Eram 35 minutos, o fim do pesadelo.

Essa mescla juventude com experiência normalmente dá bons resultados. Outro veterano que se destacou foi Cícero, igualmente muito elogiado pelo pessoal da TV. O ‘fã-clube’ deles deve ter ficado um tanto constrangido, porque gostaria de ver os dois longe da Arena.

Arrependido não, porque torcedor de futebol é assim, não gosta de dar o braço a torcer. Há torcedores que ignoram que não é um time que ganha títulos, e sim o grupo, e que, portanto, é preciso ter jogadores de bom nível no banco. E hoje dá para afirmar que o Grêmio tem um grupo realmente competitivo.

A volta de Jael, que entrou nos minutos finais e até sofreu um pênalti, é outra grata notícia. Ele mesmo cobrou, enquanto a torcida pedia Luan. O meia cedeu lugar ao centroavante justificando que ele, Jael, é artilheiro e precisa de gols para ganhar mais confiança.

Bem, Cícero marcou o segundo gol aos 38, após um contra-ataque em que Alisson recebeu na frente, driblou o goleiro, mas foi abalroado dentro da área. O goleiro foi expulso e Cícero bateu com tranquilidade.

O gol foi a senha para os secadores irem pra cama mais cedo. Afinal, o placar agregado passava a ser de 4 a 0, tornando impossível uma reação. Mesmo assim, o Grêmio não administrou. Foi para cima no segundo tempo e chegou aos 4 a 0 com gols de Alisson (o juiz teria dado o gol para o goleiro Sanchez) e Jael.

Ah, arbitragem muito boa do chileno Roberto Tobar.

Agora é o River, um clube poderoso e influente na Conmebol, onde não pede, manda. Além disso, está com um time muito competitivo. Peleia braba.


3 de outubro de 2018

MEIRELLES NÃO DEU ...

BAH MAS O EX MINISTRO NÃO TEM JEITO PRA POLITIC.A COMEÇA PELA DICÇÃO. COMEÇA QUE ELE NÃO TRANSMITE JEITO PRA POLITICO. JEITO PRA POLITICO TEM O ALVARO DIAS, ELES MENTEM NA LATA KKKKK

 

PSTU VAI DE GRINGO

INCRIVEL, UM MILITANTE DO PSTU - RADIALISTA, PRODUTOR DE UM GRANDE ' REAÇA' DA MIDIA LOCAL - ESTÁ CABALANDO VOTOS PRO GRINGO.

 

QUERIDINHO DA RBS

COMENTEI COM ALGUÉM QUE O LEITE ANDAVA POR AI. ESTA PESSOA DISSE NÃO VOTA NELE. É O QUERIDINHO DA RBS. QUASE DISSE. VOU VOTAR NELE JUSTAMENTE POR ISTO. NÃO TENHO NADA CONTRA A RBS.TRABALHEI LÁ 16 ANOS E ELES SEMPRE ME PAGARAM EM DIA.(OLIDES)

 

niver

COLEGA LORENA PAIM COMPLETOU NESTE 2.10 , 66 ANOS. NASCIDA NO ALEGRETE, HJ FAZ LIVROS JUNTO COM A NUBIA SILVEIRA. LORENA FOI DA FM, DA FSP, DA ZH, ENTRE OUTROS VEICULOS DA IMPRENSA GAUCHA

 

dos leitores

OLHA O SACANA DO CAPINCHO CABALANDO VOTOS PRO SEU EMPREGUINHO EM STO ANGELO. É UM SACANA SO SE LEMBRA DA GENTE NA ELEIÇÃO KKKK

De: "Letier Vivian"
Enviada: 2018/10/02 06:37:44
12 4 12
É o Loureiro com você

 

dos leitores

De: "Letier Vivian"
Enviada: 2018/10/02 13:31:30
PEDIDO

Será que algum candidato
briga por causa da gente?
Será que agride os amigos
ou desafia os parentes?

Não perca a estima dos outros!
Não abra mão da razão!
Não jogue fora um amigo
por causa de uma eleição!

Vote com fé e segurança
que a escolha seja consciente,
mas respeitando o vizinho
se ele pensar diferente!

Não queira incutir à força
a sua ideologia,
pois toda a ideia empurrada
tende a tornar-se vazia!

Chega de tanta cegueira!
De ódio e intolerância!
O fanatismo é um indício
da completa ignorância!

Por isso tudo, eu te peço
do fundo do coração:
“Não jogue fora um amigo
por causa de uma eleição!”

Rodrigo Bauer

 

Toffoli

De: selucao
Data: Ter 2/10/18 09:46

Disse o pestista ( peste + petista ) Toffoli, presidente do STF, que não se refere mais a “golpe de 64”, “revolução de 64”, mas sim a “movimento de 64”; sim, os militares, junto com civis, se “movimentaram” e deram “o golpe em 1964”.
Definição de movimento:
substantivo masculino: ato ou efeito de mover(-se); POR EXTENSÃO: conjunto de ações de um grupo de pessoas mobilizadas por um mesmo fim.

?SERGIO OLIVEIRA - CHARQUEADAS - RS

 

BOM DIA ENGENHARIA DA SERGS APRESENTA PLANO DE PROTEÇÃO CONTRA CHEIAS

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS) realizará nesta quinta-feira (4.10.2018) mais uma edição do seu tradicional evento Bom Dia Engenharia, sempre com foco no debate de temas relacionados com o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul.
Na oportunidade, será apresentado o Plano Metropolitano de Proteção Contra Cheias, a cargo da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan) que consiste em estudos e projetos para a minimização de cheias.
Está inserido no Plano Nacional de Gestão de Riscos e Respostas a Desastres Naturais (Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades), minimizando os danos e os prejuízos decorrentes das cheias.
O plano contempla 20 a 30 anos de obras, incluindo as bacias dos rios dos Sinos e Gravataí bem como as áreas de Alvorada/Porto Alegre e de Eldorado do Sul.
O Bom Dia Engenharia será realizado às 8h30 na sede da SERGS – Trav. Acylino de Carvalho, 33 - 8º andar, Centro Histórico de Porto Alegre.
ATENÇÃO IMPRENSA: FAVOR CONFIRMAR PRESENÇA COM A TODT COMUNICAÇÃO – FONES (51) 3228.7270/3228.7261 OU E-MAIL .

 

do Miron Neto

Apuração dos votos (ainda) será realizada em Gramado

O rebaixamento de Gramado para a Série B no ranking da Justiça Eleitoral não significa que a apuração dos resultados da eleição do dia 7 de outubro será em Canela. Logo após o encerramento da votação, os presidentes de seções eleitorais deverão se dirigir ao Fórum de Gramado, onde haverá o procedimento habitual de entrega das informações. Se houver algum problema mais grave, a urna será levada para Canela, onde a juíza eleitoral Simone Chalela definirá as providências. A coluna corrige, assim, informação contrária publicada na sexta-feira (27).

Morre Leonardo Machado, apresentador do Festival

O incensado Empório Canela está lançando um cardápio vegano com opções deliciosas sem origem animal, mas com o mesmo temperinho já conhecido da casa. O menu é assinado pela chef Roberta Rech com consultoria da chef especialista em gastronomia vegana e vegetariana Letícia Borges e traz lanches, petiscos e pratos principais como a porção de samosas de moranga e manjericão (pasteis integrais à moda indiana), panelinha de cogumelos, hambúrguer de lentilha, saladas quente e fria, sopa de legumes, risotos e massas. Ao todo são 16 opções.
Funcionando há 10 anos no centro de Canela, o Empório Canela é uma mistura de bistrô, livraria, café e loja. Possui um cardápio com opções para todas as horas do dia, uma carta especial de cervejas com mais de 80 rótulos e um ambiente aconchegante que já se tornou ponto de encontro da cidade.

 

Marchezan representa a Frente Nacional dos Prefeitos na China

O prefeito Nelson Marchezan Júnior desembarca na quarta-feira, 10, em Xangai, na China, para uma missão de aproximação institucional. A viagem à Ásia será custeada pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), da qual Marchezan atua como vice-presidente de Ciência, Tecnologia e Inovação. Ele foi convidado pelo presidente da FNP, o prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, para representar a entidade e acompanhar um evento mundial de tecnologia. O retorno a Porto Alegre está marcado para o dia 17 de outubro. Durante este período, o vice-prefeito Gustavo Paim assume a prefeitura.

De 10 a 13 de outubro, o chefe do Executivo participa do Huawei Connected, evento anual de apresentação de produtos, avaliação de tendências e conteúdos de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Também serão apresentados cenários para desenvolver a temática de cidades inteligentes. A Huawei é uma empresa multinacional fornecedora de tecnologia de soluções de informação da indústria e das comunicações (TIC), responsável por 13,3% do mercado de venda de smartphones e considerada a segunda marcha chinesa com maior presença global. Está presente no Brasil com fábricas em Campinas (SP) e Jundiaí (SP), um centro de distribuição em Sorocaba (SP) e por meio de parcerias com as empresas de telefonia como a Claro e a Oi.

Depois do compromisso pela FNP, Marchezan, acompanhado de uma comitiva da Prefeitura de Porto Alegre, cumprirá uma agenda de negócios com empresários em busca de oportunidades e investimentos para a Capital. A ideia é apresentar o potencial da Capital gaúcha aos chineses. O prefeito também terá uma reunião com o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), que tem sede em Xangai. O município já está em contato com o banco em projetos de estruturação de parcerias público-privadas (PPPs) e concessões, especialmente nas áreas de resíduos e mobilidade.

Entre as visitas confirmadas em Xangai está a Fundação Fosun - grupo com participação no Cirque du Soleil e na rede hoteleira Club Med - que tem investido pesado no Brasil. O diretor de Articulação Institucional e Resiliência da Prefeitura, Rodrigo Corradi, explica que a Fosun atua com forte atuação nas áreas de saúde e bem-estar e que esse posicionamento pode ser favorável a Porto Alegre. “Teremos uma agenda de trabalho junto com a sede da fundação para identificação de possibilidades de trabalho e convite para que a Fosun conheça as iniciativas do Pacto pela Inovação de Porto Alegre”, afirma Corradi.

Comitiva – Aproveitando a oportunidade da viagem à China, o prefeito irá acompanhado de gestores da prefeitura para aprofundar o relacionamento com empresas chinesas. Entre os membros da comitiva estão o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Solleti, que acompanhará reuniões com empresas de mobilidade, como a BYD e DiDi e os debates sobre o tema na Huawei Connected. O diretor-técnico da Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa), Alexandre Horn, integra a equipe por ser um contato direto com a Aliança pela Inovação. Também viajam a coordenadora-geral do Gabinete do Prefeito, Juliana de Castro, responsável pela agenda do prefeito, e Rodrigo Corradi, diretor de Articulação Institucional e Resiliência e gestor da área internacional da prefeitura.

Programação:
08/10 – Embarque para China (Xangai)
10/10 – Participação no Huawei Connected - Smart City Sessions
11/10- Café da manhã com cônsul do Brasil em Xangai, Gilberto Fonseca Guimarães de Moura; agenda no Novo Banco de Desenvolvimento e reunião com a Fundação Fosun
12/10 – Programa de Segurança de Shenzhen (Smart Longgang), visita ao QG do Laboratório da Huawei
13/10 - Reunião técnica BYD (empresa chinesa de ônibus elétricos) e visita às fábrica
14/10 - Visita ao metrô de Xangai
15/10 - Visita técnica ao maior parque tecnológico da região de Suzhou, cidade irmã de Porto Alegre desde 2004. Suzhou é a sede de dois dos mais modernos parques tecnológicos da China.
16/10 - Espaço para reuniões de encaminhamentos/relatórios

 

POA Solidária entrega Unidade Móvel de Saúde à prefeitura

Um novo equipamento para atendimento em saúde da população da Capital será entregue nesta quarta-feira, 3. A Unidade Móvel de Saúde atenderá comunidades desassistidas por serviços de atenção primária do município e foi viabilizada pelo projeto POA Solidária, desenvolvido por voluntários em parceria com a prefeitura.

O equipamento, no valor de R$ 630 mil, foi doado à prefeitura pelo casal Nora Teixeira e Alexandre Grendene e será entregue por eles ao prefeito Nelson Marchezan Júnior e para o secretário da Saúde, Erno Harzhein, às 9h, no Anfiteatro Pôr-do-Sol (avenida Edvaldo Pereira Paiva,s/nº).

A Unidade conta com três consultórios com uma equipe multidisciplinar, oferecendo consulta médicas e de enfermagem, além de vacinas e pequenos curativos. Também serão feitos exames rápidos, como testes de gravidez e de infecções sexualmente transmissíveis.


2 de outubro de 2018

CABO DACIOLO

PRA PRESIDENT.E É MEU HEROI. SE É PRA ESCULHAMBAR ,V AMOS LÁ COM ELE...

PELO MENOS TEMOS UM HUMORISTA. os demais andam muito CHATOS. (OLIDES)

 

CARAMEZ

Encontrei neste domingo, na parada do HPS,o CARLOS EDUARDO CARAMEZ,. pra mim apenas caramez.

muitos baurus juntos comemos na esq da protasio x ramiro. que tinha lá....

era do atual dono do TUIM, O MANOEL....

caramez tinha o dom de levar os maconheiros do IAPI pro baião que queimaram o ponto. Está tudo isto num livro meu de memórias.

qq hora sai este livro, mas aí eu tenho que sair de cena, senão me apagam....

alguém tem que ser o escriba da geração. neste caso, posso ser eu? alguém se ofende aí???

Mas o Caramez é o autor de uma proeza. escreveu um artigo no DLUCT - um 'panfletinho' que fazíamos de noite na PUC num centro acadêmico de lá -falando mal do MEDICI e eis que quando o Caco foi levar os originais do 3 número, na gráfica e o dono da mesma afirmou que o SNI tava na nossa ' capi'(captura) O Licínio fugiu pra carapuça, o Caco si mandou não sei pra onde, eu fiquei fazendo o de sempre acho que trabalhava em banco e o carlinhos caramez ficou sob as asas de sua hoje falecida mãe Haidee....(olides, o memorialista da turma do DLUCT)

 

fofocas do cinema

A. Boaretto rompeu com WERNER da Soc. Germania. onde ia sempre apresentar os filmes.Boaretto não quer nem ouvir o nome do ex aliado. Ele prometeu mundos e fundos ao Boaretto, dizem que não é grana(eu acho que no fundo esta briga tem grana,sim) que seriam outras melhorias. pronto. acabou a parceria cultural rompida agora.

qui coisa....(OC)

 

niver

Nosso leitor Enio Lindenbaum completou ontem 65 anos. bem vividos, espero.Meu falecido pai sempre perguntava por ele pq o Enio quando foi a Serafina foi jogar bocha com ele na Capela São Pedro.

 

de serafina

A prefeira MEIA ARROQUE JÁ VOLTOU DO HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO.

 

Luciano Leães se apresenta em festival de blues de Passo Fundo

Show ocorre no sábado, 06/10, durante o Clandestino Blues Festival

Expandindo o blues com shows e eventos voltados a este estilo musical, o pianista gaúcho Luciano Leães marca presença em festival no Norte do Estado. Luciano Leães & The Big Chiefs se apresenta durante o Clandestino Blues Festival, que ocorre em Passo Fundo no sábado, 6 de outubro. O músico contará com a participação especial da cantora norte-americana Tia Carroll, artista que tem a voz comparada com a de lendas como Tina Turner, Koko Taylor e Aretha Franklin. O festival terá apresentações de Lucian Araújo, Daniel Jones, Bruno Philippsen, Igor Prado e Carlos Bolacha.

O Clandestino Blues Festival ocorre na Cervejaria Farrapos, localizada na Avenida Araucária, 1450. Os ingressos serão vendidos no local do evento com valores entre R$ 10 e R$ 30.

Luciano Leães

Considerado um dos principais pianistas do país, Luciano Leães foi vencedor do “Prêmio Açorianos de Música”, na categoria de Melhor Instrumentista Pop, em duas oportunidades. É o criador do projeto Clube do Blues, que insere o Rio Grande do Sul na rota de shows de blues nacionais e internacionais. Também abriu o show de Elton John em Porto Alegre.


1º de outubro de 2018

Exclusivo!!!!!!

GRAMPEARAM O ARGOLO

1

Chegou aos meus ouvidos que o SIMERS - aquele que tem como lema ' A VERDADE FAZ BEM Á SAÚDE ' - foi grampeado. Ou seja, puseram grampos pra gravar conversas da direção.

2

Estas conversas ganharam as redes sociais.

3.

O Presidente renunciante Paulo de Argolo Mendes está recluso, trancado em casa desde a renúncia. Não fala nem com seus próprios colegas de diretoria.

4.
O candidato da Oposição é MARCELO ligado a GAMP....

è complicado

tá cada x mais complicada a situação do presidente PAULO DE ARGOLO MENDES NO SIMERS.

Ele não tem saído de casa desde que renunciou ao cargo.

Junto dele saiu seu lugar tenente, o gerente NEREU.

 

meu artigo em zh de dias atrás...

 

LFV NAS OROPAS

NO DIA 26 PASSADO, NUM DEBATE NA UNISINOS ,DEFRONTE AO COL ANCHIETA, O LFV DEU O PINOTE. NA VERDADE TAVA NAS OROPAS COMEMORANDO SEU NIVER.

O REPRESENTOU NO CONVESCOTE A FILHA FERNANDA.

NO ESPAÇO LFV DA UNISINOS TEM LIVROS DELE ATÉ TRADUZIDOS DO MANDARIM, OU MELHOR TRADUZIDOS PRO MANDARIM.

(oc)

 

Povo contra o fascismo

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/09/29 19:41:40
POVO CONTRA O FASCISMO
Centenas de milhares de homens e mulheres de todos os gêneros saíram as ruas por todo o Brasil em manifestações contra “aquele que a gente não cita o nome”. O povo diz NÃO ao fascismo, ao racismo e a homofobia.


Renato Kern
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

da Folha popular de Teutônia

 

do Blog do Ilgo Wink

O furo do Fabrício e a comparação do Cláudio Duarte

Reportagem assinada pelo grande repórter Fabrício Falkowski, publicada na contracapa do jornal Correio do Povo, abre um rombo na bolha de excelência que alguns setores – já bem identificados – conseguiam ver nos últimos tempos no Inter, e que ontem, dia 26, ocuparam espaços generosos para enaltecer algo que não existe: o sucesso financeiro do clube.

Inclusive comparando com o momento do Grêmio, este sim exaltado no centro do país como exemplo de gestão bem-sucedida.

A impressão que dá é que havia a intenção de criar um clima mais favorável como contraponto à bomba que estava armada para explodir a qualquer momento.

Esqueceram de combinar com os russos. Fabrício soltou a bomba antes de todo mundo. Um furo jornalístico. Mais um, aliás, desse repórter sério e aplicado que descobri na redação do CP, e que um dia consegui trazer para a editoria de esportes do jornal. Faz tempo isso.

Sou um descobridor de talentos. Enxergo antes. O caso mais recente é o do Éverton, que eu cheguei a pedir que fosse convocado para a Copa do Mundo, para espanto da maioria dos meus 18 leitores.

Tite não me atendeu, se quebrou, e agora parece que vive só para prejudicar o Grêmio.

Bem, quem quiser saber mais sobre essa lama que envolve ex-dirigentes colorados acesse :

https://www.correiodopovo.com.br/Esportes/Futebol/Inter/2018/9/662427/Relatorio-do-Conselho-responsabiliza-exdirigentes-do-Inter-

CLAUDIO DUARTE

Ouvi hoje, final da manha, na Band, o Cláudio Duarte, um cara que prezo e respeito muito, inclusive como comentarista de futebol, um absurdo que quase me fez bater o carro.

-O Fluminense é superior ao Tucuman -, disparou.

Não posso acreditar que sua intenção tenha sido diminuir o adversário do Grêmio na Libertadores, algo muito comum aqui na aldeia.

Alguém no estúdio retrucou, mas de forma quase meiga.

Cláudio. então, concedeu: “No máximo são iguais”.

Faltou alguém informar ao ex-técnico que o Tucuman é vice-líder do campeonato argentino, dois pontos atrás do Racing.

E o Fluminense?

 

Saúde leva testes rápidos à população em situação de rua

A prefeitura oferece testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C pela unidade móvel do projeto Fique Sabendo. Neste sábado, 29, o trabalho é voltado à população em situação de rua, das 9h às 14h, no Viaduto Imperatriz Dona Leopoldina, próximo à avenida João Pessoa, 325, no Centro, em parceria com a ONG Prato Feito na Rua. Realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o serviço inclui distribuição de preservativos, orientações e dicas de prevenção. Em caso de chuva forte, a programação pode ser cancelada.

A equipe é composta por servidores municipais da área da saúde, que irão investigar também a presença de pacientes com sintomas de tuberculose, além da realização de exames e atividades educativas. A estrutura tem espaço para testagem rápida e acolhimento e é adaptada a pessoas com necessidades especiais. Com segurança e privacidade, o resultado dos testes de infeções sexualmente transmissíveis sai em apenas 30 minutos, em dois consultórios de atendimento.

O objetivo do projeto é ampliar a prevenção e diagnosticar precocemente as infecções sexualmente transmissíveis, além de aumentar o encaminhamento para tratamento, que deve começar o quanto antes. "A ideia ainda é que as pessoas diagnosticadas reagentes ao HIV não abandonem o uso da medicação antirretroviral, necessária à manutenção da qualidade de vida", informa a coordenadora da área de Infeções Sexualmente Transmissíveis/Aids da SMS, Marina Dias. A forma mais segura de se proteger de doenças sexualmente transmissíveis é usar camisinha na relação sexual.

A população também tem acesso a testes rápidos nas unidades de saúde de referência, onde podem ser obtidas orientações e mais informações.

 

ANTT instala 51º pórtico de leitura do Canal Verde ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) instalou, nesta semana, o 51º pórtico de leitura Canal Verde ANTT. Conforme acordo de cooperação técnica firmado entre a ANTT e a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), foram instalados os dois primeiros pontos - de um total de 10 previstos - em rodovias estaduais paulistas.

As instalações contemplam as pistas de subida e descida da Rodovia Anchieta (SP-150), principal via de acesso ao Porto de Santos, o que permitirá à ANTT monitorar e fiscalizar 24 horas por dia, todos os dias da semana, o transporte rodoviário de cargas naquele trecho sob concessão do Estado de São Paulo.

Canal Verde Brasil - Trata-se de uma rede nacional inteligente de percepção, acompanhamento e mapeamento de fluxos de transporte nos corredores logísticos para a produção de dados, informações e conhecimentos para aplicação na regulação de mercados, para o planejamento logístico nacional, para alimentação de indicadores econômicos e financeiros e para a integração com as bases de dados de agências de governo e de estado.

 

Executivo propõe nova Lei das Antenas


Telefonia Móvel. Celular.Telefonia Móvel. Celular.(Foto: Luiza Dorneles/CMPA)

Está em tramitação, na Câmara Municipal de Porto Alegre, o Projeto de Lei Complementar do Executivo (PLCE) que estabelece normas urbanísticas específicas, no Município, para a instalação de Estações Transmissoras de Radiocomunicação (ETRs) autorizadas e homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O PLCE também propõe a adequação da atual legislação municipal que regula a instalação de antenas de telefonia móvel em Porto Alegre aos termos das normas de aplicação e abrangência nacional quanto ao licenciamento das ETRs e limites de exposição humana à radiações eletromagnéticas - como a Lei Geral das Antenas (Lei nº 13.116, de 20 de abril de 2015) e outras leis federais que normatizam o tema.

Se aprovado este projeto, ficam revogadas a atual Lei das Antenas (Lei nº 8.896), vigente desde 26 de abril de 2002, bem como a Lei nº 11.685 (de 30 de setembro de 2014), que promoveu alterações na legislação de 2002.

Estações

São consideradas ETRs o conjunto de equipamentos ou aparelhos, dispositivos e demais meios necessários à realização de comunicação, incluindo antena, infraestrutura de suporte e outros acessórios e periféricos que emitem radiofrequências, possibilitando a prestação dos serviços de telecomunicações. As ETRs são considerados bens de utilidade pública, conforme disposto na Lei Federal 13.116/15, podendo ser implantadas em todas as zonas ou categorias de uso.

De acordo com o projeto, a implantação das ETRs deverá observar as seguintes diretrizes: reduzir o impacto paisagístico, sempre que tecnicamente possível e economicamente viável, nos termos da Lei Federal; priorizar a utilização de equipamentos de infraestrutura já implantados, como redes de iluminação pública, sistemas de videomonitoramento público, distribuição de energia e mobiliário urbano; priorizar o compartilhamento de infraestrutura, em caso de implantação em torres de telecomunicação e sistema rooftop - estrutura vertical (cavalete) em material metálico, utilizada para suporte de antenas e instalada sobre cobertura de edificação.

A proposta prevê ainda que o licenciamento municipal para a instalação das ETRs se dará de forma expressa, tendo por base as informações prestadas pelos requerentes, com a respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica ou Registro de Responsabilidade Técnica, bem como a autorização expedida pela Anatel. O licenciamento expresso é aquele em que o Município autoriza a instalação das ETRs no ato do recebimento dos documentos necessários, tendo por base as informações prestadas pelos requerentes. Os procedimentos necessários para o licenciamento das ETRs serão regulamentados pelo Executivo.

Fundo

Pelo PLCE, os recursos auferidos com a permissão de uso onerosa para a instalação das antenas nos espaços públicos serão destinados ao Fundo Municipal de Segurança Pública (Fumseg). Como alternativa, a proposta possibilita que a remuneração pela utilização do espaço público seja convertida em obras, serviços e tecnologias para a operacionalização do centro integrado de comando do Município.

Se o projeto for aprovado pela Câmara e sancionado pelo prefeito, a nova Lei Complementar entrará em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial de Porto Alegre.

Lei federal

Em sua justificativa ao projeto, o prefeito Nelson Marchezan Júnior ressalta que, na Lei Geral das Antenas aprovada pelo Congresso Nacional, foram estabelecidas normas gerais para implantação e compartilhamento da infraestrutura de telecomunicações, "fixando procedimento simplificado, de rito uno e integrado", para o licenciamento. "Um grande avanço para o setor de telecomunicações, trazendo efetivas condições para realização de investimentos no Município de Porto Alegre, tão necessários à ampliação da rede e regularização das implantações já realizadas. O presente Projeto de Lei Complementar caminha nesta direção".

Além disso, afirma o prefeito, a proposta tem por objetivo "adequar a normativa municipal ao entendimento que reiteradamente vem sendo exarado pelo Poder Judiciário nos processos movidos pelas empresas de telefonia, que se irresignam contra as multas aplicadas pelo Município em função do descumprimento da lei local". O Judiciário, segundo ele, vem declarando, nas ações movidas pelas empresas de telefonia, ser inconstitucional a atual lei municipal que regula a instalação das antenas de telefonia móvel em Porto Alegre, sob a justificativa de que legislar sobre matéria atinente à exploração dos serviços de telecomunicações é competência exclusiva da União.

Entre as atribuiçôes da União estariam incluídos o disciplinamento e a fiscalização da execução, a comercialização e uso dos serviços e da implantação e o funcionamento de redes de telecomunicações, bem como a utilização dos recursos de órbita e espectro de radiofreqüências. "Nesse contexto, caberá ao Município apenas legislar sobre normas urbanísticas para regular o licenciamento das Estações de Rádio-Base, levando em conta o interesse local. A concessionária está sujeita à legislação municipal apenas no que diz respeito à construção civil", observa Marchezan.

Limites à exposição humana

O prefeito ainda destaca que, a Justiça tem consignado a posição de que as questões inerentes à saúde pública e ao meio ambiente já estão contempladas no licenciamento expedido pela Anatel. "Os equipamentos de telecomunicações, os emissores de radiação não ionizante (antenas), não devem se sujeitar ao licenciamento de funcionamento no âmbito do Município de Porto Alegre, pois a fiscalização do funcionamento destes é atribuída pela Constituição e por legislações federais."

De acordo com Marchezan, o Congresso Nacional, através da Lei Federal 11.934/09, já estabeleceu claros limites para exposição humana aos campos eletromagnéticos emanados das chamadas antenas, visando a garantir a proteção da saúde e do meio ambiente. "Esclarece-se, ainda, que os limites estabelecidos pela referida Lei Federal no 11.934, de 2009 encontram-se dentro dos padrões fixados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como seguros, ainda que não exista qualquer estudo que comprove danos à saúde humana. Seu artigo 4º, que consagra o princípio da precaução, baliza os limitadores para licenciamento expedido pelo órgão federal competente."

A partir desse cenário, afirma o prefeito, houve a construção da proposta de Lei Complementar, vinculando a análise do Município às questões urbanísticas, "desburocratizando-se o processo de licenciamento, que se dará de forma imediata, por meio das informações prestadas pelos responsáveis técnicos dos projetos".

Abaixo, as principais normas propostas pelo PLCE:

Imóveis privados - Fica permitida a instalação da ETR em bens privados mediante a devida autorização do proprietário do imóvel ou detentor do título de posse.

Limite máximo - O limite máximo de emissão de radiação eletromagnética, considerada a soma das emissões de radiação de todos os sistemas transmissores em funcionamento em qualquer localidade do Município, é aquele estabelecido na Lei Federal nº 11.394, de 5 de maio de 2009, que dispõe sobre os limites de exposição humana aos campos elétricos, magnéticos ou eletromagnéticos.

Compartilhamento - O compartilhamento das infraestruturas de suporte pelas prestadoras de serviços de telecomunicações que utilizam ETRs observará as disposições das regulamentações federais pertinentes.

Áreas e imóveis públicos - A proposta permite a instalação de ETRs nos bens públicos, mediante Autorização ou Permissão de Uso onerosa, da qual deverão constar as cláusulas convencionais e o atendimento aos parâmetros de ocupação dos bens públicos. Os valores eventualmente auferidos em decorrência da utilização de áreas públicas para instalação das ETRs serão depositados no Fundo Municipal de Segurança (Fumseg).

Contrapartida - O valor da contrapartida da permissão de uso dos bens públicos será o valor base, calculado de acordo com o valor médio de mercado de locação de imóveis territoriais. O valor base deverá ser reavaliado periodicamente no prazo máximo de dois anos, "conforme as condições de mercado, sendo no seu interregno, reajustado anualmente pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ou outro índice que vier a substituí-lo".

Contraprestação - Como forma de contraprestação pela utilização do espaço público, o Município poderá exigir, por meio de dação em pagamento, ou outra forma juridicamente viável, obras, sistemas, serviços e tecnologias que atendam ao interesse público. Quando a contraprestação se der desta forma, poderá ser aplicado um redutor no valor mensal da permissão de uso, de acordo com o interesse público.

Faixas livres - A instalação das infraestruturas de suporte deverão manter livre a faixa para ajardinamento de quatro metros e observar uma faixa livre de um metro e meio em relação às demais divisas, visando à proteção da paisagem urbana.

Postes e torres - Em se tratando de postes, a faixa de recuo para ajardinamento poderá ser de um metro e meio. Exceção será feita aos postes edificados ou a edificar em áreas públicas, assim como os já existentes em áreas privadas. Para fins de afastamento, a torre será equiparada a poste quando a altura for inferior a 20 metros. Torre é a infraestrutura vertical transversal triangular ou quadrada, treliçada, que pode ser do tipo autosuportada ou estaiada. Já o poste é a infraestrutura vertical cônica e autosuportada, de concreto ou constituída por chapas de aço, instalada para suportar equipamentos de telecomunicações.

Sem limites - Poderá ser autorizada a instalação de infraestrutura de suporte para ETR, desobrigadas das limitações quanto às faixas para ajardinamento e faixas livres, nos casos de impossibilidade técnica para prestação dos serviços compatíveis com a qualidade exigida. A solicitação deverá ser devidamente justificada junto aos órgãos municipais competentes, mediante apresentação de laudo que justifique detalhadamente a necessidade de instalação e os prejuízos pela falta de cobertura no local.

Aeródromos - A instalação de infraestrutura de suporte para ETR deverá observar os gabaritos e restrições estabelecidos pelos planos de proteção de aeródromos definidos pela União e os dispositivos legais de descargas atmosféricas segundo as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Abrigos - A nova norma admite a instalação de abrigos de equipamentos da ETR nos limites do terreno, desde que não exista prejuízo para a ventilação do imóvel vizinho e não seja aberta janela voltada para a edificação vizinha. Abrigos de equipamentos são armários, gabinetes ou contêineres destinados à guarda e proteção de equipamentos, aparelhos ou dispositivos de telecomunicações, associados à infraestrutura de suporte, não considerados como edificação.

Topo e fachadas - Admite a instalação dos equipamentos de transmissão, contêineres, antenas e mastros no topo e fachadas de edificações, desde que sejam garantidas condições de segurança previstas nas normas técnicas e legais aplicáveis.

Tratamento acústico - Os equipamentos que compõem a ETR deverão receber, se necessário, tratamento acústico para que o ruído não ultrapasse os limites máximos permitidos, estabelecidos em legislação pertinente.

Vegetação e tombamento - Quando se tratar de instalação de infraestrutura de suporte à ETR que envolva supressão de vegetação, intervenção em área de preservação permanente, em imóvel tombado ou inventariado de estruturação será aberto expediente administrativo, consultando-se os órgãos responsáveis para analisarem o pedido no prazo de 30 dias. Em não havendo a manifestação dos órgãos responsáveis neste prazo, o Município expedirá a licença para a instalação da ETR, tendo por base as informações prestadas pelos interessados, com a respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica e a declaração de que atendem a legislação.

ETR Móvel - É a ETR instalada para permanência temporária, de até 90 dias, com a finalidade de cobrir demandas específicas, tais como eventos e convenções.

ETR de Pequeno Porte - É aquela que apresenta dimensões físicas reduzidas e é apta a atender aos critérios de baixo impacto visual, tais como: ETR cujos equipamentos sejam ocultos em mobiliário urbano ou enterrados; ETR cujas antenas sejam instaladas em postes de iluminação pública ou privado, com cabos de energia subterrâneos, estruturas de suporte de sinalização viária, camuflados ou harmonizados em fachadas de prédios residenciais e/ou comerciais, ou postes multifuncionais de baixo impacto visual cujos equipamentos sejam embutidos na própria estrutura ou enterrados; ETR cuja instalação não dependa da construção civil de novas infraestruturas ou não impliquem na alteração da edificação existente no local.

Licenciamento expresso - A proposta prevê que o licenciamento municipal para a instalação das ETRs se dará de forma expressa, tendo por base as informações prestadas pelos requerentes, com a respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica ou Registro de Responsabilidade Técnica, bem como a autorização expedida pela Anatel.

Sem licenciamento - Não estarão sujeitas ao licenciamento municipal: a instalação de ETR Móvel; a instalação externa de ETR de Pequeno Porte; a substituição da ETR já licenciada; e o compartilhamento da ETR já licenciada. Quando se tratar de ETR de Pequeno Porte em área pública, necessariamente deverá haver a autorização ou permissão de uso expedida pela Administração.

Radares e radioamadores - Não estarão sujeitos às prescrições previstas nesta Lei Complementar as infraestruturas para suporte de radares militares e civis, com propósito de defesa ou controle de tráfego aéreo, radioamador, faixa do cidadão e radioenlaces diretivos com linha de visada ponto-a-ponto (approach link), cujo funcionamento deverá obedecer a regulamentação própria.

Fiscalização - A fiscalização do atendimento aos limites para exposição humana aos campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos gerados por ETRs, bem como a aplicação das eventuais sanções cabíveis, serão efetuadas pela Anatel, nos termos da Lei Federal nº 11.934, de 2009. O Município poderá fiscalizar a qualquer tempo as ETRs, aplicando as penalidades previstas pela nova Lei Complementar, quando constatada a prestação de informações inverídicas ou quando realizadas em desacordo com a documentação entregue ao Município, determinando a sua imediata remoção, às expensas dos proprietários, bem como efetivar: o indeferimento ou anulação da licença concedida, conforme o caso; o encaminhamento de denúncia ao respectivo conselho de classe para a apuração de infração disciplinar; a apuração da responsabilidade administrativa, civil e criminal.

Irregularidades - Quando for constatado indício de irregularidades quanto aos limites de exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos, o Município deverá oficiar o órgão regulador federal de telecomunicações. Constatado o desatendimento de quaisquer dos requisitos estabelecidos nesta Lei Complementar, o órgão outorgante da licença deverá intimar a empresa infratora para que no prazo de 60 dias proceda as alterações necessárias à adequação.

Infrações e penalidades - Constituem infrações à Lei Complementar: instalar e manter no território municipal ETR sem a respectiva licença, ressalvadas as hipóteses previstas nesta Lei Complementar; e prestar informações falsas. A essas infrações aplicam-se as seguintes penalidades: notificação de advertência, na primeira ocorrência; multa de 500 Unidades Financeiras Municipal (UFM) para instalação de ETR sem a respectiva licença; multa de 2 mil UFM para os casos de prestação de informações falsas. A empresa notificada ou autuada por infração poderá apresentar defesa.

Regularização - As ETRs instaladas em desconformidade com as disposições desta Lei Complementar deverão a ela adequar-se no prazo de 180 dias, contado da data da publicação do decreto regulamentar, podendo tal prazo ser prorrogado por igual período, a critério do Executivo. Nos casos de não cumprimento dos parâmetros da nova Lei Complementar, será concedido o prazo de dois anos para adequação das estruturas já instaladas ou, diante da impossibilidade de adequação, apresentar laudo que justifique detalhadamente a necessidade de permanência e os prejuízos pela falta de cobertura no local.

Taxa de licenciamento urbanístico - O licenciamento de ETRs ficará sujeito à incidência da Taxa de Licença para Execução de Obras (devida pelo contribuinte do Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU - cujo imóvel receba obra que dependa de licenciamento). Os valores auferidos com as taxas de licenciamento das ETRs serão depositados no Fundo Municipal de Segurança (Fumseg).

Taxa de Aprovação e Licença - Na Tabela IV da Lei Complementar nº 7 de 1973, que trata do "Lançamento da Taxa de Aprovação e Licença de Parcelamento do Solo, Edificações e Obras", o estudo e autorização pela Comissão de Análise Urbanística e Ambiental das Estações de Rádio Base (edificações construídas especificamente para a finalidade de instalação das antenas) é substituído pelo Estudo de Viabilidade e Licenciamento das ETRs, com a previsão dos seguintes atos administrativos e respectivas taxas: Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) de edificações para Estações Rádio Base, 2.500 UFMs; reconsideração de EVU de edificação, 500 UFMs; licenciamento das ETRs, 800 UFMs.

ETRs já instaladas - Todas as ETRs e respectivas infraestruturas de suporte que estiverem instaladas ou se encontrem em operação na data de publicação desta Lei Complementar ficam sujeitas à verificação do atendimento aos limites por ela estabelecidos, através da apresentação da Licença Para Funcionamento de Estação expedida pela Anatel, sendo que as licenças já emitidas continuarão válidas.

Vigência das licenças - O prazo de vigência das licenças será de 10 anos, podendo ser renovadas por iguais períodos.


Histórico
1999
? Em março, entrou em tramitação, na Câmara de Porto Alegre, projeto do então vereador Juarez Pinheiro (PT), propondo um regramento para a instalação de estações de rádio-base de telefonia celular na Capital.
? Em dezembro, os vereadores aprovaram por unanimidade o projeto que tratava das ERBs.
2000
? A aprovação do projeto de Juarez Pinheiro deu origem à Lei 8.463, que passou a vigorar em 19 de janeiro daquele ano.
- A lei aprovada regulamentava a instalação de ERBs de telefonia celular no Município. Ficava vedada a sua implantação em bens públicos de uso comum da população e de uso especial, em áreas verdes, creches e escolas, centros comunitários e culturais de interesse sociocultural e paisagístico. As empresas do ramo também ficavam impedidas de instalar estações em distância horizontal inferior a 30 metros de clínicas médicas e hospitais. A lei visava a coibir a emissão do número de ondas eletromagnéticas não-ionizantes por metro quadrado, tidas como potencialmente prejudiciais à saúde, obrigando às empresas a contratarem serviço de seguro contra terceiros, após a aprovação do Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU).
? O Decreto nº 12.898, de 8 de setembro, regulamentou a Lei.
2001
? Em abril, entrou em tramitação novo projeto do então vereador Juarez Pinheiro (PT) que acrescentou um inciso ao Artigo 1 da Lei nº 8.463/2000.
? Aprovada pela Câmara, a proposta de Juarez Pinheiro deu origem à Lei Municipal 8.744, que passou a vigorar em 10 de julho daquele ano. A Lei dos 500 Metros, como ficou conhecida, incluía a exigência de haver distância mínima de 500 metros entre duas antenas de telefonia celular.
? Em novembro do mesmo ano, começou a tramitar em regime de urgência, no Legislativo, projeto de lei do Executivo Municipal regulamentando a instalação de estações de rádio-base e equipamentos de rádio, televisão, telefonia e telecomunicações na Capital. Na época, um grupo formado por vereadores de Porto Alegre, Executivo Municipal, Ufrgs, Pucrs e empresas prestadoras de serviço de telefonia trabalhou por nove meses na proposta que depois daria origem à chamada Lei das Antenas.
2002
? Em janeiro, o Decreto nº 13.621 regulamentou a aplicação da Lei Municipal 8.744/01.
? Em 15 de março, a Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, o projeto de lei do Executivo que dispõe sobre a instalação de estações de ERBs em Porto Alegre.
- Sancionado pelo prefeito, o projeto de lei do Executivo deu origem à Lei 8.896, que está em vigor até hoje. Com a entrada em vigência a partir do dia 26 de abril daquele ano, foram revogadas as Leis nºs 8.463, de 19 de janeiro de 2000, e 8.744, de 10 de julho de 2001.
- A lei aprovada em Porto Alegre foi considerada pioneira no país e a mais avançada legislação do setor, tendo sido comparada às legislações europeias sobre o assunto quanto ao nível de exigência e de precaução.
- Ela estabeleceu limite máximo de potência de cada ERB em 0,04 Watt/m2 e fixou distância mínima de 50 metros entre as estações e os hospitais, escolas, creches, asilos e clínicas, além de manter a exigência do limite mínimo de 500 metros de distância entre as ERBs.
2014
- Em 16 de julho, a Câmara Municipal aprovou um projeto de lei do Executivo alterando a Lei das Antenas (Lei 8.896/02). O projeto aprovado deu origem à Lei nº 11.685, de 30 de setembro de 2014, que, entre outras medidas, mudou critérios para instalação e localização das torres e antenas de telefonia móvel, bem como os procedimentos para o licenciamento ambiental. Com as novas regras, o licenciamento de ERB passa a valorizar o uso de equipamentos mimetizados em prédios, o compartilhamento de estruturas, uso de estruturas públicas (mediante indenização) e equipamentos menores, com melhor capacidade técnica.
- Até então, a Lei 8.896/02 exigia que o eixo da torre ou o suporte das antenas de transmissão e recepção, e incluídas neles as mini-ERBs e microcélulas, deveriam obedecer à distância horizontal mínima de 50 metros, da divisa de imóveis onde se situem hospitais, escolas de ensino fundamental, médio e pré-escola, creches, clínicas cirúrgicas e geriátricas e centros de saúde. A Lei 11.685/14 libera a instalação de antenas de celular nestes locais críticos (antes denominados locais sensíveis), mas veda a instalação de estruturas em forma de torre, por serem locais de acesso restrito.
- A Lei 11.685/14, no entanto, mantém a restrição aos níveis de emissão das ondas eletromagnéticas, para locais críticos, em 10% dos índices permitidos pela lei federal. De acordo com as novas regras vigentes desde 2014, a medição das emissões deve ocorrer a cada seis meses pelas operadoras e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam), responsável pela fiscalização.
- O uso de estruturas maiores, em forma de torres, passa a ficar restrita a áreas onde não existam construções que permitam a instalação de ERB no seu topo.
- Passa a ser priorizada a implantação de ERBs em topos, fachadas, marquises, empenas cegas, caixas d?água e demais equipamentos existentes nas edificações, desde que: mimetizados e instalados de forma a não causar impacto visual; condicionada à autorização pelo proprietário ou possuidor do imóvel; sejam garantidas condições de segurança para as pessoas que acessarem o topo da edificação; sejam garantidas as estabilidades estruturais da edificação e do equipamento por meio de laudo técnico de estabilidade, bem como tratamento acústico e antivibratório apresentado por profissional legalmente habilitado.
- O número de etapas administrativas para o licenciamento diminui de sete para três.
- Para a implantação de ERBs no solo, passa a ser exigida a distância mínima de cinco metros de cada lado do terreno, salvo no caso de a metragem ser inferior a dez metros, hipótese em que a implantação da ERB deverá ficar centralizada.
- Prioriza o compartilhamento de infraestrutura quando instaladas em torres e sistema rooftop.
- Incentiva o mimetismo e o uso de equipamentos de baixo impacto visual quando da utilização de mini-ERB em postes e demais estruturas de mobiliário urbano até 20 metros.
- Prioriza a utilização de equipamentos de infraestrutura já implantados, como redes de iluminação pública, sistemas de videomonitoramento público, distribuição de energia e mobiliário urbano.
- Estabelece que, na implantação de torres, deverá ser observada a distância mínima de 500 metros entre elas.
- O Município pode autorizar, mediante remuneração ou contrapartida, a implantação de ERBs em redes de infraestrutura, equipamentos e espaços públicos.
- Em se tratando de edificações residenciais, por haver alteração de uso, é exigida a autorização condominial para a utilização do espaço destinado ao acesso e instalação da ERB.
- A licença de ERBs passa a ter prazo de vigência de quatro anos, observada a apresentação anual de laudo radiométrico para fins de controle e fiscalização do órgão ambiental.

 

do Espaço Vital

Liminares para soltar criminosos custavam de R$ 70 mil a R$ 500 mil

Jornal Diário do Nordeste

O desembargador Carlos Feitosa, ao tomar posse em 26 de maio de 2011

Os detalhes do leilão de liminares na Justiça do Ceará, praticado em redes sociais, estão disponíveis em acórdão publicado na última terça-feira (25) no Diário de Justiça Eletrônico, edição nº 182/2018. Trata-se de processo disciplinar que resultou na aplicação, pelo CNJ, no dia 18 deste mês, da pena de aposentadoria compulsória ao desembargador Carlos Rodrigues Feitosa.

O magistrado concedia habeas corpus em plantões judiciários mediante acerto prévio combinado no Facebook por seu filho, Fernando Feitosa, e um grupo de advogados.

O acórdão refere ter havido um “verdadeiro comércio de decisões judiciais”. Em seu blog Interesse Público, o jornalista Frederico Vasconcelos transcreveu ontem (27) trecho de um anúncio, feito em 23/11/2012, por Fernando Feitosa no Facebook:

Olha aí o plantão do fórum moçada ????
(…)
Dia 28 no FCB a gente manda prender e soltar ????

O esquema foi confirmado em 2013, na Operação Bela Vista, quando a Polícia Federal desarticulou organização criminosa voltada à distribuição de drogas.

Com o auxílio de interceptações telefônicas e telemáticas, foi possível prender líderes da organização que, mesmo detidos, “passaram a manter contatos com alguns advogados na perspectiva de encontrar uma ‘solução’ para seu encarceramento”.

Os fatos que, só agora, resultaram na aposentadoria compulsória do desembargador Feitosa, já tinham sido noticiados na época pelo jornal Diário do Nordeste, editado em Fortaleza (CE).

O filho do magistrado criou grupo no aplicativo de WathsApp para divulgar os dias em que seu pai estaria respondendo pelos plantões no TJ do Ceará. Esse foi o veículo usado para a divulgação e acertos com advogados para a obtenção de alvarás de soltura. Nesse “fórum” eram também indicados os valores (variavam de R$ 70 mil a R$ 500 mil).

Nas semanas que antecederam o Natal de 2012, foram intensificadas as mensagens e os anúncios para a impetração de habeas corpus no plantão do dia 25 de dezembro, para o qual o desembargador foi escalado.

Recado de Fernando Feitosa no Facebook:

Na próxima quinta-feira haverá plantão no TJ bom, caso vc tenha algum cliente preso bom ($$$$) é um bom momento de soltar e ainda vai se houver algum excesso de prazo bem nítido!! Abs

6/12/2012:

Fernando Feitosa:

Marquim dia 21 tem que tá na mão tudo, $$$ e minutas OK!? Pois dia 24 e 25 os bancos não abrem por conta do natal.

O Michel tá assim porque perdeu 4 bons honorários.

Advogado:

Haha já está na sacola

Fernando Feitosa:

Marquim temos que negociar valores
Chupas qt tá o hc no plantão?

Fernando Feitosa:

Não menos que 70 até 500, dependendo da conduta.
Lá terá presente de natal: desconto de 5% para crimes de potencial ofensivo!!

Advogado:
Irei impetrar dois no dia 25

Ainda segundo os autos, em mensagens no dia 11/12/2012, Fernando Feitosa informa a um advogado que seria completamente possível a soltura de um dos envolvidos no furto ao Banco Central em Fortaleza:

Advogado:

Dá pra liberar no plantão?

Fernando Feitosa:

Libero na hora

Michel contigo é só acima de 200 mil; “os dedos estão coçando galera: tanto para canetar como para contar” ou “junto a minuta do HC, quero cópia da denúncia ok”.

No plantão do Natal de 2012, foram submetidas – e deferidas – dez liminares ao desembargador Carlos Rodrigues Feitosa.

No dia 7 de junho de 2013, Fernando Feitosa enviou mensagem ao grupo, anunciando:

Amigos dia 07 de julho (domingo) tem plantas ????
Os que tiverem suas broncas, chegou a hora.
Um advogado questionou:

“Solta traficante com cinco processos em aberto?”

Então, em 7 de julho de 2013, novamente o desembargador Carlos Rodrigues Feitosa concedeu liminares em todos os dez habeas corpus que foram impetrados.

No mesmo dia do plantão, Fernando Feitosa divulga o sucesso nas negociações e liberações dos presos:

“O carcereiro está trazendo as chaves, bem como o fim dos trabalhos, com 100% de êxito, estando feliz por ter ajudado os amigos”.

O Conselho Nacional de Justiça concluiu que “a prova dos autos é manifesta no sentido de configurar que havia uma verdadeira organização criminosa, capitaneada por Fernando Feitosa, e, por óbvio, com o assentimento do magistrado processado, que efetivava os acertos escusos celebrados pelo filho, extrapolando, assim, todos os limites éticos e moralmente aceitáveis, sobretudo para quem está investido na função de membro do Poder Judiciário”.

Alguns dos advogados envolvidos chegaram a estar preventivamente suspensos pela OAB do Ceará. Mas nenhum foi excluído da profissão.

De todos os envolvidos, na fraude, ninguém está preso. Cassadas as liminares, alguns dos criminosos que tinham sido libertados votaram a ser presos. Outros estão foragidos até hoje. (PAD nº 0005022-44.2015.2.00.0000).

 


ARQUIVO
 

 

 

 

 

 

 

 


OLIDES CANTON - JORNALISTA
Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.
Telefone: (51) 3330-6803
e-mail:
Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor © "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.



Related News


Fotos de carros tunados para baixar
Fotos playas de cuba
Fotos de maluma 2019
Como eliminar fotos del perfil de facebook
Fotos de peces neones
Fotos sorpresa de mujeres
Fotos de mucha tristeza
Fotos da cantora ciara